Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

me-i-am-mariah

Por Daniel Falconer, do Female First.

Colocando o álbum novo de Mariah para tocar, imediatamente deixei de lado o título embaraçoso dele – assim como o da faixa 12, “Money ($*/…)”, e me recusando a julgar o álbum pela capa, simplesmente deixei a música rolar.

Mariah tem muito a provar com esse trabalho, ela é um dos grandes nomes da indústria da música desde que me entendo por gente, e com as novas músicas depois de um longo período, ela teve que trazer algo para mostrar que ainda tem força e deve ser levada em consideração.

As parcerias trazem Nas, Miguel, Wale e Fabolous que dá aos fãs e ouvintes casuais uma prévia de que álbum é voltado para o R&B, mas o que de ser notado aqui é que as melhores faixas são aquelas que Mariah canta sozinha (nada contra as colaborações, elas são muito boas também).

Conhecida por ser uma Diva, essa atitude fica bem clara em faixas como “Thirsty” – ela não tem medo de mostrar seus sentimentos e deve ser exaltada por isso. As mulheres não devem se sentir diminuídas e precisam se sentir orgulhosas.

A sensação mais arrebatadora que você terá ao ouvir o álbum, é que Mariah não tem mais medo de ser ela mesma sem sentir a necessidade de cantar coisas ou seguir gêneros que não tem a cara dela. Ela está deixando isso para outras cantoras e mostrando que a excelência em técnica vocal é algo que ela sabe fazer melhor e como ninguém.

A introdução de “You Don’t Know What To Do” (Feat. Wale), com uma espécie de tensão musical, que se quebra com a entrada de Wale e se torna algo especial quando as batidas da música começam, resultam em uma mistura de Pop dos anos 90, fazendo com que essa seja uma das melhores canções do álbum.

“Supernatural” superou minhas expectativas – explora a adoração que ela tem pelo filhos e a vida em família, e são essas pequenas coisas que mostram a parte mais memorável de Mariah Carey. Ela ainda aproveita para fazer o mesmo que Beyoncé e Jay-Z e coloca os filhos cantando, o que deixa a canção ainda mais adorável. E como vocês já devem ter lido por aí, as crianças ainda cantam suas próprias letras. “I’m a Chanteuse”, diz Monroe. E Mariah confirma: “I Know You Are, Darling!”.

Mariah mostra nesse novo trabalho que, embora sua voz tenha sido muito exaltada no passado, ainda hoje ela soa tão boa quanto antes. O famoso “Whistle” ainda é muito impactante.

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.