Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Sony Music

Normalmente, em meados de novembro, tudo o que ouvimos de Mariah Carey é outro renascimento de seu lendário jingle de Natal. Este ano, não só a sua trilha sonora de Glitter cruelmente subestimada está voando alto nas paradas do iTunes, mas nós temos um novo álbum, Caution, seu primeiro material novo em mais de quatro anos.

Os últimos anos não foram sem drama para a Elusive Chanteuse, por isso é particularmente maravilhoso ouvi-la de uma forma tão brilhante. A precaução começa com o clássico do meme instantâneo da internet GTFO, onde uma antiga faixa melancólica se transforma em uma desavença brutal. Algumas brincadeiras de Carey sugerem que ela é muito mais brava do que realmente aparenta.

Isso define o tom para um álbum limpo de apenas 10 faixas. Nós a encontramos em modo de administração de vida, limpando qualquer lixo dispensável que ela não tem mais tempo para gastar. A No No é um hino fodido, com você roubando o ex-empresário com uma letra épica “cobras na grama, é hora de cortar o gramado”; O uso da palavra não poderia ser um sinal para Gretchen Wieners derrubar a rainha  Regina George. Em outro lugar, a faixa-título encontra Carey no semáforo âmbar; ela é vulnerável e hesitante, mas honesta e esperançosa em embarcar em uma nova jornada. Soa como o Destiny’s Child nos seus melhores dias, este é um dos destaques do álbum.

Há alguns momentos otimistas, com Carey vendo o arco-íris no final da tempestade. With You é uma grande mudança do GTFO e celebra um amor verdadeiro e duradouro, sustentado por um linda melodia e algumas harmonias dolorosamente tenras. The Discance é um retrocesso divino e elevado com o apoio de Ty Dolla $ign. O 8th Grade é tenro e nostálgico com a quantidade certa de Timbaland, enquanto One Mo ’Gen encontra Carey no melhor estilo Samantha Jones de ser com um hino pulsante que canaliza o R&B dos anos 90.

Com a produção de Blood Orange no Giving Me Life, não é de surpreender que este seja o momento mais definidor e eclético do álbum. Com os ecos de The Roof e The Beautiful Ones do icônico álbum Butterfly, o refrão é um clássico imediato e o desmembramento no final da música é uma vitrine deslumbrante daquele alcance vocal em um cenário de guitarras elétricas.

O álbum fecha com faixa que lembra a antiga a Mariah, a balada Portrait.Nós a achamos mais etérea e reflexiva, e a narrativa se concentra na relação que Carey tem consigo mesma. Os gloriosos vocais até o final são verdadeiramente magníficos e a faixa é um final adequado e definitivo para um álbum tão catártico e fenomenal.

A mensagem de Carey aqui é clara. Você pode entrar em sua vida, mas faça valer a pena e não não faça ela perder o precioso tempo. É por isso que seus Lambs nunca ficam em silêncio em sua adoração perpétua. Sublime.

Nota: 5 de 5 estrelas

Fonte: Musicomh

Mariah Carey esteve mais uma vez no programa Watch What Happens Live with Andy Cohen na Bravo TV. Desse vez ela visitou os estúdios para promover o álbum ‘Caution’,que foi lançado na última sexta-feira, dia 16.11.

Durante a entrevista, Mimi revelou que já está cansada de cantar “All I Want For Christmas Is You” e “Hero” em seus shows, porém nunca tirará as faixas de seus concertos, especialmente “Hero”, pois os fãs tem um apego emocional com essa música e também pois esse é o momento mais emocionante de seus concertos.

Também falou sobre a Cardi B, disse que adoraria gravar um remix da faixa “A No No” com a Cardi e Lil’ Kim.

Mariah revelou também que fará um medley com algumas músicas do ‘Glitter’ na ‘Caution World Tour’. #JusticeForGlitter

Ela também falou sobre a melhor memória que ela tem cantando ao lado da Aretha Franklin no VH1 Divas Live de 1998. Mariah revelou que estava muito nevosa, pois elas improvisaram o dueto ao vivo, que não houve um ensaio antes oficial antes da apresentação na TV. As duas tentaram improvisar um ensaio no trailer trocando de roupa.

Mimi também lembrou do momento icônico que ela sem querer roubou o lugar de Meryl Streep no Golden Globes.
https://www.youtube.com/watch?v=OJeq7IVlOnI

Ela foi questionada também sobre o que ela e Britney Spears conversaram em seu último encontro. Mariah disse que não se recorda muito, pois elas estavam em uma festa se divertindo muito. Porém, ressaltou que Britney Spears é uma meninadoce e sempre foi muito gentil, desde a primeira vez que elas se encontraram em 1999.

Além disso, Mariah também lembrou de bons momentos ao lado de Whitney Houston, sobre cantar no intervalo do Super Bowl e muitas outras coisas, assista ao vídeo abaixo:

Hoje é um dia especial para todos os lambs, mas principalmente para os que amam o álbum Daydream de 1995, pois estamos comemorando 21 anos do single que mais tempo ficou no topo da Billboard Hot 100 nos Estados Unidos, One Sweet Day, dueto com Boyz II Men.

Capa de “One Sweet Day”.

Capa de “One Sweet Day”.

Lançado como segundo single da Era Daydream, One Sweet Day é uma das músicas mais icônicas de Carey e dos Boyz II Men, com uma ligação de emoções que aconteceu antes mesmo de suas vozes serem reunidas no clássico, pois Mariah começou a compor sozinha o refrão da música como uma homenagem a David Cole (amigo e colaborador de Carey) – após sua morte – e a todas as pessoas que se foram, porém, ao encontrar os Boyz, soube que eles pensavam em algo semelhante, então decidiram compor juntos. Com a ajuda de Walter Afanasieff, Mariah produziu a faixa que entrou para o seu álbum em 1995.

Eu escrevi a ideia inicial de ‘One Sweet Day’ com Walter, e eu tinha o refrão e, parei e disse: ‘Eu quero mesmo fazer isso com os Boyz II Men, porque, obviamente, eu sou uma grande fã deles e pensei que o trabalho estava a chamar por eles, os vocais que eles fazem, então eu deixei-a de lado e disse: ‘Quem sabe se isso poderia acontecer, mas eu só não quero terminar esta canção, porque eu quero que seja a nossa canção, se alguma vez a fizermos juntos. A ideia de quando você perde as pessoas que estão perto de você, sua vida muda e isso muda a sua perspectiva. Quando [eles, Boyz II Men] chegaram ao estúdio, eu toquei para eles a ideia para a música e quando [a gravação] terminou, eles entreolharam-se um pouco atordoados e disseram que Nathan Morris tinha escrito uma canção em homenagem ao seu gerente de digressão que tinha falecido, tinha basicamente a mesma letra e se colocava sobre as mesmas mudanças de acordes. Foi muito, muito estranho. Nós terminamos a canção ali mesmo. Estávamos todos meio que entregues a isso. O destino teve muito a ver com isso. Sei que algumas pessoas não vão acreditar, mas não inventaria uma história tão maluca. – Mariah Carey

NICKSON, Chris. Mariah Carey Revisited: The Unauthorized Biography. St. Martin’s Griffin, 1998.

 

[arve url=”https://www.youtube.com/watch?v=UXxRyNvTPr8″]

DESEMPENHOS

Este single é o que mais tempo ficou no topo da Billboard Hot 100 nos Estados Unidos, debutando em #1 e ficando nesta posição por exatas 16 semanas e conseguindo duas certificações Platina pela RIAA por 2.400.000 cópias vendidas no país, mas não foi só nas paradas de lá que ele se deu tão bem. No geral, esta é uma das músicas mais conhecidas de Mariah no mundo, principalmente, na Europa (entende-se os países que compões a União Europeia, incluindo o Reino Unido), onde conseguiu chegar ao #6 na parada European Hot 100 Singles. As vendas do single ultrapassam as 3.000.000 de cópias, mas muitas certificações ainda estão pendentes desde o final da década de 90.

PARADAS

#1: Canadá (RPM Adult Contemporary)
#1: Canadá (RPM Top Singles)
#1: EUA (US Billboard Adult Contemporary)
#1: EUA (US Billboard Adult Top 40)
#1: EUA (US Billboard Hot 100)
#1: EUA (US Billboard Mainstream Top 40)
#1: EUA (US Billboard Rhythmic Top 40)
#1: Nova Zelândia (Recorded Music NZ)
#1: Reino Unido (UK R&B Official Charts Company)
#2: Austrália (Australian Singles Chart)
#2: Canadá (The Record)
#2: EUA (US Billboard Hot R&B/Hip-Hop Songs)
#2: Holanda (Dutch Top 40)
#2: Holanda (Single Top 100)
#4: Irlanda (Irish Singles Chart)
#5: Dinamarca (Tracklisten)
#5: França (French Singles Chart)
#6: Europa (European Hot 100 Singles)
#6: Noruega (VG-lista)
#6: Reino Unido (UK Singles Official Charts Company)
#7: Suécia (Sverigetopplistan)
#8: Bélgica (Ultratop 50 Flanders)
#8: Bélgica (Ultratop 50 Wallonia)
#12: Suíça (Schweizer Hitparade)
#16: Finlândia (Hit Parade Singles Chart)
#24: Itália (Hit Parade Singles Chart)
#25: Alemanha (Official German Charts)
#87: Japão (Oricon Singles Chart)

CERTIFICAÇÕES

Austrália: Platina (ARIA) = 70.000
Bélgica: Ouro (BEA) = 25.000
Canadá: Platina (CRIA) = 10.000
Estados Unidos: 2x Platina (RIAA) = 2.400.000
França: Prata (SNEP) = 125.000
Irlanda: Platina (IRMA) = 25.000
Noruega: Ouro (IFPI Noruega) = 10.000
Nova Zelândia: Platina (RMNZ) = 15.000
Reino Unido: Prata (BPI) = 290.000

MAIS

Em 1996, One Sweet Day foi indicada ao Grammy nas categorias ‘Gravação do Ano’ e ‘Melhor Performance Pop de Duo/Grupo’, recebeu a indicação para ‘Melhor Vídeo R&B’ pelo MTV Video Music Awards e, ainda, nos BBMAs – Billboard Music Awards foi indicada para ‘Top Hot 100 Single’ e venceu o ‘Special Award’ pelas 16 semanas em #1. Já em 1997, a música venceu o BMI Awards nas categorias de ‘Canção do Ano’ e ‘Melhor Compositora de Pop’.

Abertura Grammys 1996:

[arve url=”https://www.youtube.com/watch?v=FecPgN_AfSY”]

Performance do álbum de vídeo Fantasy:

[arve url=”https://www.youtube.com/watch?v=OldqUCMaKUk”]

Mariah Carey em sua residência #1 to Infintiy com Daniel Moore e Trey Lorenz:

[arve url=”https://www.youtube.com/watch?v=pNwc4J8NC1Y”]


Mariah Now Team

Tudo tem acontecido de maneira muito rápida depois que Carey voltou para a Sony Music. De cara tivemos o anúncio de contrato com o selo Epic Records, na sequência veio o lançamento do single promocional “Infinity” junto à compilação “#1 to Infinity” que trouxe a residência em Las Vegas, inicialmente chamada de “#1’s”, mas que logo ganhou o título do álbum de sucessos americanos que atingiram o topo da Billboard Hot 100. Em meio a duas temporadas de shows ainda no ano passado, Mimi começou a dirigir seu próprio filme natalino, evidenciou o seu pedido de divórcio de Nick Cannon, emagreceu, começou a namorar com o bilionário James Packer, emagreceu mais ainda, anunciou uma turnê europeia com final na África, embarcou no ano de 2016 emagrecendo ainda mais, ficando noiva, fazendo shows incríveis, dando pistas de novos projetos e ainda deixando claro que virão mais shows por aí. Ufa?! Que nada, pois a mulher já está na quarta temporada de shows em Vegas depois de uma turnê bem-sucedida do outro lado do Atlântico e mais, ela está em novos projetos natalinos, tem a extensão da sua última turnê por países latino-americanos e asiáticos prevista para os próximos meses, já está em estúdio, fora a quinta Leg da residência no segundo semestre. Querem mais? A gente também!

1

Enquanto alguns lambs dizem por aí que esta é a Era Infinity, outros afirmam que estamos também na Era Sweet Sweet Fantasy. Bom, tudo bem, mas não seria esta a Era Sweet Sweet Fantasy to Infinity? Ou seria uma era completamente nova? Anyway, não temos nem nome para o que estamos vivendo atualmente, ou desde 2014. A Era Elusive Chanteuse que foi extremamente confusa e rápida logo acabou e, na sequência vimos uma Mariah completamente diferente. Se foi o divórcio ou a vontade de sair da sua antiga gravadora, não sabemos ainda, mas ela mudou! Mariah Carey é como vinho, fica melhor com o passar dos anos.

bianca

Fato é que tudo parece estar indo bem, mas se formos parar para pensar, seria esta a Era Experimental de Carey, já que do passado parecem ter ficado seu maquiador, seus backing vocals e seu talento icônico e incomparável. Poderíamos dizer que ela está na fase Xuxa Meneghel indo para a Rede Record, só que mil vezes melhor e com muita audiência, ou seria a fase Suzana Vieira em evidência no Vídeo Show da Rede Globo, mas em boa… enfim, deixa pra lá né gente?! Brincadeirinhas à parte, Mariah está, definitivamente, em forma e, não estamos falando de aparência, mas sim do “conjunto da obra”. Voz potente (sem mimimi quanto aos Anos 90 vs. Anos 2000), arranjos novos para os shows (quem diria que Touch My Body poderia ficar boa ao vivo?), figurinos melhor acabados e bem desenhados (a mulher tá linda e num bom senso inacreditável), banda afinada (poderia ter um guitarrista, é claro), fora a nova equipe que tá fazendo Mariah dar o nome por onde passa, né não?

Mariah Carey vocalmente em 2016:
[youtube id=”D1H0IJzI15E” align=”center” mode=”normal” autoplay=”no”]

Contudo as mudanças ficaram mais evidentes com a atual temporada de shows no The Colosseum no Caesars Palace em Las Vegas, EUA, pois Mimi está incrivelmente incrível! Até o momento os shows foram únicos, com uma Mariah radiante que brilha no palco, figurinos novos e variados a cada data, novas transições entre as músicas e atos musicais mais ensaiados, fora a novidade da semana: nosso queridinho Tanaka assumiu o posto de Diretor Criativo! Well, querem mais? Encurtar algumas músicas deixou o show mais “gostoso”, mais dinâmico, com ou sem pernas de fora. Só uma observaçãozinha: cadê as meninas, Mariah? Já sabemos! Elas não são tão necessárias, uma vez que a Diva das divas está com tudo em cima (agora sim estamos falando do corpo, da make, dos looks e do picumã!).

7 de Junho de 2016:
[youtube id=”Dv0xbkdevMU” align=”center” mode=”normal” autoplay=”no”]
[youtube id=”6KnKNlHSk2U” align=”center” mode=”normal” autoplay=”no”]

10 de Junho de 2016:
[youtube id=”0srTFsr2CKk” align=”center” mode=”normal” autoplay=”no”]

11 de Junho de 2016:
[youtube id=”Blu9iBiX228″ align=”center” mode=”normal” autoplay=”no”]

Seria, então, esta a nova Mariah? Tivemos tantas desde o início dos tempos, mas como esta, nunca!

Tire suas conclusões e se prepare, pois hoje tem show e você pode acompanhar tudo na nossa fan-page!

Se ficou por fora das datas, olhe à direita a agenda linda que a gente fez.
Agora vamos aguardar as novidades de hoje, à 00h (horário de Brasília-DF).

Agradecimentos: The Diary of Mariah Carey, Mariah Raw e Kevin Leclerc Music.
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.