Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Ed Sheeran sabe o que é ter problemas ao vivo.

O cantor de 25 foi convidado para participar do programa matinal da rádio 103.5 KTU da Carolina do Norte, onde compartilhou o que ele achou sobre a apresentação de Mariah Carey no evento Dick Clark’s New Year’s Rockin’ Eve with Ryan Seacrest.

“Você sabe o que eu penso? Eu acho que isto poderia ter acontecido com qualquer um”, explicou, dizendo aos apresentadores do programa que isto já aconteceu comigo também, meus retornos não funcionaram.”, Felizmente ele não estava sozinho, Taylor Swift estava ao seu lado no palco.

Sheeran ainda defendeu Carey, explicando que tocar ao vivo na cidade de Nova York não é tarefa fácil.

“Ela estava no meio da Times Square e sem monitores, é realmente difícil”, disse Ed Sheeran. “Você não cantar afinado sem isto, eu sei que as pessoas estavam assistindo aquilo e zombando dela, isto é uma situação muito horrível, porque você esta lá, impotente.”
“Você pode ouvir a faixa, a faixa toca, mas com um atraso de dois segundos”, ele continuou. “Então, se ela tentasse cantar ia ser horrível. Eu acho que ela estava pensando assim, ‘Se eu cantar nestas condições vai sair horrível, não tem os monitores na minha frente.’ Eu não assisti e achei engraçado, eu assisti e fiquei assustado pensando, ‘Meu Deus, isto poderia ter acontecido comigo ou com qualquer outra pessoa.”

 

Fonte: E! News

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.