Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Na semana passada, Mariah Carey lançou o seu novo single, a balada ‘I Don’t’ em parceria com o rapper YG. Nos últimos dois anos, Mariah Carey esteve mais presente do que nunca na cultura da música pop, ela estava semanalmente na TV com seu programa Mariah’s World, fez a sua primeira turnê européia em anos, uma residência de muito sucesso em Las Vegas e em breve fará uma turnê com o Lionel Richie. Em homenagem ao seu novo lançamento, pedimos aos nossos leitores que voltassem nas melhores músicas da Mariah Carey, confira abaixo os resultados.
5. Always Be My Baby

 


Carey empatou com Madonna e Whitney Houston em números de singles em 1° lugar em 1996 com “Always Be My Baby”, o 11° single da cantora a atingir ao topo das paradas. A sua melodia romântica, com uma batidinha mais agitada e um refrão cativante fez com que esta música se tornasse um dos maiores hits de todos os tempos da música pop. Jermaine Dupri co-escreveu e co-produziu a faixa ao lado de Mariah e depois lançou uma versão da música convidando Da Brat e Xscape para participar. Desde então, Dupri e Carey viraram parceiros de colaborações e repitiram a dobradinha também no álbum ‘The Emancipation Of Mimi’.

4. Hero

Originalmente Carey escreveu esta música para dar para Gloria Estefan cantar. A música era para ser usada como trilha principal para o filme “Hero” que foi estrelado por Dustin Hoffman, Geena Davis e Andy Garcia. Esta é uma das canções mais inspiradoras de Carey, e ela foi realizada em muitos eventos patrióticos, incluindo a festa de posse de Barack Obama em 2009. Foi também o seu oitavo single que atingiu ao topo do Hot 100 da Billboard, um feito que ela conseguiu em apenas três anos de carreira.

3. We Belong Together

Para uma artista feminina fazer um retorno triunfal ao mundo da música com mais de 35 anos de idade é algo inédito no mundo do pop mainstream, mas como Mariah Carey sempre foi superior as outras artistas pop, ela conseguiu esta façanha. No início dos anos 2000, ela foi marcada pelo fracasso de seu filme ‘Glitter’ e da trilha sonora do projeto, ela saiu da Virgin Records sem prestigio e lançou um álbum ‘Charmbracelet’, que teve um sucesso mediano. Com a ajuda de L.A Reid, Carey relançou a si mesma e voltando aos padrões de sucesso que ela mesma estabeleceu na década de 90 com seu álbum ‘The Emancipation Of Mimi’, algo jamais visto na história da música pop. A balada romântica de Mariah Carey, ‘We Belong Together’ ficou por incríveis 14 semanas no topo da Billboard tornando-se a faixa que mais fez sucesso na década de 2000. Este foi o seu primeiro single número 1 desde a faixa ‘Thank God I Found You’ de 2000.

2. Fantasy

“Fantasy” foi uma música importante tanto para carreira de Mariah Carey como a história da música em geral. Para muitos, o casamento da música pop com o hip-hop na versão remix da música produzia por Sean Combs e com o rapper de Ol ‘Dirty Bastard foi responsável pela cenário atual da música pop. As colaborações dos artistas pop do mainstream com os rappers do guetto norte-americano nasceu aí. Ela foi responsável por este movimento, considerado controverso na época, especialmente para aquela Mariah Carey, que era pura, ingênua e tinha músicas românticas, porém esta faixa tornou-se um de seus maiores sucessos, sendo a sua marca registrada e influenciando toda uma geração de novos artistas nas próximas décadas.

1. Vision Of Love

Naturalmente, o single de estreia de Mariah Carey é facilmente o seu hit mais icônico. As acrobacias vocais que ela mostra com facilidade o seu poder vocal e o porque ela inspirou toda uma geração de vocalistas pop e porque ela se tornou uma vocalista lendária, ficando páreo para concorrer com Whitney Houston e Aretha sem imita-las, criando a sua própria identidade vocal. Mariah escreveu a canção quando ela ainda estava no ensino médio, e foi originalmente apresentada em sua fita demo, fita que foi mostrada para Tommy Mottola. Ela alcançou ao topo do Hot 100 da Billboard nova semana após o seu lançamento e ficou lá por um mês e tornou-se a canção de maior sucesso no verão de 1990. A canção recebeu três indicações ao Grammy e levou o prêmio na categoria de Best Female Pop Vocal Performance.

Fonte: Rolling Stone

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.