Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

SUGAR CANE

Eu estava pendurado na festa de Natal da Power e a Mariah me ligou. “O que você já ouviu falar de Luis Miguel?”, Perguntou ela. Eu não fazia ideia.

“Quem é Luis Miguel?”

Ela disse: “Não, sério, o que você ouviu sobre ele?” Eu disse: “Eu não sei nada sobre Luis Miguel.” Mariah começou a zombar de mim, “Bem, Damizza, você está numa estação de rádio latina, descubra!”

Perguntei a uma das meninas que trabalhavam no escritório e ela disse: “Oh, meu Deus! Ele é o maior cantor latino!” Ela também me contou alguns rumores que não pareciam muito legais. Liguei para Mariah e eu disse a ela o que ouvi. Ela diz: “Bem, ele está me convidando para jantar amanhã à noite.” Eu disse: “Tá, divirta-se e me conte depois!”

Ela me ligou no dia seguinte e disse: “Luis é gentil. Ele gastou um dinheirão para conseguir uma sala privada. O que você acha?”

Eu disse: “Bem, eu não sei. Divirta-se!”

Mariah teve alguns problemas com a imprensa após seu divórcio e depois seu relacionamento de alto perfil com Derek Jeter. “Eu não sei”, ela me contou. “Depois disso, eu realmente não estive com ninguém”.

Eu disse: “Mariah, vamos lá! Você deve aproveitar a vida. Foda-se toda essa merda de imprensa.”

Pouco depois, ela me ligou de novo para perguntar sobre ele, dizendo que a convidou para sair de férias com ele.

“Isso é ótimo”, eu disse. Mariah não tinha tanta certeza. “Eu não sei muito sobre ele”, disse ela, obviamente, ainda pensando sobre o modo como a imprensa a tratava enquanto namorava com Jeter. “Eu não vou dormir com ele” ela disse. “Por que você está me dizendo isso?”, respondi. “Bem, você é meu amigo. Me diga o que você acha. Honestamente.”

Eu continuei: “Você ficou trancada em Sing Sing (apelido da mansão em Bedford, N.Y., onde ela se sentia presa quando estava casada com Tommy) por tanto tempo… saia e divirta-se!” Ela concordou.

Cerca de três dias depois, sua assistente me ligou e disse: “o aniversário da Mariah está chegando, e Luis vai levar ela para a Jamaica. Você vai com eles?” Eu disse: “Por que eu iria com eles?” Ela disse: “Ela realmente não se sente confortável com Luis ainda, e ela quer ter alguns amigos juntos.” Eu disse: “OK, eu irei”. Então nos encontramos no LAX, num hangar – a primeira vez que estive em um jato particular. Luis era muito legal, e nós nos tornamos amigos de copo.

Um dia, eu disse a Mariah que estava trabalhando em um álbum chamado Damizza Presents. Ela disse: “O que eu vou fazer nele?” Eu disse: “Você está brincando? A Sony nunca te liberaria para participar dele!”

Ela disse: “Bem, me mostre algumas das batidas pelo menos.” Dirigimos a uma loja de conveniência junto à praia, e Luis adormeceu no carro. Nós ouvimos a batida do que mais tarde se tornaria “If You Were Mine” com Shade Sheist. Nós estávamos alternando ao escrever a letra, e então ela cantou, “Chickens will try” e eu fui, “to get at you”. Nós acabamos escrevendo todo o gancho para essa música juntos. Ela disse “Marilyn Monroe costumava se chamar Sugar Cane, então apenas diga que Sugar Cane escreveu. E você fica com os direitos”.

Depois disso, ela começou a me ligar todas as vezes que estava em L.A., e nos tornamos bons amigos. Saímos de férias com Luis e ela novamente mais tarde naquela semana. Desta vez, fomos para Cabo San Lucas, no México. Mariah disse: “Bem, é um grau mais quente em Acapulco, e é lá que o Luis mora, então vamos para Acapulco”. Por mim “o que fosse”, e todos voltamos para o G5. Estávamos a cerca de 12 mil pés de altura, e uma névoa branca começou a encher a cabine. As máscaras de oxigênio caíram do teto, e eu olhei para Mariah como: “Oh, merda!” Então, Luis e eu olhamos um para o outro… “Uau, nós realmente vamos morrer!” O avião estava indo depressa e eu pensei com certeza não íamos conseguir. A comissária de bordo apareceu, Mariah e sua instrutora de atuação estavam chorando, e foi um caos total. O Luis e eu encolhemos os ombros. Eu me levantei no meio do caos e peguei uma garrafa de vodka. Entreguei-lhe um copo, tirei um copo e nos servimos de bebidas enquanto a comissária gritava comigo. Colocamos as máscaras de oxigênio em nossa cabeça como chapéus. Quando o avião estava perdendo altitude, estávamos mandando vodka. Ei, se morrermos, pelo menos vamos morrer se divertindo, pensei. Felizmente, o piloto recuperou o controle e fizemos um pouso de emergência. Nós fomos direto para uma balada e ficamos muito loucos.

No dia seguinte, alguém decidiu que poderíamos ter ainda mais diversão no Disney World, então voltamos para o avião e fomos para a Flórida. Ei, quais eram as chances de dois pousos de emergência em uma semana?

A loucura não parou. Estávamos no iate de alguém e Mariah decidiu que ia fazer o jantar para todos. Isso deixou Luis e eu sem nada para fazer, ou então pensamos. O iate estava em seu ancoradouro e eu olhei para baixo e notei um carrinho de golfe na doca. Bêbados, Luis e eu saímos quando achamos que ninguém estava olhando o que, quando você tem seguranças ao seu redor e você está extremamente alterado, é basicamente nunca. Eu estava dirigindo. Bem, mais ou menos. “Damizza, vire à direita!” Virei à esquerda e Luis saiu rolando do carrinho de golfe. Seus seguranças estavam em outro carrinho logo atrás de nós e eles pararam e o levantaram e começaram a gritar comigo.

“Damizza”, ele disse em com seu sotaque latino pesado: “De agora em diante, eu que vou dirigir!”

 

Damion “Damizza” Young – Guilty By Association

7/20

Anterior

Início

Próximo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.