Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Empire

“Eu já acordo dessa maneira, natural – eu juro”, brinca Mariah Carey enquanto é maquiada. A vencedora do Grammy disse que estava pronta para lançar seu próprio programa porque, “Não tenho certeza se as pessoas realmente me conhecem”.

Agora, a Variety conversa com Carey sobre “Mariah’s World”, “Keeping Up With the Kardashians”, “American Idol” e mais …

Variety: Porque esse era o momento certo para lançar o documentário?
Mariah Carey: Porque estávamos nos preparando para a turnê, ensaiando, viajando… ia ser hilário. Mentira, eu não pensei que seria hilário – eu só queria fazer isso porque eu pensei que seria muito divertido.

V: De quem partiu a ideia? De você ou do (canal) E!?
MC: A ideia foi minha, pois sabia que sairia em turnê e queria documentá-la.

V: Você já pensou em fazer um programa como esse antes?
MC: Eu tinha pensado no passado, mas agora, me pareceu o momento certo, por causa do que estávamos fazendo criativamente com as apresentações e tudo mais.

V: Eu imagino que outras redes de TV já quiseram fazer isso com você. Você já teve outras ofertas?
MC: Eu definitivamente tive, mas nesse caso foi diferente, era nos meus termos. Tudo estava nas minhas mãos. A percepção de como filmar e que caminho seguir foi minha.

V: O que mais vamos ver no programa, além de sua turnê?
MC: Há tanta coisa que rola nos bastidores. Vale a pena sintonizar para não perder nada.

V: Quanto vamos ver da sua vida profissional com a tour vs. sua vida pessoal com seus relacionamentos e seus filhos?
MC: É um bom equilíbrio. Eu acho que você vê um pouco de tudo.

V: Quando o programa foi anunciado, ele foi descrito como os “sendo sobre os bastidores de sua turnê e casamento”. Houve alguma reedição dadas as mudanças em sua vida pessoal?
MC: Eu não tenho certeza, mas acho que podemos estar filmando algumas dessas reedições hoje [risos]. É difícil, porque eu não posso falar por alguém que está envolvido na minha vida pessoal. Queremos que todos sejam felizes, mas não é assim.

V: É estranho pôr sua vida inteira nas telas?
MC: Bem, eu não diria que é toda a minha vida [risos]. Foi um pouco estranho, mas, novamente, foi a minha escolha que é a forma como é.

V: Você esteve no centro das atenções por décadas e o mundo tem te seguido a cada passo. Este programa é uma maneira para você dizer: houve tantas coisas inverídicas escritas sobre mim, mas isso é realmente quem eu sou?
MC: Acho que sim, mas estou curtindo tudo. Mas quero que as pessoas pensem “ela é exagerada, ela é isso, ela é isso, ela nem sempre é séria”. Não sei o que as pessoas pensam de mim. Eu tive essa conversa com Ellen [DeGeneres] e eu estava tipo, “Eu não sei qual o maior equívoco sobre mim, porque eu não sei o que as pessoas pensam sobre mim.” Eu não sei.

V: Quando as pessoas sintonizarem a TV, o que você quer que eles aprendam sobre você?
MC: Eu realmente adoro diamantes e jogar os cabelos e passar muita maquiagem, mas, honestamente, não sou só isso? Sim, parte disso sou eu. Quero dizer, eu ficaria louca se alguém me desse um novo bracelete de diamantes? Sim. Mas isso não significa que só isso me interesse. Na verdade, eu sei o que é ser extremamente pobre, vivendo sozinha em Nova York – ou realmente viver com mais cinco meninas, todas dormindo em colchões no chão. Mas essa é a parte que as pessoas realmente não veem. Mas eu também não quero dizer, “Olhe para a minha vida. Veja o quanto sofri “. Eu não sou assim.

V: Qual a coisa que você acha que ninguém sabe sobre você?
MC: Eu espero que haja mais de uma coisa, porque seria muito triste se todos soubessem tudo sobre mim. Não tenho certeza se as pessoas realmente me conhecem.

V: Eu sei que você está chamando o seu programa de docu-série (junção das palavras documentário e série) – não um reality show – mas você é fã de algum reality?
MC: Não, eu não sou! Acho que só vi um na minha vida, e foi por isso que eu disse que não faria isso, a menos que fosse um documentário. Se as pessoas querem chamar disso (reality) porque isso os torna felizes, então isso é com eles, mas, para mim, é estilisticamente tão diferente.

V: “Keeping Up With the Kardashians” também é do E!. Você já assistiu?
MC: Talvez uma ou duas vezes. Mas isso é porque eu não assisto TV e, quando assisto, eu prefiro assistir a uma série que eu realmente gosto.

V: Você já teve experiências anteriores ao “Mariah’s World” – seu infame episódio do “Cribs” e o “American Idol”.
MC: Que é o pior.

V: Você trabalharia em outro reality musical?
MC: Eu teria que saber com quem estarei trabalhando. Nesse ponto, eles me colocaram com alguém que eu, realmente, não sabia e eu sei que a química era horrível e, basicamente, sendo que acabou agora, estou muito feliz. Eu faria isso de novo com alguém como Simon Cowell, talvez.

V: Obviamente, no momento em que você estava no “American Idol”, haviam toneladas de matérias sobre você e Nicki Minaj. As matérias eram verdadeiras?
MC: Sobre Nick Cannon?

V: Não, não, não – Nicki Minaj.
MC: Hummm, do reality. Bem, como eu poderia dizer isso? Eu não disse nada durante o programa, então continuarei a não dizer nada. Não vale a pena gastar tempo para lembrar desse horrível momento em que meus advogados me “obrigaram” a assinar o contrato (para o American Idol) apenas para ganharem suas comissões. Mas, tirando isso, foi bom pra caral…! [Risos]

V: Você já pensou em fazer mais episódios de “Mariah’s World” após os primeiros oito episódios?
MC: Sim. Se as pessoas gostarem, vou pensar melhor sobre isso. Depende do que eu estiver fazendo no momento – se estiver em turnê ou estiver em estúdio. Quando eu estou em estúdio eu não gosto de muitas pessoas a minha volta. Eu prefiro ficar sozinha ou com meu engenheiro (de som). Então vamos ver. É por isso que estou dizendo que é um docu-série. Cobre um momento específico, e muito importante, da minha vida.

V: Você já fez muitas coisas durante sua carreira. Qual os planos para o futuro?
MC: Oh meu Deus, eu tenho tantos (planos)! Eu tenho um monte de coisas diferentes que estou tocando agora, mas eu não tenho certeza se ainda posso falar. Estou muito ansiosa para dividir tudo com vocês, mas no momento certo.

V: Eu vi você em “Empire”, foi muito divertido.
MC: Oh, obrigada. Eu amo Jussie [Smollett]. Ele é um bom amigo. E, claro, Lee Daniels.

V: Existem outros programas dos quais você gostaria de participar?
MC: Na verdade não. Estou feliz por estar fazendo meu próprio programa. E há um outro programa que estamos planejando, mas te digo quando eu puder.

V: Então você está planejando algo?
MC: Sim, é muito emocionante.

V: Estão nos seus planos continuar dividindo seu tempo entre a música e a atuação?
MC: Honestamente, eu gosto de ambos, mas eu sempre amarei estar no estúdio, compor, gravar… Mas eu adoro fazer filmes e, é por isso que continuo dizendo a Lee Daniels: “É melhor você voltar e fazer um filme logo! Apresse-se! “Eu o amo como diretor, e outros diretores também, mas fazer “Precious” com ele (Lee Daniels) foi emocionante… Eu só tive um dia para me preparar, então foi exaustivo, mas muito gratificante.

V: Existe alguém com quem você queira gravar?
MC: Oh sim, mas eu não posso te contar! [Risos] Existem alguns e estamos trabalhando nisso agora.

Fonte: Variety

Empire é a série de maior audiência nos EUA e tem conseguido conquistar novos fãs no mundo todo. Já em sua terceira temporada – que estreou na semana passada – os picos de audiência continuam altos, reinando às quartas-feiras na FOX americana. No Brasil não seria diferente, afinal quem se acostumou com as tramas do Maneco na Globo, se acostuma com qualquer drama americano, quem dirá com o que Lee Daniels põe a mão.

O sucesso de Empire já não é o mesmo de Glee na iTunes nos lançamentos das músicas gravadas pelo elenco. Alguns críticos dizem que pode ser pela segmentação da música ser a mesma e por não conter tantas vozes diferentes como na série teen, porém nesta semana o jogo virou!

Empire foi ao ar na última quarta-feira (28) e ao final do episódio a prévia do terceiro mostrou Mariah Carey ao som de Infamous, a nova música do elenco. Quem acompanhou o episódio sentiu o gostinho de quero mais e, Mimi nos deu! Direto do Entertainment Weekly, Carey soltou a música para execução e todos puderam ouvir. Todos não, pois alguns países não tinham o acesso ao vídeo, porém a gente sempre dá um jeito e consegue ouvir. Postamos aqui, inclusive! É fato que alguns gostaram, outros não, mas o que importa é ter material novo, afinal estávamos sem uma música nova desde o lançamento de Infinity no ano passado. Isso não fez com que a música fosse deixada de lado pelos admiradores de Carey, Smollett e Empire, tanto que em alguns países como a Austrália, a música foi a primeira das muitas lançadas pelo elenco que entrou nos charts. Sim, já temos número e para um single não-comercial de uma série americana, estamos muito bem, obrigado!

Infamous foi liberada para compra na iTunes mais cedo que o previsto e teve sua estreia nas paradas, começando por Hong Kong que às 13h já chegava ao #73. Desde então o single passou a estrear na parada de vários países. Depois da meia-noite, de ontem para hoje, Infamous já havia chegado ao top 5 das Filipinas e no top 50 da Malásia, Hungria, Brasil, Tailândia e Taiwan.

Foto: Chuck Hodes/Fox

Foto: Chuck Hodes/Fox

Até o final desta publicação, Infamous registrava nos EUA a posição #117 (+63 desde sua entrada) e no Reino Unido a posição #112 (+33 desde sua entrada).

Atualização às 13h50min via iTunes WW:

#2 Cambodia (=)
#4 Philippines (+1)
#11 Poland (-4)
#12 Malaysia (+11)
#19 Chile (+12)
#19 Thailand (+19)
#26 Singapore (+47)
#39 Spain (-10)
#48 Taiwan (+2)
#50 Indonesia (+54)
#54 Brazil (-18)
#61 Ireland (+85)
#78 Netherlands (+87)
#80 Qatar (-7)
#84 Sweden (-39)
#93 The Bahamas (-4)
#105 Belgium (=)
#111 Hong Kong (-35)
#112 United Kingdom (+33)
#114 Italy (+7)
#117 United States (+63)
#120 Australia (+16)
#130 France (+20)
#165 New Zealand (-17)
#186 Denmark (+13)
#195 Vietnam (=)

A música também foi liberada pelo Empire Cast no Spotify. Será que vai chegar ao topo em alguma parada? Vamos aguardar.

img_6693

Capa oficial do single Infamous: Empire Cast com Mariah Carey & Jussie Smollett


Fonte: iTunes WW.

Confira a estreia de uma música do episódio da próxima semana com a estrela Carey.

Foto: Chuck Hodes/Fox

Foto: Chuck Hodes/Fox

Empire

Os fãs de Empire têm aguardado ansiosamente a chegada de Mariah Carey na série da FOX. O co-criador Lee Daniels, um bom amigo de Carey, tem provocado seu envolvimento na série desde o início. Bem, a estrela pop finalmente faz sua estreia na próxima semana como Kitty, e a Entertainment Weekly tem a estreia exclusiva de “Infamous“, a faixa que Carey gravou com o elenco e Jussie Smollett que interpreta Jamal.

A personagem de Carey é uma grande cantora – óbvio – que vem para ajudar Jamal obter sua confiança de volta ao estúdio. Smollett, um ousado fã de Carey, disse que foi incrível trabalhar com a estrela. “Foi ótimo”, disse Smollett ao Entertainment Weekly no set de Empire em Chicago. “Ela é uma querida. Ela é uma profissional e, você sabe, este é um bom tempo.”

Empire vai ao ar na quarta-feira (5) às 21h (horário de Nova York, EUA) na FOX. Ouça “Infamous” a seguir:

US IPs e Hola/VPN: escute aqui!

Brasil/Demais localidades:


Escrita por: Tim Stack (Entertainment Weekly em 28/09/2016).

Infamous, a música que se enquadra no contexto de Jamal (Jussie Smollett) em Empire soa como um trilha nata da série. Aos novatos de plantão que não acompanham Empire, a canção não surgiu “do nada” e nem está prestes a ser lançada oficialmente nas plataformas digitais como single por ser comercial ou para se candidatar ao topo das paradas musicais, mas veio para ajudar roteiristas da série na narração do atual drama da personagem de Smollett. Carey interpreta Kitty que tem, agora, o papel de ajudar Jamal em estúdio, então reduzem-se as comparações com os singles não muito bem promovidos ultimamente como “Triumphant” de 2012.

Foto: Empire/FOX

Foto: Empire/FOX

A faixa que chega nas lojas iTunes nos primeiros segundos de amanhã, dia 30, também estará disponível nas plataformas de streaming como o Spotify em breve. Ela começa com o toque do piano e lembra (não parece) a introdução de “The Art of Letting Go” e “You Don’t Know What to Do”. Na sequência as batidas R&B já com a voz de Jussie (bem metalizada e com efeitos) deixa a batida na linha das músicas do elenco de Empire. Os estalos lembram uma versão mais lenta de “Angels Cry”, porém os vocais do elenco ao fundo fazem com que a trilha nos lembre dos arranjos de “Last Kiss” e “Love Story” de formas isoladas, mas o que mais pesa ao final é o excesso de camadas e de efeitos na voz de Jussie Smollett, ao mesmo tempo que os vocais de Mariah parecem mais limpos, crus e firmes nos agudos, robustos nos graves e a “pegada” old-school fica por conta do dueto em si, vozes que casaram bem no conjunto da obra. Se vai ser hit ou não, esta não é a proposta do lançamento da música, porém Carey não pode ser subestimada por ninguém, afinal ela pode chartear do nada.

A música teve uma prévia ao final do segundo episódio (28/09) e aparecerá no próximo que vai ao ar na semana que vem, dia 5. No episódio Kitty (Mimi) canta ao lado de Jamal (Jussie) como mostra o vídeo promocional do episódio “What Remains Is Bestial” a seguir:

Empire é exibida às quartas-feiras nos EUA pelo canal FOX e pelo FOXNOW às 22h (horário de Brasília-DF). No Brasil, a série é exibida pelo novo canal premium FOX1 e pelo aplicativo FOX Play às quintas-feiras à 00h44min. A reprise vai ao ar aos domingos às 22h.

Segue a faixa para você ouvir, lembrando que o lançamento do single acontece amanhã (30/09):


Créditos: Entertainment Weekly; Empire Brasil.
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.