Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

HONOLULU

Era perto do meu aniversário, então fui pra casa, em Santa Bárbara, para passar o fim de semana. Quando voltei ao escritório na segunda-feira, havia um pacote da FedEx na minha mesa de algo da Maroon Entertainment. Dentro havia um CD e uma nota manuscrita de Mariah. “Aqui está a versão do The Roof com o Mobb Deep. Desculpe, não há arte. Foi ótimo passar aquele tempo com você. Espero que goste da faixa, Mariah.”

The Power estava tocando Breakdown com Bone Thugs-N-Harmony, mas não estava realmente dando certo com nossa audiência, então e comecei a gradativamente tira-la da rotação. Alguém da Sony disse a Mariah que eu abandonaria seu projeto, e não demorou muito para ela entrar em contato. Uma noite, Jerry Blair me ligou e disse: “Oi, alguém quer conversar com você.” Mariah entrou no telefone e disse: “Então, você não gosta de Breakdown?” Eu disse: “Olha, não está funcionando para nós. Mas eu estou tocando The Roof, e fora isso não tem muito mais que eu possa fazer.” Ela disse: “Bem, pelo menos você está sendo sincero comigo.” Eu disse: “Sim, exatamente”.

Aí começamos a relaxar e conversar. “Então, como é ser Mariah Carey”, perguntei. Ela disse: “Bem, eu estou numa praia na Austrália agora, andando por aí.” Eu disse: “Mas deve ser péssimo às vezes, com todo mundo vindo em cima de você com um monte de merda o tempo todo”.

“Nah”, disse ela. Ela comentou que ocasionalmente havia momentos desconfortáveis ​​com o ex marido, cabeça do selo em que ele estava, mas ela não elaborou o assunto.

Acabamos conversando por cerca de uma hora e meia, sobre música, a estação WBLS e seu enorme amor por rádio. Ela disse: “Keith Naftley deu o primeiro empurrão na minha carreira. Meu primeiro show foi no KMEL e eu estava muito nervosa. Hot 97 é a minha estação favorita.” Perguntei-lhe como sabia tanto sobre rádio e ela disse: “Eu simplesmente amo rádio. Eu cresci ouvindo.” No final do que acabou por ser uma conversa incrível, ela disse: “Eu vou te ligar na próxima vez que estiver em L.A.”

Poucos dias depois, Jerry Blair me ligou novamente e disse: “Mariah gostaria que você fosse ao Havaí para ver o show dela.” A Sony ofereceu-me passagem e hospedagem, mas eu não queria me misturar em qualquer políticagem, então eu disse a ele que adoraria ir, mas que eu pagaria por mim. Ele disse que todos ficaram no Mandarim Kahala. Nossa! Isso prejudicou o bolso, mas eu o respirei fundo e reservei um quarto.

Cheguei e me instalei no meu quarto, tomei um banho e fui ao show, o que foi ótimo – uma dessas coisas em que você pode contar na vida: Mariah Carey dá tudo para o público. Depois, Jerry disse: “Vamos nos bastidores pra ver a Mariah.” Assim que ela me viu, veio e me abraçou e disse que estava feliz por ter vindo e me perguntou o que pensei da performance. Eu disse a ela a verdade – foi incrível! Ela disse que tinha que fazer uma reunião e cumprimentar algumas pessoas e depois filmar uma coisa para a MTV em um parque aquático nas proximidades.

“Eu vou te ver lá?”

Eu disse que sim.

 

Damion “Damizza” Young – Guilty By Association

3/20

Anterior

Início

Próximo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.