Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Mariah Carey está enfrentando um processo de sua ex-empresária Stella Bulochnikov, que alega que a cantora a assediou sexualmente.

Bulochnikov entrou com uma ação em Nova York na sexta-feira, afirmando que pretende processar Carey, de 48 anos, por supostamente violar a Lei de Direitos Civis dos EUA e a Lei de Emprego e Habitação, bem como quebra de contrato, relatou o TMZ na segunda-feira.

Ela acusou Carey de assédio sexual, relatou o TMZ, alegando que a estrela ficava muitas vezes nua na frente dela. Bulochnikov também afirma que Carey tem um problema de abuso de substâncias.

Bulochnikov está supostamente buscando indenização por perdas e danos e lucros, alegando que Mariah deve dinheiro à ela porque foi demitida no meio de um contrato de três anos.

Um representante de Carey disse ao Page Six: “Stella Bulochnikov foi demitida do emprego como empresária de Mariah devido à falha em desempenhar seu trabalho de forma eficaz e foi prejudicial à sua cliente. Stella não trabalhava sob contrato de emprego. Ela vem espalhando falsos rumores para qualquer meio de comunicação que os publique. Nós não responderemos a mentiras e ameaças. Novamente, se essa alegação frívola e infundada for registrada, nos defenderemos vigorosamente e com sucesso. Também é interessante notar que este é o primeiro advogado que representará o nome de Stella, tendo anteriormente passado por outros três que não o fizeram”.

Carey demitiu Bulochnikov no ano passado para trabalhar com a Roc Nation.

“Depois de trabalharem juntas por quase três anos, Mariah Carey e Stella Bulochnikov determinaram que é do seu interesse mútuo dividir-se na gestão do dia-a-dia”, disse Bulochnikov ao Page Six em um comunicado feito em novembro. “Durante o tempo que passaram juntas, eles realizaram grandes feitos, incluindo, mais recentemente, os novos projetos de música e cinema de Mariah Carey para a próxima temporada de festas. Mariah Carey e Stella Bulochnikov permanecem parceiras em vários empreendimentos comerciais e continuarão a apoiar uma à outra nesses empreendimentos”.

Bulochnikov também liderou o reality show de Carey, Mariah’s World, e alegou que uma “sabotagem” estava por trás do desastroso desempenho da cantora no New Year’s Rockin ‘Eve” em dezembro de 2016.

Fontes disseram ao Page Six que a saída de Bulochnikov não foi exatamente amigável.

“[Mariah] está limpando a casa. Ela está conseguindo pessoas leais, assistentes, um advogado, e Stella não está feliz com isso”.

Dias depois que Carey e Bulochnikov se separaram, foi relatado que o namorado de Carey, o coreógrafo Bryan Tanaka, estava comandando sua vida” e que a cantora de “Hero” havia passado por uma cirurgia para perda de peso.

Em 2016, uma fonte disse ao Page Six: “Stella é a coisa mais distante que se pode ter de uma empresária. Ela é uma produtora de TV. Ela praticamente se mudou para a casa de Mariah e agora ela tem tantas informações sobre ela que pode conseguir que Mariah faça qualquer coisa”.

A notícia da ação judicial veio logo depois de Carey ter revelado sua batalha contra o transtorno bipolar II, insinuando que temia que a notícia vazasse de outra forma.

“Até recentemente vivi em negação e isolamento e com medo constante de que alguém me expusesse”, anunciou Carey na semana passada. “Era um fardo pesado demais para carregar e eu simplesmente não podia mais fazer isso. Eu procurei e recebi tratamento, coloquei pessoas positivas ao meu redor e voltei a fazer o que eu amo – escrever e fazer música”.

 

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.