Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Mariah Carey conheceu Tommy Mottola, seu ex-marido, em uma festa e o início da relação foi descrito por muitos como uma espécie de conto moderno da Cinderela, já que após o primeiro encontro ele passaria semanas em busca da cantora.

Somente muitos anos depois o mundo saberia que o suposto conto de fadas se transformaria em um verdadeiro pesadelo para a famosa. Mariah sofria calada e não deixava transparecer que enfrentava problemas no casamento.

A relação entre Mariah Carey e Tommy Mottola causou alvoroço desde o início. Quando se conheceram, ela tinha 19 anos e ele, 39. O primeiro encontro ocorreu em uma festa de gala onde a cantora, antes da fama, entregou sua fita demo a Tommy, um dos chefes da gravadora Sony Music.

Tommy ficou encantado com a voz de Mariah e passou semanas procurando a cantora após o primeiro contato. O empresário imediatamente começaria a montar uma estratégia para lançar sua então protegida à fama.

Os laços profissionais se estreitaram e Mariah e Tommy começaram a namorar. Na época, ela gravava o álbum “Music Box”. Em 5 de junho de 1993, subiram ao altar.

Após o lançamento e o sucesso do disco “Daydream”, Mariah começou a se concentrar em sua vida pessoal, que já estava em crise naquele momento. Seu casamento começou a se deteriorar por causa das crescentes diferenças criativas e pelo comportamento controlador do então marido.

Somente anos depois do divórcio a cantora abriria o jogo sobe a vida que levava ao lado do ex-marido. “A natureza do nosso relacionamento, como ele era mais velho e mais experiente em todos os sentidos, se tornou opressora em muitos sentidos”, revelou Mariah.

Tommy controlava tanto Mariah que a proibia de vestir certas roupas e rejeitava propostas de trabalho como atriz sem que ela soubesse, alegando que fazia isso “pelo bem da carreira dela”.

Mariah disse em entrevista que sempre tentou agradar Tommy para evitar que ele ficasse irritado e contou que era muito controlada: “não tinha liberdade como ser humano. Fui quase uma prisioneira”.

O estrese da fama e o relacionamento abusivo deixaram a cantora muito abalada. Mariah, no entanto, usou esse período difícil a seu favor. A cantora se separou de Tommy em 30 de maio de 1997 e comemorou a liberdade com o álbum “Butterfly”, em que apresenta um estilo mais suave em seu canto.

“Tenho me permitido ter meus sentimentos e expressá-los. Muitas vezes, como mulheres, nos ensinam a não falar muito sobre nossos sentimentos porque ‘não é atraente’. E sabe de uma coisa? Eu não ligo. Estou cansada de tentar ser perfeita para os outros”, afirmou Mariah bem mais confiante, anos após o divórcio.

Apesar de tudo, a experiência de um relacionamento abusivo deu mais forças para Mariah. Ela descobriria que falar sobre temas difíceis em suas canções é como dar a mão a alguém que está passando pelos mesmos problemas. “O que eu percebi é que outras pessoas se identificam com minhas músicas e se curam com elas”, disse.

Fonte: Wix

 

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.