Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

A irmã da diva pop Mariah Carey foi presa sob a acusação de prostituição em Saugerties, Nova York, na última sexta-feira, dia 26. A polícia está dizendo que ela não pode fazer nenhum “encontro sexual”, e que ela deve se consultar com o seu médico.

alison

Alison A. Carey, 55 anos, irmã mais velha da cantora, foi presa pela polícia de Saugerties depois de uma sequência de denuncias sobre ela, ela estava se prostituindo de forma ilegal no lado de fora de um hotel em Saugerties. A polícia não quis identificar o hotel.

Ela foi presa depois de pedir dinheiro em troca de favores sexuais de um policial que estava disfarçado de cliente para prender ela em flagrante.

O chefe da polícia de Saugerties, Joseph Sinagra, disse que quando Alison foi presa, ela disse que era irmã de Mariah Carey, que é uma das 20 mulheres mais ricas do mundo de acordo com Forbes.

Sinagra disse que fez uma pesquisa na internet para saber se ela era realmente irmã de Mariah.

Sinagra disse que Alison, que a polícia descreveu como uma pessoa que pula de local em local fazendo programas, estava anunciado seus serviços na internet, e de acordo com sua postagem, ela estava trabalhando no lado de fora do hotel a cerca de uma semana.

Um anúncio foi publicado na sexta-feira, por volta das 18:18, com duas fotos de Alison afirmando: “Sou uma senhorita bonita procurando por caras que querem se divertir e entrar no mundo de uma mulher que vai fazê-los ver estrelas, sim é comigo que você você vai ter a doce, doce fantasia, baby, quando eu fecho os meus olhos, você vem e me leva mais, e mais, e mais”, fraseando Fantasy, o sucesso de 1995 de sua irmã famosa.

Dois outros anúncios foram publicados pela mesma usuária, um no dia 31 de julho e outro no dia 15 de agosto.

Sinagra diste que a polícia foi notificada sobre os anúncios de um site que havia colocado uma categoria “somente para adultos” na região de Saugertie.

Sinagra disse que “com base em outras histórias”, poderia ter motivos de preocupações com as pessoas que tivessem encontros sexuais com Alison Carey, pois ela é portadora de HIV e estava sem preservativos, e então, ela pediu para que as pessoas que tiveram algum tipo de relação com ela entrassem em contato com seus médicos.

Alison Carey responderá um processo criminoso no tribunal de Saugerties, e terá que pagar $1000 de fiança. Ela será enviada ao Tribunal de Justiça de Saugerties no dia 30 de agosto, terça-feira.

Fonte: Daily Free Man

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.