Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

BACK IN TIME

Quando chegou a noite da entrevista de Mariah, eu estava sentado em meu escritório ouvindo o programa da Cherry. Ela jogou uma bomba, dizendo aos ouvintes “Você sabe que pergunta eu quero fazer à Mariah Carey? Eu quero saber se ela fuma erva!”

Nós estávamos promovendo a visita de Mariah pesadamente, e eu tinha os maiores chefões da Sony sentados no meu escritório e todos estávamos esperando ela chegar no estúdio. Eu queria saltar pela janela. Meu telefone tocou. Eu realmente queria saltar pela janela. Era Jerry Blair. “Eu não sei o que aconteceu, mas o que diabos a Cherry Martinez disse? Eu preciso ligar pra Mariah … ela mandou parar a limusine.” Estava ferrado. Talvez eles sejam legais e só me joguem pela janela, pensei. Eu corri para o estúdio para descobrir se a Cherry tinha perdido a cabeça e implorei pra ela maneirar com as perguntas.

De volta ao meu escritório, esperei. Cerca de cinco minutos depois, Blair ligou novamente. “Ela está andando de novo. Ela estará aí em 15 minutos.” Cerca de 20 minutos depois, o telefone tocou novamente. “Ela está lá embaixo. Mas ela não vai subir ao seu encontro, você deve, pessoalmente, descer e conversar com ela.” Eu estava pensando o pior: a Mariah ia me dar uma bronca feia, me chutar pra fora do carro e ir embora. Eu desci as escadas para a entrada de trás do prédio da Power e havia uma grande limusine preta. Antes de chegar perto, Mariah saiu e me perguntou “Você é Damion Young?”

“Sim”, eu disse.

“Ha! Vamos.”

Começamos a caminhar juntos no prédio sem saber o que dizer ou fazer.

“Como vai você?” Ela disse: “Uau, você é muito jovem para ser diretor de música”.

Eu brinquei: “Comecei quando eu tinha cinco anos”.

Eu estava um pouco atrás dela, e tudo o que eu conseguia pensar era como ela era gostosa. Eu tava como, “Cristo, ela é incrível!”

Eu não fico nervoso perto de estrelas. Simplesmente gosto das pessoas se elas são boas e não se elas não são… Eu suponho que todos merecem respeito até que me provem errado. Mas essa mulher era tão bonita que eu estava corando. Provavelmente estava irradiando calor como se estivesse com um casaco no meio do verão. Eu estava tão envergonhado!

Mariah, por outro lado, era muito legal. “Então, eu fumo erva?”

Deus. “Sinto muito por isso”, eu disse. “Cherry não entendeu por que isso seria algo ultrajante para perguntar. Por favor, não se preocupe com isso …”

“Não”, disse Mariah. “Tudo bem. Sem problemas.”

Quando chegamos à porta do estúdio, Mariah disse: “Não vou entrar até que as luzes estejam acesas e ela esteja no ar.”

Os funcionários da Power e os executivos da Sony estavam zumbindo e todos tinham uma expressão de “merda” que eles estavam tentando esconder. Michelle Mercer me olhou tipo “Se isso der merda eu vou matar você. Lentamente.” Desejei a janela do meu escritório! Mariah tinha uma enorme bolsa com ela, que ela pegou quando a luz “no ar” acendeu. Ela entrou no estúdio.

“Mariah Carey, como você está?”, Disse Cherry ao microfone.

“Então, você fez uma pergunta no meu caminho até aqui”, disse Mariah.

Cherry era a única no local. “Sinto muito por isso”.

Mariah disse: “Não… pergunta válida. Eu fumo erva? Não. Seria ruim pra minha voz. Mas eu vou te dizer o que posso fazer”.

Cherry diz: “O quê?”

Mariah diz: “Com certeza, posso beber Dom Perignon!”

Ela tirou duas taças de sua enorme bolsa, junto com uma garrafa e rapidamente tirou a rolha. “Beba comigo. É a Ladies Night! “

Pensei: “Oh, Deus! Essa mulher é foda!”

Após a entrevista ser feita, Mariah saiu do estúdio e me disse: “Você quer que eu faça uns drops?” Eu definitivamente queria alguns, por isso fomos para a cabine de gravação.

Ela me disse que normalmente não gostava da maneira como sua voz soava nos drops, mas eu assegurei-lhe que seria divertido e que ela ficaria feliz com o resultado.

Entrei na sala e disse pelo interfone: “Tudo bem, somos a estação irmã da Hot 97. Apenas sinta-se em casa e diga o que quiser.”

Mariah entrou nela e logo começou a rir e se divertir.

Depois de gravar alguns drops ela disse “Hey, obrigada, Damion. Quer saber, você é muito engraçado”, eu disse, “O que você quer dizer com engraçado?” Ela disse: “É legal – é bom conhecer alguém novo. Espero sair com você ou algo assim na próxima vez que eu estiver em LA.”

Na minha mente, eu pensei: “Ah tá. Mariah Carey vai me chamar para sair… aham”

Logo antes de sair pela porta, ela virou-se e disse: “The Roof?” Eu disse: ” ‘The Roof é uma faixa ótima.”

“Eu acabei de fazer uma versão remix,” ela disse, “e Mobb Deep canta na música agora.” Eu disse: “Sério? Eu quero ouvir isso!” Ela disse: “Bem, ainda não está masterizado, e amanhã é sábado. Segunda-feira ou terça-feira, eu te dou a faixa. Diga-me o que você acha.”

Eu estava animado, mas honestamente, eu pensei que esta era a última vez que eu falaria com Mariah Carey.

 

Damion “Damizza” Young – Guilty By Association

2/20

Anterior

Início

Próximo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.