Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Discografia

discografia

MARIAH CAREY (THE DEBUT ALBUM) (1990)

MariahCarey-MCcover

Lançamento: 12 de Junho 1990

Formatos: CD, K7 e Vinil
Selo/Gravadora: Columbia Records/Sony Music
Produção: Mariah Carey, Ben Margulies, Bob Cadway, Bob Ludwig, Chris Toland, Dana Jon Chappelle,Howie Weisburg, Larry Alexander, Manny LaCarrubba, Narada Michael Walden, Patrick Dillett, Rhett Lawrence, Ric Wake, Rico Tancredi, Tommy Mottola e Walter Afanasieff

Vendas: 17.000.000 (9.850.000 nos EUA / 50.000 no Brasil)

O ÁLBUM

Mariah Carey foi o álbum autointitulado e de estreia de Mariah Carey, lançado dia 12 de junho de 1990 pela Columbia Records. Com vários gêneros contemporâneos, baladas e músicas dançantes o álbum é classificado como um dos melhores do catálogo de Carey. O álbum chegou ao topo da Billboard Hot 200 após a performance de Vision of Love no Grammy Awards, permanecendo no topo por onze semanas consecutivas.

Ele também foi certificado nove vezes como platina pela RIAA – Recording Industry Association of America – pelos mais de nove milhões de cópias nos EUA. No Canadá foi certificado sete vezes como platina e vendeu bem em outros mercado sendo um dos dez mais vendidos em países como Austrália, Noruega, Nova Zelândia, Reino Unido e Suécia. Em todo o mundo o álbum vendeu mais de 17 milhões de cópias.

LISTA DE FAIXAS

PRIMEIRA EDIÇÃO*

1  Vision of Love
2 There’s Got to Be a Way
3 I Don’t Wanna Cry
4 Someday
5 Vanishing
6 All in Your Mind
7 Alone in Love
8 You Need Me
9 Sent from Up Above
10 Prisoner

* A primeira prensa do álbum saiu sem a faixa Love Takes Time, fazendo com que os primeiros álbuns sejam disputados até hoje pelos fãs de todo o mundo.

EDIÇÃO CORRIGIDA/PADRÃO

1 Vision of Love
2 There’s Got to Be a Way
3 I Don’t Wanna Cry
4 Someday
5 Vanishing
6 All in Your Mind
7 Alone in Love
8 You Need Me
9 Sent from Up Above
10 Prisoner
11 Love Takes Time

DESEMPENHO DO ÁLBUM

POSIÇÕES

PAÍS/PARADA

CERTIFICAÇÕES

#1

Canadá (RPM Albums Chart) 7x Platina (Music Canada)

#1

Estados Unidos (Billboard 200) 9x Multiplatina (RIAA)

#3

Estados Unidos (Top R&B/Hip-Hop Albums)

#4

Noruega (Norwegian Albums Chart)

#4

Nova Zelândia (New Zealand Albums Chart) 4x Platina

#5

Holanda Platina (NVPI)

#6

Austrália (Kent Music Report) 2x Platina (ARIA)

#6

Reino Unido (UK Albums Chart) Platina (BPI)

#8

Suécia (Swedish Albums Chart) Platina (IFPI)

#13

Japão (Japanese Albums Chart) 4x Platina (RIAJ)

#15

Suíça (Swiss Albums Chart) Ouro (IFPI)

#17

França (French Albums Chart)

#24

Alemanha (German Albums Chart)

#24

Itália (Itallian Albums Chart) Ouro (FIMI)

#35

Espanha (Spanish Albums Chart) Ouro (PROMUSICAE)

#53

Países Baixos (Dutch Albums Chart)

Singapura 3x Platina (RIAS)

Coreia do Sul Platina (RIAK)

Taiwan Platina (IFPI Taiwan)

OS SINGLES

Dos cinco singles lançados para promover o álbum de estreia de Mariah Carey, quatro chegaram ao topo da parada musical mais importante do mundo, a Billboard Hot 100. Vision of Love foi o primeiro single que alcançou o topo das paradas do Canadá, Nova Zelândia e dos EUA, sendo aclamado pela crítica, foi considerado como um dos singles mais fortes de estreia de uma artista feminina. Os melismas tão presentes nas músicas dos anos 90 tiveram como referência o single que foi o primeiro sucesso de Carey.

O segundo single foi Love Takes Time que também alcançou o topo das paradas norte-americanas. Os dois últimos singles, Someday e I Don’t Wanna Cry também chegaram à primeira posição dos EUA, tornando Mariah Carey a primeira artista desde The Jackson 5 a possuir seus quatro singles em primeiro lugar nas paradas.

Singles Lançados

Lead Single:     Vision of Love
Lançamento:   15 de Maio de 1990 (Mundo)

2ºSingle:          Love Takes Time
Lançamento:   09 de Setembro de 1990 (Mundo)

3º Single:          Someday
Lançamento:    21 de Dezembro de 1990 (Mundo)

4º Single:          I Don’t Wanna Cry
Lançamento:    25 de Abril de 1991 (Mundo)

5º Single:          There’s Got to Be a Way
Lançamento:    06 de Maio de 1991 (Europa)

EMOTIONS (1991)

MariahcareyemotionsLançamento: 17 de setembro de 1991
Formatos: CD, K7 e Vinil
Selo/Gravadora: Columbia Records/Sony Music
Produção: Mariah Carey, Walter Afanasieff, David Cole, Robert Clivillé
Vendas: 9 milhões no mundo (4.000.000 nos EUA / 50.000 no Brasil)

O ÁLBUM:

Emotions é o segundo álbum de estúdio da cantora norte-americana Mariah Carey, lançado em 17 de setembro de 1991 pelaColumbia Records. O álbum se desviou da fórmula aderida no auto-intitulado de estreia, com este a mesma tinha mais controle criativo sobre o material, levando-a a produzi-lo e gravá-lo. Além disso, Emotions traz influências de uma variedade de gêneros como o gospel, R&B, soul, pop e baladas dos anos 1950, 60 e 70. No álbum, Carey trabalhou com diversos produtores e escritores, incluindo Walter Afanasieff, o único que trabalhou em seu álbum anterior. Além disso, Carey escreveu e produziu o material do álbum com Robert Clivilles e David Cole do grupo C+C Music Factory e Carole King, com quem escreveu uma canção.

Quando o disco foi lançado, o primeiro álbum de Mariah ainda estava no Top 10 da Billboard e vários críticos consideraram o lançamento deste disco muito precoce. Mundialmente, ele vendeu cerca de 9 milhões, um cifra bem menor que o anterior.

Singles:

Três singles comerciais foram lançados do álbum. A faixa-título, canção que lidera o álbum, tornou-se o quinto primeiro lugar de Carey no Billboard Hot 100, fazendo dela a única artista na história a ter os seus cinco primeiros singles no topo da lista. Além disso, tornou-se terceiro single de Carey a chegar também no topo do Canadá, e chegou ao top dez da França, Holanda e Nova Zelândia. “Can’t Let Go” foi lançado como segundo single de Emotions em 23 de outubro de 1991. Devido à remoção das cópias do single das lojas feita pela própria Columbia, numa tentativa de impulsionar as vendas do álbum, “Can’t Let Go” não se tornou seu sexto primeiro lugar nos EUA, chegando ao número dois. O sucesso europeu e mundial foi muito limitado, atingindo o top vinte apenas no Canadá e Reino Unido. Da mesma forma, “Make It Happen” chegou ao número cinco nos EUA, e alcançou posições medianas nos gráficos internacionais, levando a Columbia a encerrar a promoção do álbum.

Listas de Faixas

1.     “Emotions”
2.     “And You Don’t Remember”
3.     “Can’t Let Go”
4.     “Make It Happen”
5.     “If It’s Over”
6.     “You’re So Cold”
7.     “So Blessed”
8.     “To Be Around You”
9.     “Till the End of Time”
10.     “The Wind”

Singles Lançados:

“Emotions”
Lançado: 13 de Agosto, 1991
“Can’t Let Go”
Lançado: 23 de Outubro, 1991
“Make It Happen”
Lançado: 4 de Abril, 1992

Chart performance

Chart Melhor
posição
Certificação Vendas/Fabricados
 Austrália – Albums Chart[12] 8 Platina 70,000
 Áustria – Albums Chart[14] 39
 Canadá – Albums Chart[15] 5 4× Platina 400,000
 Países Baixos – Albums Chart[17] 7 Platina 100,00
 Finlândia – Albums Chart[19] 16
 França – Albums Chart[20] 38 ouro 100,000[21]
 Alemanha – Albums Chart[22] 46
 Itália – Albums Chart[23] 16 ouro 50,000[24]
 Japão – Albums Chart[25] 3 Million 1,000,000[26]
 Nova Zelândia – Albums Chart[27] 6 Platina 15,000[28]
 Noruega – Albums Chart[29] 8
Flag of Spain.svg Espanha – Albums Chart[30] 38
 Suécia – Albums Chart[31] 13 Platina 100,000[32]
Suíça – Albums Chart[33] 15 ouro 25,000[34]
 Reino Unido – Albums Chart[35] 4  Platina 300,000[36]
 Estados Unidos – Billboard 200[37] 4  4× Platina[38] 4,584,000

MTV Unplugged (Mariah Carey EP)

Mariahcarey_mtvunpluggedLançamento: 2 de junho de 1992
Formatos: CD, K7 e Vinil
Selo/Gravadora: Columbia Records/Sony Music
Gravação: 16 de março de 1992, nos Kaufman Astoria Studios, Nova Iorque
Produção: Mariah Carey e Walter Afanasieff

Vendas: 7,500,000 (3,000,000 nos EUA / 50.000 no Brasil)

O Álbum:

MTV Unplugged é o primeiro extended play (EP) e álbum ao vivo da cantora e compositora norte-americana Mariah Carey, lançado nos Estados Unidos em 2 de junho de 1992 pela Columbia Records. Após o sucesso dos dois álbuns anteriores de Carey, os críticos comentavam cada vez mais sobre sua falta de turnês e insubstância de apresentações televisivas, a Sony BMG organizou um concerto no Astoria Studios Kaufman, Nova Iorque, em 16 de março de 1992. O show, intitulado MTV Unplugged, foi exibido na MTVpara ajudar a promover o projeto em qual a cantora estava trabalhando, Emotions, bem como para ajudar a evitar que os críticos a considerassem uma possível artista de estúdio. No entanto, após seu sucesso, o concerto foi lançado para o público em umextended play, acompanhado por um VHS intitulado MTV Unplugged +

Singles:

“I’ll Be There” foi escolhido como o primeiro single do álbum. Devido a repercussão das críticas recebidas, a canção foi lançada um mês antes do EP, tornando-se a sexta canção de Carey a atingir o topo da parada musical de êxitos nos Estados Unidos, e uma das poucas regravadas a conseguir este feito. Mundialmente, a canção foi bem sucedida, chegando ao topo das paradas de singles no Canadá, Holanda e Nova Zelândia, e ficando entre as cinco canções mais bem sucedidas na Irlanda e no Reino Unido naquele período. Depois de seu sucesso, “If It’s Over”, uma canção do álbum Emotions, foi lançada comercialmente devido ao seu sucesso no show e no EP.

Faixas:

1.     “Emotions”
2.     “If It’s Over”
3.     “Someday”
4.     “Vision of Love”
5.     “Make It Happen”
6.     “I’ll Be There” (featuring Trey Lorenz)
7.     “Can’t Let Go”

Singles Lançados:


“I’ll Be There”

Lançado: 26 de Maio, 1992
“If It’s Over”
Lançado: 10 de Setembro 1992

CHART PERFORMANCE:

Chart (1992) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[40] 7
Austrian Albums (Ö3 Austria)[41] 21
Canadian Albums (RPM)[42] 6
Canadian Albums (The Record)[43] 11
Dutch Albums (MegaCharts)[25] 1
European Albums (Top 100)[44] 8
French Albums (SNEP)[24] 22
German Albums (Offizielle Top 100)[45] 30
Japanese Albums (Oricon)[46] 13
New Zealand Albums (RMNZ)[27] 1
Norwegian Albums (VG-lista)[47] 18
Swedish Albums (Sverigetopplistan)[48] 36
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[49] 19
UK Albums (OCC)[50] 3
US Billboard 200[51] 3
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[52] 16

Region Certification Sales/shipments
Australia (ARIA)[22] Platinum 70,000^
Canada (Music Canada)[61] Platinum 100,000^
France (SNEP)[62] 2× Gold 144,700[62]
Netherlands (NVPI)[63] 2× Platinum 200,000^
New Zealand (RMNZ)[64] 2× Platinum 30,000^
Switzerland (IFPI Switzerland)[65] Gold 25,000x
United Kingdom (BPI)[66] Gold 100,000^
United States (RIAA)[67] 3× Platinum 3,774,000[16]

Music Box

Mariah_Music_BoxLançamento: 31 de Agosto de 1993
Formatos: CD, K7 e Vinil
Selo/Gravadora: Columbia Records/Sony Music
Produção: Mariah Carey, Dave Hall, Walter Afanasieff, David Cole, Robert Clivillés, Babyface, Daryl Simmons
Vendas: 32 milhões no mundo (10.000.000 nos EUA /150.000 no Brasil)

O Álbum:

Music Box é o terceiro álbum de estúdio gravado pela cantora e compositora norte-americana Mariah Carey. Foi lançado nos Estados Unidos a 31 de Agosto de 1993 sob distribuição da editora discográfica Columbia Records. O disco é composto por várias baladas compostas pela artista juntamente com Walter Afanasieff, seu colaborador em Emotions (1991), e poucas faixas de urban dance. Durante o curso do desenvolvimento do álbum, Carey queria ampliar o seu público, escolhendo uma sonoridade mais pop. Durante este período de tempo, eles experimentaram diferentes órgãos e outros instrumentos musicais, levando o som do álbum para mais distante dos seus sons contemporâneos anteriores. Duas faixas não utilizadas das sessões do álbum foram lançadas como B-sides: “Do You Think of Me” e “Everything Fades Away”. Esta última foi inclusa como faixa bónus ainda. Mariah também gravou uma versão em espanhol para “Hero” batizada de “Heroe”.

Singles:

Quatro singles foram lançados do álbum. Os três primeiros, “Dreamlover”, “Hero” e “Without You”, transformaram-se em número um em todas as paradas musicas de singles do mundo, este último tornando-se o maior singçe em gráficos internacional de sua carreira. “Without You” tornou-se número um primeiro, Carey é única na maioria dos mercados europeus e alcançou os três primeiros nos Estados Unidos. Para promover o Music Box, Carey embarcou em uma turnê curta, mas bem sucedida Music Box, que viajou para as cidades selecionadas da América do Norte. Carey foi nomeada para Melhor Performance Pop Vocal Feminina por “Dreamlover” no Grammy Awards 1994 e recebeu a nomeação para a mesma “Hero” no Grammy Awards 1995, embora ela não tendo ganhado ambas.

 “Anytime You Need a Friend”, single final do album, foi o primeiro single de Mariah fora do 10 nos Estados Unidos, ficando na 12° posição. Porém, ele tornou-se o segundo single de melhor desempenho a nível internacional do álbum, superando ‘Dreamlover’ e ‘Hero’ nos charts Europeus.

Faixas:

1.     “Dreamlover”
2.     “Hero”
3.     “Anytime You Need a Friend”
4.     “Music Box”
5.     “Now That I Know”
6.     “Never Forget You”
7.     “Without You”
8.     “Just to Hold You Once Again”
9.     “I’ve Been Thinking About You”
10.     “All I’ve Ever Wanted”

Bonus Track Japão
No.
11.     “Everything Fades Away”

Bonus Track América Latina
12.     “Héroe”

Singles Lançados:

“Dreamlover”
Lançado: 27 de Julho, 1993
“Hero”

Lançado: 19 de Outubro, 1993
“Without You/Never Forget You”

Lançado: 24 de Janeiro, 1994
“Anytime You Need a Friend”

Lançado: 27 de Maio, 1994

CHART PERFORMANCE

Gráfico (1993) Melhor
posição
Álbuns argentinos (CAPIF) [51] 7
Álbuns australianos (ARIA) [52] 1
Álbuns austríacos (Ö3 Áustria) [53] 1
Álbuns belgas (IFPI Bélgica) [54] 1
Canadian Albums (RPM) [55] 2
Canadian Albums (The Record) [56] 5
Álbuns Dinamarquês (Hitlisten) [57] 1
Álbuns Holandês (Dutch Charts) [58] 1
Álbuns europeus (Top 100) [59] 1
Álbuns finlandeses (Suomen Virallinen Lista) [60] 1
Álbuns franceses (SNEP) [61] 1
Álbuns alemães (Offizielle Top 100) [62] 1
Hong Kong Álbuns (IFPI) [63] 5
Álbuns húngaros (MAHASZ) [64] 4
Álbuns irlandeses (IRMA) [65] 1
Álbuns italianos (Hit Parade Italia) [66] 3
Álbuns japoneses (Oricon) [67] 2
Novos álbuns Zelândia (RMNZ) [68] 2
Álbuns norueguesas (VG-lista) [69] 2
Álbuns Portuguesa (AFP) [70] 1
Álbuns escoceses (OCC) [71] 1
Álbuns África do Sul (RISA) [59] 2
Álbuns Espanha (Promusicae) [72] 2
Álbuns suecas (sverigetopplistan) [73] 3
Álbuns suíços (Schweizer Hitparade) [74] 1
UK Albums (OCC) [75] 1
UK R & B Álbuns (OCC) [76] 1
US Billboard 200 [77] 1
US Top R & B / Hip-Hop Albums (Billboard) [78] 1
Região Certificação Vendas / Shipped
Austrália (ARIA) [107] 12 × platina 860.000 [108]
Áustria (IFPI Áustria) [109] 2 × platina 100.000 x
Brasil (ABPD) [110] Ouro 100.000 *
Canadá (Music Canada) [111] 7 × platina 700.000 ^
Finlândia (Musiikkituottajat) [112] Ouro 473.82 [112]
França (SNEP) [113] Diamante 1.418.000 [30]
Alemanha (BVMI) [114] 2 × platina 1.000.000 ^
Hong Kong (IFPI Hong Kong) Nenhum 80.000 [35]
Japão (RIAJ) [115] Milhão 2.200.000 [34]
Nova Zelândia (RMNZ) [116] 5 × Platinum 75.000 ^
Noruega (IFPI Noruega) [117] Platina 50.000 *
Cingapura Nenhum 110,000 [35]
Coreia do Sul Nenhum 600,000 [35]
Espanha (Promusicae) [118] 4 × platina 400.000 ^
Suécia (GLF) [119] Platina 100.000 ^
Suíça (IFPI Suíça) [120] 4 × platina 200.000 x
Taiwan Nenhum 320.000 [35]
Reino Unido (BPI) [121] 5 × Platinum 1.700.000 ^
Estados Unidos (RIAA) [122] Diamante 7.277.000 = Music Clubs: 10.000.000 [24]

Merry Christmas

MariahcareymerrychristmasLançamento: 1º de novembro de 1994
Formatos: CD, K7 e Vinil
Selo/Gravadora: Columbia Records/Sony Music
Produção: Walter Afanasieff Mariah Carey Loris Holland
Vendas: 15 milhões no mundo (5.600.000 nos EUA /50.000 no Brasil)

O Álbum:

Merry Christmas é o primeiro álbum de natal e quarto álbum de estúdio da cantora norte-americana Mariah Carey, lançado em 1 de Novembro de 1994 pela gravadora Columbia Records. O álbum apresenta duas versões cover de canções populares de Natal, incluindo material original. No álbum, Carey trabalhou com Walter Afanasieff, com quem ela escreveu todas as faixas originais, bem como produziu interpretações de covers. Com o lançamento de Merry Christmas, Carey provou ser uma artista, e não apenas uma cantora de música pop, como muitos falavam. O álbum contém um tema contemporâneo, e conta com “vocais de fundo gospel autênticos e saborosos”.

Singles:

Merry Christmas foi lançado no auge do trecho inicial da carreira da cantora, entre Music Box (1993) e Daydream (1995). O álbum produziu o clássico single de natal mundial, “All I Want for Christmas Is You”, que tornou-se o single natalino mais vendido de todos os tempos, superando a marca de 15 milhões de cópias vendidas mundialmente. A faixa “Joy To The World” também foi trabalhada nas rádios em 1994. Apesar disto, outras faixas ganharam notoriedade nas rádios com o passar dos anos, como “O Holy Night”, “Christmas (Baby Please Come Home)” e “Hark! The Herald Angels Sing” / “Gloria In Excelsis Deo”.

Faixas:

1.     “Silent Night”
2.     “All I Want for Christmas Is You”
3.     “O Holy Night”
4.     “Christmas (Baby Please Come Home)”
5.     “Miss You Most (At Christmas Time)”
6.     “Joy to the World”
7.     “Jesus Born on This Day”
8.     “Santa Claus Is Comin’ to Town”
9.     “Hark! The Herald Angels Sing” / “Gloria In Excelsis Deo”
10.     “Jesus Oh What a Wonderful Child”
11.     “God Rest Ye Merry, Gentlemen”

Singles Lançados:

“All I Want for Christmas Is You”
Lançado: 1 de Novembro, 1994
“Joy to the World”
Lançado: 1 de Dezembro, 1994
“O Holy Night”
Lançada: 1 de Novembro de 1996

CHART PERFORMANCE

Chart (1994–2015) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[28] 2
Austrian Albums (Ö3 Austria)[29] 4
Belgian Albums (IFPI Belgium)[30] 4
Canadian Albums (RPM)[31] 26
Canadian Albums (The Record)[32] 21
Danish Albums (Hitlisten)[33] 4
Dutch Albums (MegaCharts)[34] 4
European Albums (Top 100)[35] 9
French Albums (SNEP)[36] 44
German Albums (Offizielle Top 100)[37] 19
Greek Foreign Albums (IFPI)[38] 37
Hungarian Albums (MAHASZ)[39] 15
Italian Albums (Hit Parade Italia)[40] 3
Japanese Albums (Oricon)[41] 1
New Zealand Albums (RMNZ)[42] 10
Norwegian Albums (VG-lista)[43] 11
Portuguese Albums (AFP)[33] 9
Scottish Albums (OCC)[44] 63
Spanish Albums (PROMUSICAE)[45] 26
Swedish Albums (Sverigetopplistan)[46] 4
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[47] 4
UK Albums (OCC)[48] 32
UK R&B Albums (OCC)[49] 7
US Billboard 200[50] 3
US Top Holiday Albums (Billboard)[51] 1
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[52] 4
US Top Catalog Albums (Billboard)[53] 1
Region Certification Sales/shipments
Australia (ARIA)[62] 5× Platinum 350,000^
Austria (IFPI Austria)[63] Gold 25,000x
Canada (Music Canada)[64] Platinum 200,000[65]
Germany (BVMI)[66] Gold 250,000^
Italy (FIMI)[67] Platinum 100,000*
Japan (RIAJ)[68] 2× Million 2,500,000[17]
Netherlands (NVPI)[69] Platinum 100,000^
New Zealand (RMNZ)[70] 2× Platinum 30,000^
Norway (IFPI Norway)[71] Platinum 50,000*
Switzerland (IFPI Switzerland)[72] Gold 25,000x
United Kingdom (BPI)[73] Gold 100,000^
United States (RIAA)[74] 5× Platinum 5,600,000[4]
Summaries
Europe (IFPI)[75] Platinum 1,000,000*
Worldwide 15,000,000[20]

Daydream

DaydreamLançamento: 26 de Setembro de 1995
Formatos: CD, K7 e Vinil
Selo/Gravadora: Columbia Records/Sony Music
Produção: Mariah Carey, Walter Afanasieff, Dave Hall, Jermaine Dupri, Manuel Seal, David Morales, Babyface
Vendas: 25 milhões no mundo (10.000.000 nos EUA /50.000 no Brasil)

O Álbum:

Daydream é o quinto álbum de estúdio gravado pela cantora e compositora norte-americana Mariah Carey, lançado nos Estados Unidos a 3 de Outubro de 1995 pela editora discográfica Columbia Records como o acompanhamento aos sucessos internacionais Music Box (1993) e Merry Christmas (1994). Todavia, Daydream é ligeiramente diferente dos seus antecessores, tendo em conta que a sua sonoridade inclina-se cada vez mais para os géneros rhythm and blues (R&B) e hip hop e possui menos influências puras de música pop. Ao longo do projecto, Carey colaborou com Walter Afanasieff, com quem compôs e produziu a maior parte dos seus dois álbuns anteriores. Com Daydream, a artista assumiu maior controlo sobre a sua direcção musical, bem como sobre a composição do álbum. A cantora afirmou que considera o álbum como o início da sua transformação musical e vocal, mudança esta que tornou-se ainda mais evidente no seu lançamento posterior, Butterfly (1997). Durante a produção do disco, Carey passou por inúmeras divergências criativas com a sua editora, bem como com o seu marido, Tommy Mottola.

Singles:

Seis singles foram lançados do álbum. O primeiro, “Fantasy”, permaneceu no topo da tabela musical Billboard Hot 100 durante oito semanas, e foi o segundo single mais vendido de 1995 nos EUA. A canção liderou ainda as tabelas musicais da Austrália, Canadá e Nova Zelândia, e tornou-se um êxito em países como a Finlândia, a França e o Reino Unido, onde posicionou-se dentro das cinco melhores posições. “One Sweet Day”, o segundo single, estreou no primeiro posto da Hot 100, tendo permanecido no mesmo por 16 semanas consecutivas, estabelecendo assim o recorde do single com o maior tempo de permanência no número um daquela tabela na história dos EUA, um recorde que é mantido até aos dias de hoje. Ele também liderou as tabelas de mercados como o Canadá e a Nova Zelândia, e posicionou-se entre as cinco melhores posições na Austrália, França, Irlanda e Países Baixos. Conjuntamente, todos os singles de Daydream ocuparam a primeira colocação da Hot 100 por um total de seis meses e duas semanas. A fim de promover Daydream, Carey embarcou na curta, porém, bem-sucedida Daydream World Tour, visitando apenas o Japão e a Europa.

Faixas:

1.     “Fantasy”
2.     “Underneath the Stars”
3.     “One Sweet Day” (with Boyz II Men)
4.     “Open Arms”
5.     “Always Be My Baby”
6.     “I Am Free”
7.     “When I Saw You”
8.     “Long Ago”
9.     “Melt Away”
10.     “Forever”
11.     “Daydream Interlude” (Fantasy Sweet Dub Mix)
12.     “Looking In”

Bonus Track (Japão e América Latina)
13.     “Fantasy (Def Club Mix)”
14.     “El Amor Que Soñé”

Singles Lançados:

“Fantasy”
Lançado: 10 de Setembro, 1995
“One Sweet Day”
Lançado: 14 de Novembro, 1995
“Open Arms”
Lançado: 5 de Dezembro, 1995
“Always Be My Baby”
Lançado: 9 de Março, 1996
“Forever”
Lançado: 10 de Março, 1996
“Underneath the Stars”
Lançado:: 5 de Abril, 1996

CHART PERFORMANCE

Chart (1995) Peak
position
Argetinian Albums (CAPIF)[62] 7
Australian Albums (ARIA)[63] 1
Austrian Albums (Ö3 Austria)[64] 5
Belgian Albums (Ultratop Flanders)[65] 6
Belgian Albums (Ultratop Wallonia)[66] 3
Canadian Albums (RPM)[67] 2
Canadian Albums (The Record)[68] 3
Danish Albums (Hitlisten)[69] 2
Dutch Albums (MegaCharts)[70] 1
European Albums (Top 100)[71] 2
Finnish Albums (Suomen virallinen lista)[72] 12
French Albums (SNEP)[73] 2
German Albums (Offizielle Top 100)[74] 1
Hungarian Albums (MAHASZ)[75] 13
Irish Albums (IRMA)[69] 6
Italian Albums (Hit Parade Italia)[76] 6
Japanese Albums (Oricon)[77] 1
New Zealand Albums (RMNZ)[78] 1
Norwegian Albums (VG-lista)[79] 3
Portuguese Albums (AFP)[80] 1
Scottish Albums (OCC)[81] 6
Spanish Albums (PROMUSICAE)[69] 5
Swedish Albums (Sverigetopplistan)[82] 6
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[83] 1
UK Albums (OCC)[84] 1
UK R&B Albums (OCC)[85] 1
US Billboard 200[86] 1
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[87] 1
Region Certification Sales/shipments
Australia (ARIA)[33] 5× Platinum 350,000^
Austria (IFPI Austria)[112] Gold 25,000x
Canada (Music Canada)[113] 7× Platinum 700,000^
France (SNEP)[114] 2× Platinum 730,400[115]
Germany (BVMI)[116] Platinum 500,000^
Japan (RIAJ)[117] Million 2,202,730[95][106]
Netherlands (NVPI)[118] Platinum 100,000^
New Zealand (RMNZ)[119] 5× Platinum 75,000^
Norway (IFPI Norway)[120] Platinum 50,000*
Poland (ZPAV)[121] Gold 50,000*
Spain (PROMUSICAE)[122] 2× Platinum 200,000^
Switzerland (IFPI Switzerland)[123] Gold 25,000x
United Kingdom (BPI)[124] 2× Platinum 600,000^
United States (RIAA)[125] Diamond 7,657,000 + Music Clubs: 10,000,000[25]
Summaries
Europe (IFPI)[126] 3× Platinum 3,000,000*
Worldwide 25,000,000[39]

Butterfly

McbutterflyLançamento: 16 de Setembro de 1997
Formatos: CD, K7 e Vinil
Selo/Gravadora: Columbia Records/Sony Music
Produção: Mariah Carey, Walter Afanasieff, Puff Daddy, Q-Tip, Stevie J, Trackmasters, Cory Rooney, David Morales
Vendas: 12 milhões no mundo (5.000.000 nos EUA /50.000 no Brasil)

O Álbum:

Butterfly é o sexto álbum de estúdio da cantora e compositora norte-americana Mariah Carey, lançado em 16 de setembro de 1997 pela Columbia Records. O álbum apresenta sons como hip-hop e R&B, assim como algumas melodias mais suaves e mais contemporâneas. Ao longo do projeto, Carey trabalhou com Walter Afanasieff, com quem ela havia escrito e produzido a maioria do material de seus álbuns anteriores. Ela também trabalhou com muitos famosos produtores de hip-hop e rappers, como Sean “Puffy” Combs, Fareed Kamaal, Missy Elliott, Jean Claude Oliver e Samuel Barnes de Trackmasters. Este último produziu a maior parte do álbum. Butterfly desviou o som contemporâneo da obra mais antiga de Carey, e foi saudado como um álbum que define a década de 1990 da música pop e R&B.

Singles:

O álbum teve somente dois singles oficiais nos Estados Unidos, dançante “Honey” (que debutou direto no topo do Hot 100 da Billboard) e a balada “My All”. “Honey” se tornou o sexto compacto da cantora (e terceiro a estrear) em primeiro lugar nesta parada. O álbum também contêm alguns outros compactos que foram lançados promocionalmente nas rádios como “Butterfly” e “Breakdown”. “The Roof” e “Whenever You Call” foram lançados em alguns países selecionados.

Faixas:

1. “Honey”
2. “Butterfly”
3. “My All”
4. “The Roof”
5. “Fourth of July”
6. “Breakdown” (featuring Bone Thugs-n-Harmony)
7. “Babydoll”
8. “Close My Eyes”
9. “Whenever You Call”
10. “Fly Away (Butterfly Reprise)”
11. “The Beautiful Ones” (featuring Dru Hill)
12. “Outside”

Bonus Track
13. “Honey (So So Def Radio Mix)” (featuring Da Brat and JD)
14. “Honey (Def Club Mix)”
15. “Mi Todo” (M. Carey, W. Afanasieff, Manny Benito)  – 3:52

Singles Lançados:

“Honey”
Lançado: 26 de Agosto, 1997
“Butterfly”
Lançado: 1 de Dezembro, 1997
“The Roof (Back in Time)”
Lançado: 20 de Março, 1998
“Breakdown”
Lançado: 24 de Março, 1998
“My All”
Lançado: 21 de Abril, 1998

CHART PERFORMANCE:

Chart (1997) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[44] 1
Austrian Albums (Ö3 Austria)[45] 5
Belgian Albums (Ultratop Flanders)[46] 6
Belgian Albums (Ultratop Wallonia)[47] 2
Canadian Albums (Billboard)[48] 1
Danish Albums (Hitlisten)[49] 13
Dutch Albums (MegaCharts)[50] 1
European Albums (Top 100)[51] 2
Finnish Albums (Suomen virallinen lista)[52] 12
French Albums (SNEP)[53] 6
German Albums (Offizielle Top 100)[54] 7
Hungarian Albums (MAHASZ)[55] 20
Irish Albums (IRMA)[51] 6
Italian Albums (FIMI)[51] 2
Japanese Albums (Oricon)[56] 1
Malaysian Albums (RIM)[51] 4
New Zealand Albums (RMNZ)[57] 4
Norwegian Albums (VG-lista)[58] 5
Scottish Albums (OCC)[59] 10
Spanish Albums (PROMUSICAE)[60] 5
Swedish Albums (Sverigetopplistan)[61] 4
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[62] 3
UK Albums (OCC)[63] 2
UK R&B Albums (OCC)[64] 1
US Billboard 200[65] 1
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[66] 3
Region Certification Sales/shipments
Australia (ARIA)[79] 2× Platinum 140,000^
Belgium (BEA)[80] Gold 25,000*
Canada (Music Canada)[81] 2× Platinum 200,000^
France (SNEP)[82] 2× Gold 292,000[28]
Hong Kong (IFPI Hong Kong)[83] Platinum 20,000*
Japan (RIAJ)[84] Million 1,000,000^
Netherlands (NVPI)[85] Gold 50,000^
New Zealand (RMNZ)[86] Platinum 15,000^
Poland (ZPAV)[87] Gold 50,000*
Spain (PROMUSICAE)[88] Platinum 100,000^
Switzerland (IFPI Switzerland)[89] Gold 25,000x
United Kingdom (BPI)[90] Gold 100,000^
United States (RIAA)[91] 5× Platinum 3,807,000 + 1,900,000 (Music Clubs)[23]
Summaries
Europe (IFPI)[92] Platinum 1,000,000*

#1’s

Mariah_Number_1's

Lançamento: 17 de novembro de 1998
Formatos: CD, K7 e Vinil
Selo/Gravadora: Mariah Carey, Walter Afanasieff, Babyface, Sean Combs, Jermaine Dupri, Dave Hall, C+C Music Factory, Ben Margulies
Vendas: 18 milhões no mundo (5.000.000 nos EUA /150.000 no Brasil)

O Álbum:

#1’s é o primeiro álbum de grandes êxitos da artista musical estadunidense Mariah Carey. O seu lançamento ocorreu em 17 de novembro de 1998, através da Columbia Records. O álbum apresenta todos os então treze singles de Carey que lideraram a Billboard Hot 100, contidos em todos os seus álbuns de estúdios anteriores, Mariah Carey (1990), Emotions (1991), Music Box (1993), Daydream (1995) e Butterfly (1997). Além de seus trabalhos anteriores, incluiu quatro novas canções, “Sweetheart”, “When You Believe”, “I Still Believe” e “Whenever You Call”.

Singles:

“Sweetheart”, o primeiro single extraído do trabalho, conta com a participação de Jermaine Dupri e conquistou um desempenho moderado comercialmente devido ao seu lançamento limitado. O segundo, “When You Believe”, apresenta Whitney Houston e foi incluído na trilha sonora do filme The Prince of Egypt, recebendo um Oscar de Best Original Song. Obteve um bom desempenho comercial, classificando-se entre as dez melhores posições na Bélgica, na França, nos Países Baixos e no Reino Unido. A regravação de “I Still Believe” tornou-se mais famosa que a versão original de Brenda K. Starr, atigindo a 4° posição no Hot 100 da Billboard ( a versão de Brenda ficou somente em 11°) e ficando por semanas em 1° no Hot Singles Sales, a versão de Mariah só não atingiu ao topo da Billboard por falta de apoio nas rádios norte-americanas, a música foi lançada oficialmente nas rádios muito antes do single físico ser lançado. As vendas de #1’s foram muito mais altas do que havia sido planejado pela gravadora. Graças ao seu sucesso comercial e ao seu reconhecimento, a compilação foi creditada por influenciar os lançamentos de álbuns de grandes êxitos de artistas de outras décadas.

Faixas:

1.     “Sweetheart” (with Jermaine Dupri)
2.     “When You Believe” (with Whitney Houston)
3.     “Whenever You Call” (with Brian McKnight)
4.     “My All”
5.     “Honey”
6.     “Always Be My Baby”
7.     “One Sweet Day”
8.     “Fantasy” (Bad Boy Remix featuring Ol’ Dirty Bastard)
9.     “Hero”
10.     “Dreamlover”
11.     “I’ll Be There”
12.     “Emotions”
13.     “I Don’t Wanna Cry”
14.     “Someday”
15.     “Love Takes Time”
16.     “Vision of Love”
17.     “I Still Believe”

Bonus Track:

17.     “Without You”
18.     “Theme from Mahogany (Do You Know Where You’re Going To)”
19.     “All I Want for Christmas Is You”

Singles Lançados:

“Sweetheart”
Lançado: 1998
“When You Believe”
Lançado: 1998
“I Still Believe”
Lançado: 1999
“Theme from Mahogany (Do You Know Where You’re Going To)”

Chart (1998) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[47] 6
Austrian Albums (Ö3 Austria)[48] 6
Belgian Albums (Ultratop Flanders)[49] 11
Belgian Albums (Ultratop Wallonia)[50] 6
Canadian Albums (Billboard)[51] 6
Danish Albums (Hitlisten)[52] 6
Dutch Albums (MegaCharts)[53] 15
European Albums (Top 100)[54] 5
Finnish Albums (Suomen virallinen lista)[55] 9
French Compilations (SNEP)[56] 2
German Albums (Offizielle Top 100)[57] 10
Hungarian Albums (MAHASZ)[58] 15
Irish Albums (IRMA)[59] 10
Italian Albums (FIMI)[60] 6
Japanese Albums (Oricon)[61] 1
Malaysian Albums (RIM)[62] 1
New Zealand Albums (RMNZ)[63] 13
Norwegian Albums (VG-lista)[64] 6
Portuguese Albums (AFP)[65] 10
Scottish Albums (OCC)[66] 26
Spanish Albums (PROMUSICAE)[62] 5
Swedish Albums (Sverigetopplistan)[67] 8
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[68] 3
UK Albums (OCC)[69] 10
UK R&B Albums (OCC)[70] 1
US Billboard 200[71] 4
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[72] 6
Region Certification Sales/shipments
Australia (ARIA)[92] Platinum 70,000^
Belgium (BEA)[93] Platinum 50,000*
Brazil (ABPD)[94] Gold 100,000*
Canada (Music Canada)[95] 3× Platinum 300,000^
France (SNEP)[96] 2× Platinum 732,400[97]
Germany (BVMI)[98] Gold 250,000^
Japan (RIAJ)[99] 3× Million 3,250,000[34]
Netherlands (NVPI)[100] Platinum 100,000^
New Zealand (RMNZ)[101] 2× Platinum 30,000^
Norway (IFPI Norway)[102] Gold 25,000*
Spain (PROMUSICAE)[103] Platinum 100,000^
Sweden (GLF)[104] Platinum 80,000^
Switzerland (IFPI Switzerland)[105] Platinum 50,000x
United Kingdom (BPI)[106] 2× Platinum 900,000^
United States (RIAA)[107] 5× Platinum 3,798,000[38]
Summaries
Europe (IFPI)[108] 2× Platinum 2,000,000*

Rainbow

Mariah_Carey_-_RainbowLançamento: 2 de novembro de 1999
Formatos: CD, K7 e Vinil
Selo/Gravadora: Mariah Carey, Diane Warren, Shawn Carter, Jimmy Jam and Terry Lewis, James Wright, David Foster, Jermaine Dupri, Bryan-Michael Cox, Missy Elliott, DJ Clue, Steve Mac
Vendas: 10 milhões no mundo (3.000.000 nos EUA /250.000 no Brasil)

O Álbum:

Rainbow é o sétimo álbum de estúdio de Mariah Carey. O seu lançamento ocorreu em 2 de novembro de 1999 pela Columbia Records. O álbum seguiu o mesmo padrão do anterior de Carey, Butterlfy (1997), em que ela começou sua transição para o estilo R&B. O disco possui uma mistura de gêneros como o hip hop e o R&B, bem como uma variedade de baladas lentas. No álbum, Carey trabalhou com produtores como David Foster e Diane Warren, que substituiu Walter Afanasieff, principal produtor de baladas que trabalhou com a cantora em seus projetos anteriores. Com a separação de seu então marido Tommy Mottola, Carey teve mais controle no estilo musical do álbum, colaborando com cantores como Jay-Z, Usher e Snoop Dogg.

Singles:

Cinco singles foram lançados do álbum: dois foram lançados internacionalmente, dois foram lançados promocionalmente e um foi lançado no continente europeu. O primeiro, “Heartbreaker”, conta com a participação do rapper Jay-Z e tornou-se o décimo quarto single de Carey a liderar a tabela musical Billboard Hot 100, enquanto liderou as tabelas musicais do Canadá, da Espanha e da Nova Zelândia. O segundo single lançado foi “Thank God I Found You”. Conta com a participação de Joe e 98 Degrees e foi o décimo quinto single de Carey a atingir a primeira posição da tabela Billboard Hot 100. Os dois singles sucessores, “Can’t Take That Away (Mariah’s Theme)” e “Crybaby”, foram laçados como um duplo lado A. Estas duas faixas foram centro de uma disputa pública entre Carey e a Sony, devido a uma alegação de que a Sony não teria promovido estas duas canções como “Heartbreaker” e “Thank God I Found You” (o que estava claro para todos é que a sony queria desacelerar o sucesso da cantora para faze-la voltar ao passado controlador). “Against All Odds (Take a Look at Me Now)” — regravação da original interpretada por Phil Collins —, foi lançada apenas na Europa, liderando as tabelas musicais da Irlanda e do Reino Unido, sendo que no último país citado “Against All Odds (Look at Me Now)” tornou-se o segundo single de Carey a liderar a tabela UK Singles Chart. A artista promoveu Rainbow em sua quarta turnê (sendo sua segunda mundial), intitulada Rainbow World Tour. A turnê passou por países como a Espanha, a França, a Itália e a Singapura.

Faixas:

1.     “Heartbreaker” (featuring Jay-Z)
2.     “Can’t Take That Away (Mariah’s Theme)”
3.     “Bliss”
4.     “How Much” (featuring Usher)
5.     “After Tonight”
6.     “X-Girlfriend”
7.     “Heartbreaker” (featuring Da Brat and Missy Elliott)
8.     “Vulnerability (Interlude)”
9.     “Against All Odds (Take a Look at Me Now)”
10.     “Crybaby” (featuring Snoop Dogg)
11.     “Did I Do That?” (
12.     “Petals”
13.     “Rainbow (Interlude)”
14.     “Thank God I Found You” (featuring Joe and 98 Degrees)

Bonus Track:

15.     “Theme from Mahogany (Do You Know Where You’re Going To)”
16.     “Against All Odds (Take a Look at Me Now)” (featuring Westlife)

Singles Lançados:

“Heartbreaker”
Lançado: 21 de Setembro, 1999
“Thank God I Found You”
Lançado: 1 de Fevereiro, 2000
“Can’t Take That Away (Mariah’s Theme)”
Lançado: 14 de Abril, 2000
“Crybaby”
Lançado: 20 de Julho, 2000
“Against All Odds (Take a Look at Me Now)”
Lançado: 5 de Outubro, 2000

CHART PERFORMANCE

Weekly charts

Chart (1999) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[48] 4
Austrian Albums (Ö3 Austria)[49] 4
Belgian Albums (Ultratop Flanders)[50] 14
Belgian Albums (Ultratop Wallonia)[51] 5
Canadian Albums (Billboard)[52] 2
Dutch Albums (MegaCharts)[53] 4
European Albums (Top 100)[54] 1
Finnish Albums (Suomen virallinen lista)[55] 32
French Albums (SNEP)[56] 1
German Albums (Offizielle Top 100)[57] 3
Hungarian Albums (MAHASZ)[58] 34
Italian Albums (FIMI)[59] 10
Japanese Albums (Oricon)[60] 2
Malaysian Albums (RIM)[61] 3
New Zealand Albums (RMNZ)[62] 11
Norwegian Albums (VG-lista)[63] 11
Scottish Albums (OCC)[64] 55
Spanish Albums (PROMUSICAE)[54] 7
Swedish Albums (Sverigetopplistan)[65] 15
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[66] 2
UK Albums (OCC)[67] 8
UK R&B Albums (OCC)[68] 2
US Billboard 200[69] 2
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[70] 2

Certifications

Region Certification Sales/shipments
Argentina (CAPIF)[87] Gold 30,000x
Australia (ARIA)[88] Gold 35,000^
Belgium (BEA)[89] Gold 25,000*
Brazil (ABPD)[90] Platinum 250,000*
Canada (Music Canada)[91] 2× Platinum 300,000[26]
Europe (IFPI)[102] Platinum 1,000,000*
France (SNEP)[92] Platinum 413,300[93]
Germany (BVMI)[94] Platinum 300,000^
Japan (RIAJ)[95] 4× Platinum 800,000^
Netherlands (NVPI)[96] Gold 50,000^
New Zealand (RMNZ)[97] Platinum 15,000^
Spain (PROMUSICAE)[98] Platinum 100,000^
Switzerland (IFPI Switzerland)[99] Gold 25,000x
United Kingdom (BPI)[100] Gold 100,000^
United States (RIAA)[101] 3× Platinum 2,968,000[24]
Worldwide 10,000,000 (Est. 2004)[26]
Summaries
*sales figures based on certification alone
^shipments figures based on certification alone
xunspecified figures based on certification

Glitter

Glitter_Mariah_Carey
Lançamento: 11 de setembro de 2001
Formatos: CD, download digital, disco de vinil
Selo/Gravadora: Mariah Carey (executiva), Jimmy Jam, Terry Lewis (também executivos), James “Big Jim” Wright, DJ Clue, Duro, Clark Kent, Damizza, Rick James, Walter Afanasieff, Rodney Jerkins
Vendas: 3,5 milhões no mundo (1.000.000 nos EUA /50.000 no Brasil)

O Álbum:

Glitter é a trilha sonora do filme de mesmo nome e o oitavo álbum de estúdio da cantora norte-americana Mariah Carey, lançado em 11 de setembro de 2001 pela Virgin Records. O álbum se mostra diferente de qualquer trabalho anterior da cantora, concentrando-se fortemente na recriação da música disco dos anos 80 para igualar-se ao tema do filme, ambientado em 1982. Através de regravações e amostras de várias melodias de canções mais antigas, Carey fez de Glitter um álbum que iria ajudar os telespectadores a se conectarem com o filme. A artista trabalhou novamente com Jimmy Jam, Terry Lewis e DJ Clue, com quem produziu a maior parte do álbum.

Singles:

Quatro singles foram lançados; “Loverboy” foi o primeiro, e logo depois de seu lançamento, estreou em fracas posições em paradas musicais. Embora tendo alcançado o número dois na Billboard Hot 100 após a redução de seu preço, “Loverboy” não teve audiência suficiente nas estações de rádios para continuar nas dez primeiras posições desta parada. Internacionalmente, a canção ficou fora das vinte primeiras colocações de paradas musicais. “Never Too Far”, o segundo lançamento do álbum, não obteve sucesso nas tabelas dos Estados Unidos, e obteve posições fracas em toda a Europa e Ásia. Os singles posteriores, “Don’t Stop (Funkin’ 4 Jamaica)” e “Reflections (Care Enough)”, este último lançado apenas no Japão.

Faixas

1.     “Loverboy” (featuring Da Brat and Ludacris)
2.     “Lead the Way”
3.     “If We” (featuring Ja Rule and Nate Dogg)
4.     “Didn’t Mean to Turn You On”
5.     “Don’t Stop (Funkin’ 4 Jamaica)” (featuring Mystikal)
6.     “All My Life”
7.     “Reflections (Care Enough)”
8.     “Last Night a DJ Saved My Life” (featuring Busta Rhymes, Fabolous and DJ Clue)
9.     “Want You” (featuring Eric Benét)
10.     “Never Too Far”
11.     “Twister”
12.     “Loverboy” (featuring Cameo)

Singles Lançados:

“Loverboy”
Lançado: 16 de Julho, 2001
“Never Too Far”
Lançado: 11 de Setembro 2001
“Don’t Stop (Funkin’ 4 Jamaica)”
Lançado: 10 de Dezembro, 2001
“Reflections (Care Enough)”
Lançado: Dezembro 2001 (Somente no Japão)

CHART PERFORMANCE

Chart (2001) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[68] 13
Austrian Albums (Ö3 Austria)[69] 14
Belgian Albums (Ultratop Flanders)[70] 10
Belgian Albums (Ultratop Wallonia)[71] 11
Canadian Albums (Billboard)[72] 4
Danish Albums (Hitlisten)[73] 12
Dutch Albums (MegaCharts)[74] 12
European Albums (Top 100)[75] 5
French Albums (SNEP)[76] 5
German Albums (Offizielle Top 100)[77] 7
Hungarian Albums (MAHASZ)[78] 37
Irish Albums (IRMA)[79] 28
Italian Albums (FIMI)[80] 5
Japanese Albums (Oricon)[81] 1
Malaysian Albums (RIM)[75] 6
New Zealand Albums (RMNZ)[82] 11
Norwegian Albums (VG-lista)[83] 11
Polish Albums (ZPAV)[84] 23
Scottish Albums (OCC)[85] 39
Spanish Albums (PROMUSICAE)[75] 3
Swedish Albums (Sverigetopplistan)[86] 30
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[87] 10
UK Albums (OCC)[88] 10
UK R&B Albums (OCC)[89] 1
US Billboard 200[90] 7
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[91] 6
US Top Soundtrack Albums (Billboard)[92] 1
Region Certification Sales/shipments
France (SNEP)[96] Gold 121,900[97]
Japan (RIAJ)[98] Platinum 450,000[57]
Spain (PROMUSICAE)[99] Gold 50,000^
Switzerland (IFPI Switzerland)[100] Gold 20,000x
United Kingdom 55,080[56]
United States (RIAA)[101] Platinum 652,000[43]

Greatest Hits

Capa_de_Greatest_Hits_(Mariah_Carey)Lançamento: 4 de dezembro de 2001
Formatos: CD, download digital, disco de vinil
Selo/Gravadora: Mariah Carey (executiva), Jimmy Jam, Terry Lewis (também executivos), James “Big Jim” Wright, DJ Clue, Duro, Clark Kent, Damizza, Rick James, Walter Afanasieff, Rodney Jerkins
Vendas: 4 milhões no mundo (1.000.000 nos EUA /125.000 no Brasil)

O Álbum:

Greatest Hits (em português, Os Maiores Sucessos) é o décimo primeiro álbum da cantora e compositora Mariah Carey. Seu lançamento nos Estados Unidos foi em 4 de dezembro de 2001, e em dias posteriores do mesmo mês no resto do mundo.

Este disco duplo é a segunda coletânea lançada por Mariah Carey, sendo o álbum #1’s (1998) o primeiro do gênero. Greatest Hits compreende em ordem cronológica os 10 anos iniciais da carreira da cantora. No primeiro CD encontram-se os singles lançados entre 1990 e 1995, e no segundo CD, os singles divulgados entre 1996 e 2000.

Histórico:

Em 2001, Mariah Carey deixou a gravadora Columbia Records e assinou contrato com a Virgin Records. Por razões contratuais, a cantora ainda precisava lançar mais um trabalho sob o selo da Columbia, e a gravadora tinha como única opção publicar uma nova coletânea.

Greatest Hits chegou às lojas mundiais em fins de 2001, com bem pouco controle criativo por parte de Mariah Carey. Diferentemente de #1’s, nenhum comentário pessoal da artista foi escrito para o encarte.

Em uma entrevista concedida à MTV Brasil em dezembro de 2001, alguns dias depois do lançamento do álbum duplo, Mariah Carey afirmou que Greatest Hits não abrange toda a sua carreira. “Há muitas músicas que foram grandes sucessos”, declarou Carey, “mas muitas das músicas de meus discos que não são tão conhecidas, e que justamente são algumas das minhas favoritas, não saíram na coletânea, mesmo sendo um álbum duplo”.

Faixas:

  CD 1

“Vision of Love”
“Love Takes Time”
“Someday”
“I Don’t Wanna Cry”
“Emotions”
“Can’t Let Go”
“Make It Happen”
“I’ll Be There” (featuring Trey Lorenz)
“Dreamlover”
“Hero”
“Without You”
“Anytime You Need a Friend”
“Endless Love” (with Luther Vandross)
“Fantasy”
“Open Arms”
“Music Box”
“All I Want for Christmas Is You”

    CD 2

“One Sweet Day” (with Boyz II Men)
“Always Be My Baby”
“Forever”
“Underneath the Stars”
“Honey”
“Butterfly”
“My All”
“Sweetheart” (with Jermaine Dupri)
“When You Believe” (with Whitney Houston)
“I Still Believe”
“Heartbreaker” (featuring Jay-Z)
“Thank God I Found You” (featuring Joe and 98 Degrees)
“Can’t Take That Away (Mariah’s Theme)”
“Against All Odds (Take a Look at Me Now)” (with Westlife) – 3:21 Non-U.S. bonus track
“All I Want for Christmas Is You” (So So Def Remix featuring Bow Wow and Jermaine Dupri)
“Never Too Far/Hero Medley”

CHART PERFORMANCE:

Chart (2001–06) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[5] 47
Austrian Albums (Ö3 Austria)[6] 40
Belgian Albums (Ultratop Flanders)[7] 45
Belgian Albums (Ultratop Wallonia)[8] 31
Canadian Albums (Billboard)[9] 27
Danish Albums (Hitlisten)[10] 10
Dutch Albums (MegaCharts)[11] 37
European Albums (Top 100)[12] 32
French Compilations (SNEP)[13] 3
German Albums (Offizielle Top 100)[14] 36
Irish Albums (IRMA)[15] 34
Italian Albums (FIMI)[16] 25
Japanese Albums (Oricon)[17] 3
New Zealand Albums (RMNZ)[18] 11
Scottish Albums (OCC)[19] 20
Swedish Albums (Sverigetopplistan)[20] 28
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[21] 17
UK Albums (OCC)[22] 7
UK R&B Albums (OCC)[23] 1
US Billboard 200[24] 52
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[25] 36
Region Certification Sales/shipments
Australia (ARIA)[28] 2× Platinum 140,000^
Brazil (ABPD)[29] Platinum 125,000*
France (SNEP)[30] Gold 137,600[31]
Hong Kong (IFPI Hong Kong)[32] Gold 10,000*
Ireland (IRMA)[33] Platinum 15,000x
Japan (RIAJ)[34] Platinum 217,890[26]
New Zealand (RMNZ)[35] Platinum 15,000^
United Kingdom (BPI)[36] 2× Platinum 600,000^
United States (RIAA)[37] Platinum 1,167,000[4]

Charmbracelet

Mariah_Carey_-_CharmbraceletLançamento: 3 de dezembro de 2002
Formatos: CD, download digital, disco de vinil
Selo/Gravadora: Island Def Jam, Monarc
Produção: Mariah Carey (também executiva), Lyor Cohen (executivo), Jimmy Jam and Terry Lewis, Just Blaze, Randy Jackson, Jermaine Dupri, Damizza, Dre & Vidal
Vendas: 4 milhões no mundo (1.000.000 nos EUA /50.000 no Brasil)

O Álbum:

Charmbracelet é o nono álbum de estúdio da cantora americana Mariah Carey, lançado em 3 de dezembro de 2002 pela Island Records e MonarC Entertainment. O álbum foi seu primeiro lançamento após ter enfrentado um colapso nervoso em 2001. Charmbracelet é um dos álbuns mais pessoais de Carey ao lado de Butterfly. e foi projetado para recuperar o público de Carey. Ao longo do projeto, ela colaborou com muitos compositores e produtores com os quais já havia trabalhado antes, como Jermaine Dupri, a dupla Jimmy Jam e Terry Lewis, além novos parceiros, sendo estes músicos como 7 Aurelius e Dre & Vidal.

Singles:

Três singles foram lançados para promover o álbum; o primeiro, “Through the Rain” se tornou o maior sucesso entre os três, alcançando o top dez no Canadá, Suíça, Suécia e Itália e Reino Unido. Nos Estados Unidos, ele aingiu a primeiras posições no Hot Dance Club Play, mas parou atingiu a posição 81 na Billboard Hot 100. Os outros dois, “Boy (I Need You)” e “Bringin’ on the Heartbreak”, não conseguiram igualar os picos internacionais do primeiro single.

Faixas:

1.     “Through the Rain”
2.     “Boy (I Need You)” (featuring Cam’ron)     5:09
3.     “The One”
4.     “Yours”
5.     “You Got Me” (featuring Jay-Z & Freeway)
6.     “I Only Wanted”
7.     “Clown”
8.     “My Saving Grace”
10.     “Lullaby”
11.     “Irresistible (West Side Connection)”
12.     “Subtle Invitation”
13.     “Bringin’ on the Heartbreak”
14.     “Sunflowers for Alfred Roy”
15.     “Through the Rain (Remix)” (featuring Kelly Price & Joe)

Bonus tracks
16. “Miss You” (featuring Jadakiss)
17. “I Know What You Want” (with Busta Rhymes featuring the Flipmode Squad)

Special tour edition bonus disc

1. “There Goes My Heart” – 4:11
2. “I Know What You Want” (with Busta Rhymes featuring the Flipmode Squad)
3. “Got a Thing 4 You” (with Da Brat featuring Elephant Man)
4. “The One” (So So Def Remix) (featuring Bone Crusher)
5. “Through the Rain” (video)
6. “Boy (I Need You)” (video)

Singles Lançados:

“Through the Rain”
Lançado: 17 de Outubro, 2002
“Boy (I Need You)”
Lançado: 23 de Março, 2003
“Bringin’ on the Heartbreak”
Lançado: 25 de Novembro, 2003
“I Know What You Want”
Lançado: 13 de Maio, 2003

Chart (2002) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[136] 42
Austrian Albums (Ö3 Austria)[137] 34
Belgian Albums (Ultratop Flanders)[138] 48
Belgian Albums (Ultratop Wallonia)[139] 28
Canadian Albums (Billboard)[140] 30
Dutch Albums (MegaCharts)[141] 30
European Albums (Top 100)[142] 23
French Albums (SNEP)[143] 12
German Albums (Offizielle Top 100)[144] 32
Italian Albums (FIMI)[145] 22
Japanese Albums (Oricon)[146] 4
Scottish Albums (OCC)[147] 87
Spanish Albums (PROMUSICAE)[148] 24
Swedish Albums (Sverigetopplistan)[149] 50
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[150] 9
UK Albums (OCC)[151] 52
UK R&B Albums (OCC)[152] 16
US Billboard 200[153] 3
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[154] 2
Region Certification Sales/shipments
Brazil (ABPD)[158] Gold 50,000*
Canada (Music Canada)[159] Gold 100,000^
France (SNEP)[160] Gold 200,600
Hong Kong (IFPI Hong Kong)[162] Gold 10,000*
Japan (RIAJ)[86] Platinum 450,000
Spain (PROMUSICAE)[163] Gold 50,000^
Switzerland (IFPI Switzerland)[164] Gold 20,000x
United Kingdom (BPI)[165] Gold 150,010
United States (RIAA)[167] Platinum 1,200,000

The Remixes

The_Remixes_Mariah_Carey
Lançamento: 14 de Outubro de 2003
Formatos: CD, download digital, disco de vinil
Selo/Gravadora: Columbia, Island, Virgin
Produção: Mariah Carey, David Morales, Junior Vasquez, Hex Hector, David Cole, Robert Clivillés, Jermaine Dupri, Bryan-Michael Cox, DJ Clue, Duro, Sean Combs, Stevie J, Damizza, Clark Kent, Rick Rock
Vendas: 1 milhão no mundo (300.000 nos EUA /50.000 no Brasil)

O Álbum:

The Remixes é o décimo terceiro álbum da cantora norte-americana Mariah Carey. Consiste em uma coletânea de versões remixadas dos maiores sucessos da cantora. Este álbum foi lançado primeiramente no Japão, em julho de 2003, e só no mês de outubro do mesmo ano foi lançado nos demais países.

The Remixes é um CD duplo. O primeiro disco contém músicas remixadas no gênero dance; o segundo disco contém versões em estilo R&B/Hip-Hop.

Singles:

Para a promoção do álbum, um medley com algumas dos remixes mais famosas do disco 01 foi elaborado para tocar em clubes, conhecido como “U Like This (Megamix)” (em algumas versões somente “Megamix”). A canção alcançou a posição 38ª na lista de músicas dance mais solicitadas da revista Billboard. Este megamix contêm cinco canções anteriormente lançadas pela cantora e produzidas por David Morales. Por ser um megamix promocional, este não foi incluso no álbum The Remixes, cópias do compacto promocional são consideradas raras.

Faixas:

CD 1 (House mixes)

“My All” (Morales “My” Club Mix)
“Heartbreaker/If You Should Ever Be Lonely” (Junior’s Heartbreaker Club Mix)
“Fly Away (Butterfly Reprise)” (Fly Away Club Mix)
“Anytime You Need a Friend” (C+C Club Version)
“Fantasy” (Def Club Mix)
“Honey” (Classic Mix)
“Dreamlover” (Def Club Mix)
“Emotions” (12″ Club Mix)
“Through the Rain” (HQ2 Radio Edit)

    CD 2 (Hip hop mixes)

“Fantasy” (Bad Boy Remix) featuring Ol’ Dirty Bastard
“Always Be My Baby” (Mr. Dupri Mix) featuring Da Brat and Xscape
“My All/Stay Awhile” (So So Def Remix) featuring Lord Tariq and Peter Gunz
“Thank God I Found You” (Make It Last Remix) featuring Joe and Nas
“Breakdown” featuring Krayzie Bone and Wish Bone
“Honey” (So So Def Remix) featuring Da Brat and Jermaine Dupri
“Loverboy” (Remix) featuring Da Brat, Ludacris, Shawnna and Twenty II
“Heartbreaker” (Remix) featuring Da Brat and Missy Elliott
“Sweetheart” featuring Jermaine Dupri
“Crybaby” featuring Snoop Dogg
“Miss You” featuring Jadakiss
“The One” (So So Def Remix) featuring Bone Crusher
“I Know What You Want” (Radio Version) featuring Busta Rhymes and Flipmode Squad
“All I Want for Christmas Is You” (So So Def Remix) featuring Bow Wow and Jermaine Dupri

Singles Lançados:

U Like This (Megamix)

CHART PERFORMANCE:

Chart (2003) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[5] 78
Dutch Albums (MegaCharts)[6] 99
French Albums (SNEP)[7] 60
French Compilations (SNEP)[8] 30
Italian Albums (FIMI)[9] 72
Japanese Albums (Oricon)[10] 95
New Zealand Albums (RMNZ)[11] 36
Scottish Albums (OCC)[12] 79
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[13] 69
UK Albums (OCC)[14] 35
US Billboard 200[15] 26
US Dance/Electronic Albums (Billboard)[16] 1
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[17] 25

The Emancipation Of Mimi

Mariah_Carey_-_The_Emancipation_of_MimiLançamento: 12 de Abril de 2005
Formatos: CD, download digital, disco de vinil
Selo/Gravadora: The Island Def Jam Music Group
Produção: Mariah Carey (exec.), Antonio “L.A.” Reid,Mark Sudack (exec.), Jermaine Dupri,Manuel Seal, Bryan-Michael Cox, Swizz Beatz, LRoc, James “Big Jim” Wright,The Neptunes, Kanye West, James Poyser, Darkchild
Vendas: 12 milhões no mundo (6,080,000 nos EUA /50.000 no Brasil)

O Álbum:

The Emancipation of Mimi é o décimo álbum de estúdio da artista musical estadunidense Mariah Carey. O seu lançamento ocorreu em 30 de março de 2005, através da The Island Def Jam Music Group. Com a recepção tímida de seus álbuns anteriores Glitter (2001) e Charmbracelet (2002), The Emancipation of Mimi foi considerado um álbum de “retorno” de Carey e tornou-se o seu lançamento com maior número de vendas nos Estados Unidos em uma década. Na gravação do álbum, a cantora trabalhou com diversos produtores, incluindo Snoop Dogg, Twista, Nelly, Pharrell Williams e James “Big Jim” Wright. Muitos deles aparecem como participação especial em algumas faixas.

Singles:

Foram lançados sete singles do álbum, alguns dos quais obtiveram êxito internacional. O primeiro, “It’s Like That”, tornou-se o single mais famoso de Carey em anos, listando-se entre as vinte canções mais executadas em diversos mercados. “We Belong Together” tornou-se uma das faixas mais conhecidas da artista, liderando a Billboard Hot 100 por 14 semanas não-consecutivas, tornando-se o single mais famoso da década de 2000 nos Estados Unidos. “Don’t Forget About Us” também atingiu a liderança da tabela, sendo o décimo sétimo single de Carey a atingir tal feito. Outros singles lançados foram “Shake It Off”, “Get Your Number”, “Fly Like a Bird” e “Say Somethin'”, sendo que a primeira citada alcançou o segundo posto na Billboard Hot 100. Como forma de divulgação do material, a artista se apresentou nos Grammy Awards de 2006, American Music Awards de 2005, MTV Movie Awards de 2005 e MTV Video Music Awards de 2005, bem como em programas televisivos. Adicionalmente, ela embarcou em sua sexta turnê, The Adventures of Mimi.

Faixas:

1.     “It’s Like That”
2.     “We Belong Together”
3.     “Shake It Off”
4.     “Mine Again”
5.     “Say Somethin'” (featuring Snoop Dogg)
6.     “Stay the Night”
7.     “Get Your Number” (featuring Jermaine Dupri)
8.     “One and Only” (featuring Twista)
10.     “Your Girl”
11.     “I Wish You Knew”
12.     “To the Floor” (featuring Nelly)
13.     “Joy Ride”
14.     “Fly Like a Bird”

Bonus Track
“Sprung”
“Secret Love”

Ultra Platinum Edition Bonus Tracks
“Don’t Forget About Us”
“Makin’ It Last All Night (What It Do)” (featuring Jermaine Dupri)
“So Lonely (One & Only Part II)” (featuring Twista)
“We Belong Together (Remix)” (featuring Jadakiss and Styles P)

Ultra Platinum Edition Bonus DVD

1. “It’s Like That” (video)
2. “We Belong Together” (video)
3. “Shake It Off” (video)
4. “Get Your Number” (video)
5. “Don’t Forget About us” (video)

Singles Lançados:

“It’s like That”
Lançado: 25 de Janeiro, 2005
“We Belong Together”
Lançado: 29 de Março, 2005
“Shake It Off”
Lançado: 25 de Julho, 2005
“Get Your Number”
Lançado: 3 de Outubro, 2005
“Don’t Forget About Us”
Lançado: 12 de Dezembro, 2005
“Say Somethin'”
Lançado: 3 de Março 2006
“Fly Like a Bird”
Lançado: 3 de Abril, 2006

CHART PERFORMANCE:

Chart (2005) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[141] 6
Austrian Albums (Ö3 Austria)[142] 19
Belgian Albums (Ultratop Flanders)[143] 31
Belgian Albums (Ultratop Wallonia)[144] 26
Canadian Albums (Billboard)[145] 2
Danish Albums (Hitlisten)[146] 2
Dutch Albums (MegaCharts)[147] 8
European Albums (Top 100)[148] 4
French Albums (SNEP)[149] 4
German Albums (Offizielle Top 100)[150] 14
Greek International Albums (IFPI)[151] 2
Irish Albums (IRMA)[152] 18
Italian Albums (FIMI)[153] 15
Japanese Albums (Oricon)[154] 2
New Zealand Albums (RMNZ)[155] 12
Polish Albums (ZPAV)[156] 22
Portuguese Albums (AFP)[157] 25
Scottish Albums (OCC)[158] 31
Spanish Albums (PROMUSICAE)[159] 15
Swedish Albums (Sverigetopplistan)[160] 32
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[161] 9
UK Albums (OCC)[162] 7
UK R&B Albums (OCC)[163] 2
US Billboard 200[164] 1
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[165] 1
Region Certification Sales/shipments
Australia (ARIA)[181] Platinum 70,000^
Brazil (ABPD)[182] Gold 50,000*
Canada (Music Canada)[183] 3× Platinum 300,000^
Europe (IFPI)[192] Platinum 1,000,000*
France (SNEP)[184] Gold 200,200[185]
Hong Kong (IFPI Hong Kong)[186] Gold 10,000*
Japan (RIAJ)[187] Platinum 259,275[171]
New Zealand (RMNZ)[188] Platinum 15,000^
United Kingdom (BPI)[189] 2× Platinum 621,352[114]
United States (RIAA)[190] 6× Platinum 6,080,000[191]
Worldwide 12,000,000[124]

E=MC²

Mariahcarey_e=mc2Lançamento: 4 de abril de 2008
Formatos: CD, download digital, disco de vinil
Selo/Gravadora: The Island Def Jam Music Group
Produção: Mariah Carey, Bryan-Michael Cox, Danja, Jermaine Dupri, James Poyser, Swizz Beatz, Terius “The-Dream” Nash, Christopher “Tricky” Stewart, Scott Storch, Stargate
Vendas: 3,5 milhões no mundo (1,500,000 nos EUA /50.000 no Brasil)

O Álbum:

E=MC² é o décimo primeiro álbum de estúdio da cantora norte-americana Mariah Carey. O álbum foi lançado em 16 de Abril de 2008 nos Estados Unidos. Estreou na primeira posição da lista americana de mais vendidos, Billboard 200, com 463 mil cópias; sendo a maior vendagem na semana de estreia da carreira de Mariah e tornou-se o sexto álbum a conseguir a primeira posição na lista.

Singles:

O primeiro compacto do álbum, “Touch My Body”, alcançou a primeira posição nos Estados Unidos, superando Elvis Presley pelo maior número de compactos a alcançar a primeira posição. Outros compactos como “Bye Bye”, “I’ll Be Lovin’ U Long Time” e “I Stay in Love” fizeram sucesso moderado.

Faixas:

1.     “Migrate” (featuring T-Pain)
2.     “Touch My Body”
3.     “Cruise Control” (featuring Damian Marley)
4.     “I Stay in Love”
5.     “Side Effects” (featuring Young Jeezy)
6.     “I’m That Chick”
7.     “Love Story”
8.     “I’ll Be Lovin’ U Long Time”
9.     “Last Kiss”
10.     “Thanx 4 Nothin'”
11.     “O.O.C.”
12.     “For the Record”
13.     “Bye Bye”
14.     “I Wish You Well”

Bonus tracks
“Heat”
“4real4real” (featuring Da Brat)

Singles Lançados:

“Touch My Body”
Lançado: 12 de Fevereiro, 2008
“Bye Bye”
Lançado: 7 de Abril, 2008
“I’ll Be Lovin’ U Long Time”
Lançado: 1 de Julho, 2008
“I Stay in Love”
Lançamento: 28 de Outubro, 2008

CHART PERFORMANCE:

Chart (2008) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[143] 2
Austrian Albums (Ö3 Austria)[144] 8
Belgian Albums (Ultratop Flanders)[145] 17
Belgian Albums (Ultratop Wallonia)[146] 25
Canadian Albums (Billboard)[147] 1
Czech Albums (ČNS IFPI)[148] 39
Danish Albums (Hitlisten)[149] 18
Dutch Albums (MegaCharts)[150] 11
European Albums (Top 100)[151] 3
French Albums (SNEP)[152] 6
German Albums (Offizielle Top 100)[153] 7
Greek International Albums (IFPI)[154] 2
Irish Albums (IRMA)[155] 7
Italian Albums (FIMI)[156] 9
Japanese Albums (Oricon)[157] 7
Mexican Albums (AMPROFON)[158] 43
New Zealand Albums (Recorded Music NZ)[159] 10
Norwegian Albums (VG-lista)[160] 20
Polish Albums (ZPAV)[161] 33
Portuguese Albums (AFP)[162] 15
Scottish Albums (OCC)[163] 9
Spanish Albums (PROMUSICAE)[164] 16
Swedish Albums (Sverigetopplistan)[165] 22
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[166] 5
UK Albums (OCC)[167] 3
UK R&B Albums (OCC)[168] 1
US Billboard 200[169] 1
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[170] 1
Region Certification Sales/shipments
Australia (ARIA)[176] Gold 35,000^
Brazil (ABPD)[177] Gold 30,000*
Canada (Music Canada)[178] Platinum 80,000^
France (SNEP) None 32,800[179]
Japan (RIAJ)[180] Gold 246,293[173]
Russia (NFPF)[181] Gold 10,000*
United Kingdom (BPI)[182] Gold 136,986[183]
United States (RIAA)[184] Platinum 1,389,000[185]
Summaries
Worldwide 3,500,000[186]

The Ballads

220px-The_Ballads_(Mariah_Carey_album)Lançamento: 17 de Outubro de 2008 – Reino Unido / 22 de Janeiro de 2009 – Estados Unidos
Formatos: CD, download digital, disco de vinil
Selo/Gravadora: Sony BMG, Som Livre
Produção: Mariah Carey, Walter Afanasieff, Jermaine Dupri, Manuel Seal, Rhett Lawrence, Jimmy Jam and Terry Lewis, Dave Hall, DJ Clue, Trackmasters, Stevie J, Mike Mason, Steve Mac
Vendas: 1 milhão no mundo (200,000 nos EUA /50.000 no Brasil)

O Álbum:

The Ballads é uma coletânea da cantora Mariah Carey. O álbum apresenta algumas das baladas de maior sucesso da carreira da cantora, principalmente durante seu tempo na Columbia Records. Foi lançado internacionalmente no final de 2008 e na América do Norte em janeiro de 2009.

Singles:

O compacto de 1993, “Hero,” foi regravado e relançado para promover a coletânea The Ballads. O vídeo mostra Mariah Carey andando em um estúdio com seu cachorro e cantando a canção. Às vezes mostra cenas da cidade de Nova Iorque durante à noite. A regravação não foi inclusa em nenhuma edição do álbum.

Faixas:

“Hero”
“Vision of Love”
“Without You”
“Always Be My Baby”
“My All”
“How Much” (feat. Usher)
“Dreamlover”
“Thank God I Found You” (Make It Last Remix feat. Joe and Nas)
“The Roof (Back in Time)”
“One Sweet Day” (feat. Boyz II Men)
“Anytime You Need a Friend”
“I’ll Be There” (feat. Trey Lorenz)
“I Still Believe”
“Reflections (Care Enough)”
“Open Arms”
“Against All Odds (Take a Look at Me Now)” (feat. Westlife)
“Endless Love” (feat. Luther Vandross)
“All I Want for Christmas Is You”
“Can’t Take That Away (Mariah’s Theme)”
“Butterfly”
“Love Takes Time”
“Can’t Let Go”
“Never Too Far”
“When You Believe” (with Whitney Houston)
“The Roof” (Mobb Deep Extended Version)
Always Be My Baby” (Mr. Dupri Mix feat. Da Brat and Xscape)

Singles Lançados:

“Hero” 2009

Chart (2008–09) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[13] 79
Danish Albums (Hitlisten)[14] 25
Dutch Albums (MegaCharts)[15] 5
European Albums (Top 100)[16] 42
French Compilations (SNEP)[17] 39
Irish Albums (IRMA)[18] 8
Italian Albums (FIMI)[19] 56
Japanese Albums (Oricon)[20] 19
New Zealand Albums (RMNZ)[21] 19
Scottish Albums (OCC)[22] 16
Swedish Albums (Sverigetopplistan)[23] 22
UK Albums (OCC)[24] 13
UK R&B Albums (OCC)[25] 1
US Billboard 200[26] 10
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[27] 7
Region Certification Sales/shipments
Ireland (IRMA)[29] Gold 7,500x
United Kingdom (BPI)[30] Gold 260,000^
United States (RIAA) None 200,000[12]

Memoirs of an Imperfect Angel

Mariahcarey_memoirsofanimperfectangelLançamento: 28 de setembro de 2009
Formatos: CD, download digital, disco de vinil
Selo/Gravadora: Island Records
Produção: Mariah Carey (exec.) L.A. Reid (exec.) James “Big Jim” Wright Heatmyzer Randy Jackson Los Da Mystro Christopher “Tricky” Stewart Terius “The-Dream” Nash

Vendas: 2 milhões no mundo (560,000 nos EUA /30.000 no Brasil)

O Álbum:

Memoirs of an Imperfect Angel é o décimo-segundo álbum de estúdio da cantora americana Mariah Carey, lançado em 25 de Setembro de 2009 pela Island Records. Carey começou a gravação do álbum em Janeiro de 2009, período que se estendeu por sete meses. Ao longo da produção e escrita do projeto, Carey trabalhou com The-Dream, Christopher “Tricky” Stewart e Randy Jackson, e compôs e produziu canções que logo depois foram descartadas junto com Jermaine Dupri e Timbaland. Memoirs of an Imperfect Angel é o primeiro álbum que não conteve participações de rappers desde Daydream (1995), e sendo tão profundo quanto Charmbracelet (2002).

Singles:

Três canções do álbum foram lançadas como singles. “Obsessed”, a primeira delas, atingiu a sétima posição na Billboard Hot 100, tendo estreado na décima-terceira posição, sua maior entrada desde Maio de 1998. O segundo single a partir do álbum, “I Want to Know What Love Is”, atingiu a posição sessenta nos Estados Unidos, e “H.A.T.E.U.”, o último single do álbum, foi a quinquagésima canção de Carey a entrar na Billboard Hot R&B/Hip-Hop Songs. “Up Out My Face” com a participação de Nicki Minaj, serviu de um dos dois primeiros singles de Angels Advocate. Foi lançada em 26 de Janeiro de 2010 através do Vevo Atingiu a posição 152 na Coréia, 100° na Billboard Hot 100 e a posição 39 na Billboard Hot R&B/Hip Hop Songs. “Angels Cry”, com a participação de Ne-Yo, foi lançada em 22 de Fevereiro de 2010. Atingiu a trigésima posição na Billboard Hot Adult Contemporary Songs, e assim esta foi a segunda vez que Carey obteve duas canções do mesmo álbum a entrar nesta parada (sendo “I Want to Know What Love Is” a outra canção).

Faixas

1.     “Betcha Gon’ Know (The Prologue)”
2.     “Obsessed”
3.     “H.A.T.E.U.”
4.     “Candy Bling”
5.     “Ribbon”
6.     “Inseparable”
7.     “Standing O”
8.     “It’s a Wrap”
9.     “Up Out My Face”
10.     “Up Out My Face (The Reprise)”
11.     “More Than Just Friends”
12.     “The Impossible”
13.     “The Impossible (The Reprise)”
14.     “Angel (The Prelude)”
15.     “Angels Cry”
16.     “Languishing (The Interlude)”
17.     “I Want to Know What Love Is”

Singles Lançados:

“Obsessed”
Lançado: 6 de Julho, 2009
“I Want to Know What Love Is”
Lançado: 15 de Setembro, 2009
“H.A.T.E.U.”
Lançado: 2 de Novembro, 2009
“Up Out My Face”
Lançado: 16 de Fevereiro, 2010
“Angels Cry”
Lançado: 23 de Fevereiro, 2010

Chart (2009) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[91] 6
Austrian Albums (Ö3 Austria)[92] 39
Belgian Albums (Ultratop Flanders)[93] 44
Belgian Albums (Ultratop Wallonia)[94] 24
Canadian Albums (Billboard)[95] 5
Czech Albums (ČNS IFPI)[96] 27
Danish Albums (Hitlisten)[97] 5
Dutch Albums (MegaCharts)[98] 26
European Albums (Top 100)[99] 21
French Albums (SNEP)[100] 10
German Albums (Offizielle Top 100)[101] 27
Hungarian Albums (MAHASZ)[102] 32
Italian Albums (FIMI)[103] 17
Japanese Albums (Oricon)[104] 9
Mexican Albums (AMPROFON)[105] 49
New Zealand Albums (RMNZ)[106] 25
Scottish Albums (OCC)[107] 44
Spanish Albums (PROMUSICAE)[108] 23
Swedish Albums (Sverigetopplistan)[109] 44
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[110] 18
UK Albums (OCC)[111] 23
UK R&B Albums (OCC)[112] 8
US Billboard 200[113] 3
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[114] 1
Region Certification Sales/shipments
Brazil (ABPD)[117] Gold 30,000*
United Kingdom (BPI)[118] Gold 100,000[119]
United States (RIAA)[120] Gold 560,000[82]
Summaries
Worldwide 2,000,000[2]
*sales figures based on certification alone

Playlist: The Very Best of Mariah Carey

theverybestofmariahcareyLançamento: 26 de Janeiro de 2010
Formatos: CD, download digital, disco de vinil
Selo/Gravadora: Sony BMG
Produção: Mariah Carey, Walter Afanasieff, Jermaine Dupri, Manuel Seal, Rhett Lawrence, Jimmy Jam and Terry Lewis, Dave Hall, DJ Clue, Trackmasters, Stevie J, Mike Mason, Steve Mac
Vendas:?

O Álbum:

Playlist: The Very Best of Mariah Carey é uma coletânea da cantora americana Mariah Carey. O álbum contêm várias canções famosas e algumas outras que não foram lançadas como compacto durante a carreira da cantora na Columbia Records.

O álbum foi lançado em 26 de Janeiro de 2010 como parte da série de coletâneas chamada Playlist. As canções da coletânea foram remasterizadas e foram escolhidas tanto pela popularidade quanto a preferência dos fãs.

O encarte é feito de material reciclável; o CD é interativo com um arquivo PDF que contém os créditos, fotografias raras e notas de produção.

Faixas:

“Dreamlover”
“Bliss”
“Melt Away”
“Breakdown” (featuring Krayzie Bone & Wish Bone)
“Make It Happen”
“Outside”
“Vanishing”
“Looking In”
“Emotions”
“Babydoll”
“I Am Free”
“Fantasy” (Bad Boy Remix featuring Ol’ Dirty Bastard)
“Underneath the Stars”
“Rainbow (Interlude)”

Merry Christmas II You

Merry_Christmas_II_You_Mariah_CareyLançamento: 2 de novembro de 2010
Formatos: CD, download digital, disco de vinil
Selo/Gravadora: Island Def Jam
Produção: Mariah Carey, Walter Afanasieff, Bryan-Michael Cox, Jermaine Dupri, Randy Jackson, James Poyser, Marc Shaiman
Vendas: 1,2 milhões (530,000 nos Estados Unidos/ 20,000 no Brasil)

O Álbum:

Merry Christmas II You é o décimo terceiro álbum de estúdio de Mariah Carey, lançado no dia 2 de novembro de 2010, nos Estados Unidos e apresenta quatro canções originais, clássicos de todos os tempos de Natal e uma versão regravada de seu hit natalino de 1994, All I Want For Christmas Is You.

Singles

“Oh Santa!” foi o primeiro single do álbum de Natal. A canção foi produzida por Jermaine Dupri, Bryan-Michael Cox e Carey. A canção estreou na AOL Music em 1 de outubro de 2010. Ela foi enviada para rádios e disponibilizados para download digital desde 11 de outubro 2010. O vídeo foi dirigido por Ethan Lader e foi filmado no início de outubro de 2010. “Oh Santa!” estreou no número um na Billboard’s Holiday Digital Songs, dando Carey dois singles consecutivos no gráfico. A versão de 1994 original de seu hit de Natal, “All I Want for Christmas Is You”, encontrando-se na segunda posição. “Oh Santa” atingiu ao 100° lugar no Hot 100 em dezembro de 2010. “All I Want for Christmas Is You (Extra Festive)” É um relançamento do single de Carey do ano 1994 do álbum Merry Christmas lançado apenas como um Extra Festive para o álbum. A canção entrou na Billboard no hot Holiday/seasonal Digital Songs, e depois teve uma re-entrada. “O Come All Ye Faithful/Hallelujah Chorus” É o primeiro single promocional do álbum. Na canção Carey divide os vocais com sua mãe, Patricia Carey onde as duas também lançaram um vídeo para a emocionante que teve mais de 700.000 acessos em suas primeiras horas que divulgado no YouTube, a música que foi inclusa no DVD promocional que acompanha o álbum. “When Christmas Comes” foi regravada em 2011 em parceira com John Legend para um possível relançamento do álbum (que foi cancelado). Em 2012, “Christimas Time Is In the Air Again” foi lançada promocionalmente para ser usada na campanha natalina do canal musical VH1.

Faixas:

1.     “Santa Claus Is Coming to Town” (Intro)
2.     “Oh Santa!”
3.     “O Little Town of Bethlehem” / “Little Drummer Boy” (Medley)
4.     “Christmas Time Is in the Air Again”
5.     “The First Noel” / “Born is the King” (Interlude)
6.     “When Christmas Comes”
7.     “Here Comes Santa Claus (Right Down Santa Claus Lane)” / “Housetop Celebration”
8.     “Charlie Brown Christmas”
9.     “O Come All Ye Faithful” / “Hallelujah Chorus” (featuring Patricia Carey)
10.     “O Holy Night” (Live from WPC in South Central Los Angeles)
11.     “One Child”
12.     “All I Want for Christmas Is You” (Extra Festive)
13.     “Auld Lang Syne” (The New Year’s Anthem)

Bonus Track
14.     “Oh Santa!” (Remix)
15.     “Oh Santa!” (Low Sunday Edit)
16.     “Oh Santa!” (Jump Smokers Remix)

DVD Deluxe Edition

1.     “Behind the Scenes: The Making of Merry Christmas II You”
2.     “Mariah Carey Interviews”
3.     “Behind the Scenes: The Recording of Merry Christmas II You”

Singles Lançados:

“Oh Santa!”
Lançado: 12 de Outubro , 2010
“All I Want for Christmas Is You (Extra Festive)
Lançado: 5 de Novembro, 2010
“When Christmas Comes”
Lançado: 6 de Dezembro, 2010
“Auld Lang Syne (The New Year’s Anthem)”
Lançado: 14 de Dezembro, 2010
“When Christmas Comes” (feat. John Legend)
Relançamento: 21 de novembro de 2011
“Christmas Time Is in the Air Again”
Lançamento: 2 de dezembro de 2012

Chart (2010) Peak
position
Australia (ARIA)[73] 27
Austria (Ö3 Austria Top 40)[76] 45
Belgium (Ultratop Flanders)[78] 87
Belgium (Ultratop Wallonia)[79] 85
Canada (Music Canada)[72] 14
France (SNEP)[80] 82
Germany (Media Control Charts)[81] 77
Hungary (MAHASZ)[74] 30
Italy (FIMI)[75] 41
Japanese Albums (Oricon)[82] 24
Spain (PROMUSICAE)[84] 56
Sweden (IFPI)[85] 40
The Netherlands (MegaCharts)[83] 52
UK Album Chart (OCC)[77] 101
US Billboard 200[66] 4
US Holiday Albums (Billboard)[68] 1
US R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[67] 1

Me. I Am Mariah…The Elusive Chanteuse

Capa_de_Me._I_Am_Mariah..._The_Elusive_ChanteuseLançamento: 23 de maio de 2014
Formatos: CD, download digital, disco de vinil
Selo/Gravadora: Def Jam
Produção: Big Jim, Bryan-Michael Cox, D’Leau, Darkchild, Jermaine Dupri, Happy Perez, Hazebanga, Heatmyzer, Hey DJ, Hit-Boy, Mariah Carey, Miguel, Mike Will Made-It, Q-Tip, Rey Reel, The-Dream, Tricky Stewart
Vendas: 350,000 (130,000 nos Estados Unidos/ 20,000 no Brasil)

O Álbum:

“Me. I Am Mariah… The Elusive Chanteuse” é o décimo quarto álbum de estúdio da cantora norte-americana Mariah Carey, lançado a 23 de Maio de 2014 através da Def Jam Recordings. Anteriormente intitulado “The Art of Letting Go”, o disco tinha edição planeada para 2012 após o lançamento do single “Triumphant (Get ‘Em)”, com a participação de Rick Ross e Meek Mill. Contudo, após o fraco desempenho comercial da faixa, acabou por ser removida dos planos para o projecto e a data adiada por diversas vezes. “Beautiful”, um dueto com Miguel, acabou por iniciar a verdadeira promoção do trabalho de estúdio.

Singles:

Oficialmente, o primeiro single extraído do álbum é a canção “#Beautiful”, uma colaboração com o cantor Miguel. A música ficou em 15° lugar no Hot 100 da Billboard e vendeu mais de 1,2 milhões de cópias digitais somente nos Estados Unidos. Posteriormente, foi lançado a balada “The Art Of Letting Go” em novembro de 2013 e a balada “You’re Mine (Eternal)” no dia 12 de fevereiro de 2014 (que atingiu ao 88° lugar no Hot 100 da Billboard).

Singles Lançados:

“#Beautiful”
Lançamento: 7 de maio de 2013
“The Art of Letting Go”
Lançamento: 11 de novembro de 2013
“You’re Mine (Eternal)”
Lançamento: 12 de fevereiro de 2014
“You Don’t Know What to Do”
Lançamento: 30 de junho de 2014 (somente nas rádios de formato Urban)

CHART PERFORMANCE:

Charts (2014) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[126] 5
Australian Urban Albums (ARIA)[127] 2
Austrian Albums (Ö3 Austria)[128] 38
Belgian Albums (Ultratop Flanders)[129] 41
Belgian Albums (Ultratop Wallonia)[130] 23
Canadian Albums (Billboard)[131] 8
China Albums (Sino Chart)[132] 4
Croatian Foreign Albums (HDU)[133] 14
Czech Albums (ČNS IFPI)[134] 15
Danish Albums (Hitlisten)[135] 13
Dutch Albums (MegaCharts)[136] 14
French Albums (SNEP)[137] 26
German Albums (Offizielle Top 100)[138] 27
Irish Albums (IRMA)[139] 19
Italian Albums (FIMI)[140] 15
Japanese Albums (Oricon)[141] 25
Korean Albums (Gaon)[142] 12
Mexican Albums (AMPROFON)[citation needed] 47
New Zealand Albums (RMNZ)[143] 11
Scottish Albums (OCC)[144] 32
Spanish Albums (PROMUSICAE)[145] 10
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[146] 16
Taiwanese Albums (G-Music)[147] 2
UK Albums (OCC)[148] 14
UK R&B Albums (OCC)[149] 2
US Billboard 200[150] 3
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[151] 1

#1 To Infinity

Number_Ones_to_Infinity_coverLançamento: 15 de maio de 2015
Formatos: CD, download digital, disco de vinil
Selo/Gravadora: Epic Records
Produção: Mariah Carey; David Cole; Robert Clivillés; Dave Hall; Sean Combs; DJ Clue; Terry Lewis; Jermaine Dupri; Tricky Stewart
Vendas: 300,000 (51,000 nos Estados Unidos/ 20,000 no Brasil)

O Álbum:

#1 to Infinity é o quinto álbum de compilação da cantora e compositora norte-americana Mariah Carey. O seu lançamento em mercado musical norte-americano ocorreu no dia 18 de Maio de 2015, sob distribuição da editora discográfica Epic Records, marcando assim o seu primeiro lançamento com a editora, após ter assinado um contrato com a mesma em Março do mesmo ano. Este é também o segundo álbum de números um da artista, após #1’s, lançado em 1998 sob distribuição da Columbia Records.

Singles:

Para promover a sua residência no Caersars Palace em Las Vegas, Mariah lançou a balada “Infinity” como lead single de sua nova coletânea. A música atingiu a 82° posição no Hot 100 da Billboard. Posteriormente, a um remix batizado de “Why You Mad?” com Justin Bieber e French Montana seria lançado, porém foi arquivado.

Single Lançado:

“Infinity”
Lançamento: 27 de abril de 2015

CHART PERFORMANCE:

Chart (2015) Peak
position
Australian Albums (ARIA)[39] 18
Australian Albums (ARIA Urban)[40] 2
Belgian Albums (Ultratop Flanders)[41] 57
Belgian Albums (Ultratop Wallonia)[42] 56
Dutch Albums (MegaCharts)[43] 44
French Albums (SNEP)[44] 132
Hungarian Albums (MAHASZ)[45] 32
Irish Albums (IRMA)[46] 52
Italian Albums (FIMI)[47] 29
Japanese Albums (Oricon)[48] 19
Korean Albums (Gaon)[49] 7
Korean International Albums (Gaon)[50] 1
New Zealand Albums (RMNZ)[51] 25
Scottish Albums (OCC)[52] 21
Spanish Albums (PROMUSICAE)[53] 21
Swiss Albums (Schweizer Hitparade)[54] 49
UK Albums (OCC)[55] 8
UK R&B Albums (OCC)[56] 1
US Billboard 200[57] 29
US Top R&B/Hip-Hop Albums (Billboard)[58] 2

Coletâneas Exclusivas

Valentines

»valentines Faixas:
1. “Vision of Love”
2. “Underneath the Stars”
3. “My All”
4. “Babydoll”
5. “Theme from Mahogany (Do You Know Where You’re Going To)”

» Ano: 2000
» Lançamento: 01/01/2000 – Lançamento Exclusivo para o Walmart Norte-Americano

LoveSongs

lovesongs» Faixas:
1.     “Hero”
2.     “Vision of Love”
3.     “Without You”
4.     “Always Be My Baby”
5.     “My All”
6.     “How Much” (featuring Usher)
7.     “Dreamlover”
8.     “Thank God I Found You” (Make It Last Remix featuring Joe and Nas)
9.     “The Roof (Back in Time)”
10.     “One Sweet Day” (featuring Boyz II Men)
11.     “Anytime You Need a Friend”
12.     “I’ll Be There” (featuring Trey Lorenz)
13.     “I Still Believe”
14.     “Reflections (Care Enough)”
15.     “Open Arms”
16.     “Against All Odds (Take a Look at Me Now)” (featuring Westlife)
17.     “Endless Love” (featuring Luther Vandross)

» Ano: 2010
» Lançamento: 08/02/2010 – Lançamento Exclusivo no Reino Unido

Mariah Carey – The Collection

thecollection» Faixas:
1. My All
2. Butterfly
3. I’Ll Be There
4. Hero
5. Against All Odds (Take A Look At Me Now)
6. Fantasy
7. Dreamlover
8. Honey
9. Always Be My Baby
10. Sweetheart
11. Emotions
12. Vision Of Love
13. Make It Happen
14. Someday

» Ano: 2010
» Lançamento: 10/09/2010

The Essential Mariah Carey

The_Essential_Mariah_Carey_International» Faixas:

    disco 1
1. Vision Of Love
2. Love Takes Time
3. Someday
4. I Don’t Wanna Cry
5. Emotions
6. Can’t Let Go
7. Make It Happen
8. I’ll Be There
9. Dreamlover
10. Hero
11. Without You
12. Anytime You Need A Friend
13. Endless Love – Mariah Carey & Luther Vandross
14. Fantasy

    disco 2
1. One Sweet Day – Mariah Carey & Boyz II Men
2. Always Be My Baby
3. Forever
4. Underneath The Stars
5. Honey
6. Butterfly
7. My All
8. Sweetheart
9. When You Believe [The Prince Of Egypt] – Mariah Carey & Whitney Houston
10. I Still Believe
11. Heartbreak – Mariah Carey & Jay-Z
12. Thank God I Found You – Mariah Carey & Joe/98 Degrees
13. Can’t Take That Away (Mariah’s Theme)
14. Against All Odds (Take A Look At Me Now) – Mariah Carey & Westlife
15. All I Want For Christmas Is You [so so def mix] – Mariah Carey & Jermaine Dupri/Lil’ Bow Wow

» Ano: 2011
» Lançamento: 10/01/2011 – Lançamento Exclusivo na Europa

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.