Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Essa semana o disco de estreia de Jennifer Lopez, On The 6, completa 20 anos desde o lançamento. Com 7 milhões de cópias vendidas mundialmente, o disco emplacou uma música no topo do Hot 100 da Billboard, If You Had My Love, após uma campanha massiva da Sony Music. Apesar disso, a música se tornou um grande hit em 1999 e consagrou Jlo como uma das artistas novatas mais populares do momento, porém o seu número de discos vendidos não eram tão expressivos quanto as outras artistas novatas como Britney Spears e Christina Aguilera, que venderam respectivamente 30 milhões e 14 milhões de seus discos de estreia.

 

 Rodney Jerkins, um dos produtores do álbum, concedeu uma entrevista para Billboard contando os bastidores de gravação do álbum, que foi tido como prioridade para Tommy Motolla desde o seu fim de casamento com Mariah Carey.

Os samples da faixa ‘Feelin’ So Good’, uma colaboração com o Fat Joe e Big Pun, foi originalmente escrita e oferecida para Mariah Carey: “A faixa, eu nem deveria dizer isso, originalmente, a faixa real – não a música, não as letras, mas a música (as batidas) – foi originalmente feita para Mariah Carey por Diddy. Mariah rejeitou, achou a música muito ruim. Então, essas coisas se tornam faixas que eu tenho, Puffy tem, e quando você trabalha com artistas como produtor, você não joga fora porque um artista não quer isso – você lança isso de novo. Então ele armou para Jennifer, ou talvez eu fiz. Foi como uma versão mais quebrada da música. Então enviamos o que escrevemos para Diddy, ele embelezou, construiu a trilha ainda mais quando percebeu que havia interesse. Essa faixa saltou de um lado para outro. Liricamente, Jennifer e eu, foi baseado na maior parte de seus dias, como ela se sente.”

Originalmente, a música foi o terceiro single nos Estados Unidos do álbum e alcançou a 51° posição no Hot 100, na época, Mariah Carey estava no topo dessa mesma parada com a canção ‘Thank God I Found You’, colaboração com o Joe e a boyband 98°.

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.