Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Por Christopher Rosa

Ninguém faz remixes melhor que a Mariah Carey. Enquanto a maior parte dos artistas convidam apenas um DJ para misturar umas batidas em suas músicas, Mimi pode ter orgulho de seus remixes. Pode ser misturando música eletrônica ou hip-hop, todos os seus remixes parecem ser uma nova música, e não simplesmente um remix. Estes
remixes não soam como um trabalho barato de Britney Spears ou Lady Gaga, eles são verdadeira obra de arte (e ainda ganham clipes musicais, para não deixar barato). Não acredita em nós? Confira abaixo as 10 músicas que provam que ela é indiscutivelmente a verdadeira rainha do remix.

1. “Fantasy” (Bad Boy Remix) feat. Ol’ Dirty Bastard
[youtube id=”ii2pB-OJzrk” align=”center” mode=”normal” maxwidth=”500″]

A versão original de Carey para “Fantasy” é dançante gostosa. No entanto, a versão remixada tem muito mais potência. As batidas mais pesadas, misturadas com os versos do ODB, reinventaram completamente a sonoridade da música.

2. “Anytime You Need a Friend” (C+C Club Version)
[youtube id=”86zzTVec4LE” align=”center” mode=”normal” maxwidth=”500″]

Este remix de quase 11 minutos começa com um semelhante à versão original, mas logo muda para batida eletrônica, isto é quase religioso. Apesar dela ter uma batida dance dos anos 90, tem algo atemporal ali. Eu não iria reclamar se ela tocasse em alguma boate nos dias de hoje.

3. “Heartbreaker” (Remix) feat. Da Brat and Missy Elliott
[youtube id=”PyjuUu_XDZ8″ align=”center” mode=”normal” maxwidth=”500″]

Mariah não está somente deslumbrante no vídeo, mas Da Brat e Elliot  também dão uma energia extra a música. Apesar da estrutura ser um pouco semelhante à versão original com Jay-Z, as nuances do remix (como o verso destruidor que Da Brat canta no inicio), faz valer que você ouça a música várias vezes.

4. “Thank God I Found You” (Make It Last Remix) feat. Joe and Nas
[youtube id=”nsTkv6HCiQU” align=”center” mode=”normal” maxwidth=”500″]

Esta balada pop recebe uma nova roupagem do hip-hop graças aos excelentes raps feitos por Joe e Nas. O remix ainda mantém aquela vibe tranquila e parece sendo ser uma nova música, algo muito sugestivo.

5. “Honey” (Classic Club Remix)
[youtube id=”qktaWEGt5vU” align=”center” mode=”normal” maxwidth=”500″]

Esta interpretação Classic Club talvez seja a sonoridade mais tradicional dos remixes de Carey, mas isto não a torna menos interessante. O ritmo super agitado do remix é um bom contraste do R&B nervoso da versão original da canção.

6. “Emotions” (12” Club Mix)
[youtube id=”P5wOeZmEqr8″ align=”center” mode=”normal” maxwidth=”500″]
Apesar de ter a mesma emoção da versão original, o 12” remix tem umas batidas mais obscuras, que fazem “Emotions” está mais preparada para tocar em uma boate.

7. “Loverboy” (Remix) feat. Da Brat, Ludacris, Shawnna and Twenty II
[youtube id=”B_dPkon22Z0″ align=”center” mode=”normal” maxwidth=”500″]
Repleto de grandes estrelas, este remix soa como um hit de verão. Ele tem a mesma batida de “Loverboy” original, mas recebe novos versos dos grupos de rappers. É, sem dúvida, um dos remixes mais divertidos da carreira de Carey.

8. “My All/Stay Awhile” (So So Def Remix) feat. Lord Tariq and Peter Gunz
[youtube id=”olce-KhLbzE” align=”center” mode=”normal” maxwidth=”500″]

Para criar o remix,Mimi regravou os vocais para “My All”, além de combinar os versos da versão original com o sample de “Stay a Little While, Child” do Loose Ends. Ah, além dos impressionantes versos de Lord Tariq e Peter Gunz não nos incomoda.

9. “Always Be My Baby” (Mr. Dupri Mix) feat. Da Brat and Xscape
[youtube id=”lcw_i3Hituw” align=”center” mode=”normal” maxwidth=”500″]
“Baby” é um grande clássico, sem dúvida alguma. No entanto, este remix com Mr. Dupri te levam para os espaço, além dos raps suaves de Da Brat e Xscape.

10.“Fly Away (Butterfly Reprise)” (Fly Away Club Mix)
[youtube id=”X1WuY3r9VTw” align=”center” mode=”normal” maxwidth=”500″]
The Fly Away Club Mix são 10 minutos de puro êxtase em qualquer boate. Os palpitantes sons da Euro-dance dela, é sem dúvida uma das canções que influenciaram a canção “Walking on Air” (2013) de Katy Perry. Coloque esta música pra tocar, se você quiser ouvir coisas doces em seu ouvido.

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.