Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

James Packer foi à loucura com um rapaz que estava supostamente se aproximando de Mariah Carey, fontes próximas a Mariah contaram isto com exclusividade para o TMZ.

Nossas fontes revelaram que Packer ficou com ciúmes do relacionamento de Mariah Carey com seu bailarino e coreógrafo, Bryan Tanaka, e a tensão piorou em um concerto da MC em junho.

Foi falado que que Bryan não estava dançando com ela naquela noite devido a uma lesão, e portanto Packer achou estranho ele ter aparecido lá. Então, James Packer teria levado Bryan para um sala e brigado com ele. Nossas fontes disseram que teve muita gritaria, mas não está claro se chegaram as vias de fato.

Nos disseram também que Packer estava tão enlouquecido que ele usou sua influência no meio de cassinos – ele é dono de vários na Austrália e Ásia – para Tanaka ser banido do Caesars Palace, onde Mariah Carey canta. Esta foto abaixo foi distribuído para a segurança do hotel.

1027-mariah-careys-banned-dancer-3

Também nos informaram que Mariah não queria criassem um tumulto, porque Bryan estava cuidando de uma lesão no joelho, e não dançando, as fontes contaram também que ela temia Packer. Como já relatado, ela acha que ele é “mentalmente instável”.

Nossas fontes próximas a Mariah acham que James ficou desconfiado após Mariah fazer um lap dance com Bryan Tanaka durante seu concerto em maio na África do Sul.

[arve url=”https://www.youtube.com/watch?v=5aOCk0EI4K0″ mode=”normal” align=”center”]

Fonte: TMZ

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.