Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

PEGAR MEU JATINHO POR 20 MINUTOS NÃO FOI NADA

Antes de qualquer outra coisa acontecer, estávamos nos preparando para o lançamento de Glitter e a grande festança que ia rolar em New York. Eu estava vendo minhas correspondências e encontrei um pacote da Virgin. Ele continha um clipe de 30 segundos da versão rap de “Loverboy”. Fiquei furioso. Eles realmente estavam fodendo o lançamento, pensei.

Veja como funcionam as faixas de música comercialmente: Momentum. Não deixe ninguém ouvir merda alguma. Dê o disco para as rádios e empurre para o número 1 ao tocar massivamente. Obter tantas estações por trás da faixa o mais rápido possível, mesmo antes da possibilidade de uma reação negativa do programador de rádio, aproveitando o fato de que ninguém quer chegar atrasado para uma festa, e se um som realmente vai subir, todos querem participar desde cedo. É o que funciona.

Liguei para a Virgin e disse: “O que você está pensando ao enviar um trecho de “Loverboy?” O cara estava orgulhoso de si mesmo. “Sim, é ótimo, não é? Essa foi idéia minha!”

Exasperado, eu disse: “Por que você faria isso?”

Ele disse: “As estações de rádio vão tocar o trecho no ar. Isso será ótimo, não é?”

Bem, “não”, eu disse a ele. “Eu sou sua estação de rádio e com certeza não vou tocar um loop de 30 segundos de QUALQUER COISA!”

Liguei para a Mariah. Eu realmente não queria incomodá-la, mas ela precisava saber antecipadamente que essa coisa não funcionaria da maneira que esperava. “Tenha em mente que seus fãs pop e rádio já estão com raiva de você porque você fez tantas faixas de rap … e agora a Virgin enviou um trecho da versão rap de “Loverboy”. Sua cabeça estava nas nuvens, no entanto, e ela achou que tudo seria tão lindo como as rosas cheias de orvalho no verão.

Nós nos encontramos na festa de lançamento do álbum de New York e eu falei que estava exausto e realmente não queria ir para Detroit com ela. “Eu vou encontrá-la em L.A. Eu tenho que voltar para The Power.” E… em seguida, eu estava no avião com um dos meus parceiros de negócios do meu selo Baby Ree, Sujit…Para DETROIT. Era cerca de 2 da manhã quando desembarcamos. Eminem nos pegou no próprio aeroporto e nós nos dirigimos em direção à sua casa. Tudo parecia estar indo bem, pelo menos entre eles. Eles estavam conversando e rindo e tinham todo tipo de idéias sobre colaborar em música e, claro, com o filme. Eu disse a ele para deixar eu e o Sujit no hotel porque estava cansado e precisava dormir um pouco, e ele também.

Quando acordei no dia seguinte, liguei para o chefe de segurança e perguntei a que horas Mariah chegou ao hotel. Ele disse que ainda estavam em sua casa. Eu tomei banho e tentei me arrumar rápido quando a Mariah me Oi, eu ainda estou aqui. Todo mundo estava cansado, então todos acabamos caindo por aqui. Por que você não vem?” Eminem então entrou na linha e disse: “Ei, cara, eu vou enviar a limusine para você. Eu tenho um estúdio aqui e eu gostaria que você visse a casa”. Eu disse “OK”. O carro veio e pegou o Sujit e eu. Quando chegamos a Eminem, haviam muitas pessoas espalhadas. De certa forma, me lembrou a minha casa em Santa Barbara às vezes – todos os tipos de família e amigos ficaram pendurados. Conheci sua tia e seu tio que moram lá, seu sobrinho e outras pessoas. Todos foram fantásticos. O Proof do grupo D12 subiu as escadas do porão com duas garotas. “Ei, Proof!”/”Ei, Mizz, como está indo?” Não fiquei com boa impressão. Pensei comigo mesmo:

“A Mariah está aqui. Eminem está aqui. E o Proof simplesmente saiu do porão com duas garotas. O que isso parece? Mal. Mesmo Mariah estava começando a perceber que o Glitter não seria todo dourado e, mesmo sabendo que a possibilidade de fazer outro filme era uma simples distração para ela, tenho certeza de que ela também achava que poderia conseguir uma ajuda publicitária por estar associada ao Eminem.

Nós ficamos em Detroit por um ou dois dias e depois nos dirigimos para L.A. No avião, pedi a Mariah novamente: “Você tem certeza disso? Eu tenho um mau pressentimento. Você vai acabar no lado feio disso. Se eu fosse você, saía dessa situação agora. Ouça, olhe assim – o Em já demonstrou que não te respeita ao te oferecer o papel da mãe no filme. Não há muito respeito lá.” Ela disse: ” Oh, não, tivemos uma conversa muito boa. Nós fizemos uma longa caminhada e eu posso me identificar com ele e o que ele passou”. Não havia muito mais o que eu pudesse dizer. Eu a avisei sobre Glitter e eu já avisei sobre se envolver com o Eminem. Meu trabalho estava pronto quando o Glitter foi entregue. Era hora de eu voltar pro meu canto de novo.

 

Damion “Damizza” Young – Guilty By Association

13/20

Anterior

Início

Próximo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.