Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

A música de Mariah Carey e sua incomparável voz foram homenageados zilhões de vezes, mas na noite de ontem, dia 14, a homenagem era para seu coração e sua força perante a comunidade LGBTQ.

Carey, que chegou usando um surpreendente vestido decotado, recebeu o Ally Award na 27° edição do GLAAD Media Awards na noite de ontem em Nova York, por sua luta em promover e apoiar a igualdade de direitos pela comunidade LGBT.

Seu noivo, James Packer, estava ao seu lado na premiação, e um do seus melhores amigos, Lee Daniels (criador da série de maior sucesso no momento nos Estados Unidos, ‘Empire’) que fez o discurso de homenagem para cantora.

“Que divertido foi isto, não é mesmo?” lembra o diretor falando sobre o trabalho de Mariah na caracterização de seu personagem no filme ‘Preciosa – Uma História de Esperança‘, que foi dirigido por ele. “Foi uma mudança de vida. Tivemos o melhor tempo de nossas vidas juntos. Não tinha regras, você estava muito nervosa e eu disse, ‘sem maquiagem alguma’, e você disse: ‘Por favor, Lee’. E então eu disse, ‘Não, eu preciso tirar esta maquiagem de você, senão vou te matar. E não é somente isto, eu também vou mandar desenhar um bigode na sua bunda!”. E eu fiquei surpreso, porque depois de eu falar isto tudo, você ainda continuou sendo minha amiga. Mas você fez o seu melhor trabalho, porque você estava desapegada disto tudo.”

Lee Daniels também atribuiu seu sucesso no cinema em Mariah Carey, que graças a repercussão positiva dela em ‘Preciosa’, ele deu uma guinada e emplacou outros projetos cinematográficos, como ‘The Butler’ e agora a série ‘Empire’, que é a programa mais assistido nos últimos 10 anos nos pelos norte-americanos.

“Mariah é uma de nós“, continou ele. “Eu sei que muitas celebridades fingem ser um de nós. Mas esta cachorra aqui é uma de nós, desde a médula óssea.”

E então, Carey subiu ao palco e deu um enorme abraço em Lee Daniels e foi ovacionada pela platéia, que lhe aplaudiu em pé.

“Eu te amo, Lee Daniels!” ela começou. “Eu não acredito que você contou esta história, porque eu pensei que nós já tínhamos nos entendido, dahling. Mas você foi incrível.” E então, a cantora pediu aplausos para o cineasta.

“E obrigado, GLAAD, por esta honra!”, continuou Carey. “Isso é incrível. Ok, eu tenho que que confessar que estava um pouco nervosa sobre esta noite, porque eu pensei que precisava aprender todo um novo alfabeto para introduzir isto as pessoas que não são ‘inclusas’, e então pensei, ‘Cara, eu não posso fazer isto de forma errada, como é que vou fazer então?’.

E então eu decidi que se eu tinha que memorizar para elaborar isto para vocês. Então nós temos o ‘L’, de lendário, o G de gorgeous (deslumbrante) e B de bonito, todo vocês são lindos, são pessoas lindas, o ‘T’ de tantalizing (sedutores). E mesmo o ‘Q’ de qualidade.”

E então a artista concluiu: “Eu só quero dizer que todo mundo nesta sala, eu sei que todo mundo que dar continuidade nisto, e eu só quero agradecer todos vocês por este amor incondicional, porque é muito difícil para mim ter isto, eu ainda não tive muita experiência com este tipo de amor fraterno em toda minha vida. Então, eu agradeço vocês por isto, e desejo amor, paz e harmonia para todos vocês. E como o meu filho de 5 anos, o Rocky, fala, ‘Peitinhos e bumbuns’

Confira abaixo o vídeo da Mariah recebendo o prêmio:

[youtube id=”p9kvYFeN3xw” align=”center” mode=”normal” maxwidth=”500″]

Fonte: E! Online

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.