Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Notícias

Nick Cannon está ficando sincero ao falar sobre a partilha da guarda de seus filhos com a sua ex-esposa, Mariah Carey, e sobre o que ele acha da nova música da cantora. A personalidade da mídia sentou ao lado de Frankie Grande e Rachel Smith no programa Amazon’s Style Code Live na última quinta-feira, onde falou sobre a sua amável relação com sua ex-esposa e seus gêmeos de 5 anos, Moroccan e Monroe, e como ele continua a fazer parte da vida deles.

Cannon cantou que ele e Carey foram capazes de “abraçar” suas responsabilidades sobre a partilha da guarda de seus filhos para verem eles crescerem com uma família saudável. “Eles sabem, vocês não irão conseguir ver o papai todos os dias’, mas eles entendem que a presença do papai é sentida todos os dias”, disse Cannon. “Nos fins de semana, nós sempre comemos nos Chuck E. Cheese”.

Quanto o relacionamento com Mariah Carey, Cannon diz: “É tudo sobre o amor. Você coloca as crianças em primeiro lugar, mas quando você entende que você tem um amor incondicional por estes seres humanos, você quer o melhor para eles, então você coloca as diferenças de lado.”
“Muitas vezes, quando você pensa em separações nos relacionamentos, geralmente é sobre o ego”, acrescentou Cannon. “E se você puder remover seu ego disso, e fazer tudo em função destas pessoas que são os amores de sua vida, é disso que se trata.”

Com uma relação confortável e ambos os artistas trabalhando em novas músicas, Grande perguntou sobre uma possível colaboração de Carey e Cannon futuramente, e de acordo com Cannon, a ideia de colaborar em faixas no futuro não está totalmente fora de questão. “Você nunca sabe o que pode acontecer”, brincou ele. “Tudo poderia acontecer novamente”.

Cannon também falou sobre o novo single de Carey, “I Don’t“, que fala sobre o fim do relacionamento da Mariah com seu ex-noivo, o bilionário James Packer. “Para seu novo single, eu acho que ele é incrível, ela sampleou uma faixa que eu também usei na minha mixtape, e eu fiquei pensando, ‘Ela está me copiando?'” Cannon brincou.

Fonte: Entertainment Tonight

Depois de décadas fazendo concertos, Mariah Carey parece ter desenvolvido o hábito para mudanças de roupas com agilidade, e isto tem acontecido em sua vida ‘fora dos palcos’.

A cantora foi vista usando três roupas diferentes no sábado, enquanto desfrutava de um dia de luxo nos arredores de Beverlly Hills.

Ela saiu da clínica Epione – frequentada por celebridades como as Kardashians e Lady Gaga – usando um modelito, e usou outros dois durante seu passeio no shopping.
Confira fotos deste passeio em nossa galeria!

Fonte: Daily Mail

Ela têm hits e recordes! É por isto que poucas pessoas no mundo da música merecem o título de “diva” como Mariah Carey. Ela é detentora do recorde de mais canções no topo da Billboard (18 canções), de maior número de semanas em 1° (79 semanas), e a canção que mais tempo ficou em 1° (16 semanas – One Sweet Day), a carreira de Carey tem sido uma grande máquina de hits.

Antes de retornar para Dubai no The Emirates Airline Dubai Jazz Festival no dia 23 de fevereiro, ela se apresentou pela primeira vez na cidade em 2004, nós escolhemos as 15 músicas que gostaríamos que ela cantasse para nós:

1. Vision of Love
2. Love Takes Time
3. Emotions
4. I’ll Be There
5. Hero
6. Dreamlover
7. Endless Love (with Luther Vandross)
8. Without You
9. Fantasy
10. One Sweet Day (with Boyz II Men)
11. Always Be My Baby
12. My All
13. Heartbreaker (feat. Jay-Z)
14. We Belong Together
15. Obsessed

(Gulf News)

O Tablóide The Sydney Morning Herald fez uma matéria falando sobre como Mariah Carey está envelhecendo bem e sobrevivendo no mundo machista que vivemos. Confira abaixo:

Se você tivesse que escolher uma cantora que você gostaria de ser, você poderia fazer muito pior do que Mariah Carey. Não importa como você se sente sobre a diva dos anos 90 de 46 anos, que uma vez exigiu 20 gatinhos brancos em uma aparição pública e cujo Instagram apresenta fotos de sua reclinação em lingerie de diamante em uma banheira e usando salto alto durante um treino, não há nada inventado Sobre sua inabalável autoconfiança.

Afinal, esta é a mulher que deu à luz a seus gêmeos, Monroe e Moroccan, ao ouvir uma versão ao vivo de “Fantasy” e respondeu ao fático episódio durante uma performance de TV ao vivo com o tweet: “Merdas acontecem. Tenham todos um ano novo feliz e saudável! Estou aqui para ter mais manchetes em 2017”.

Na semana passada, Carey lançou “I Don’t”, um single e um videoclipe que, literalmente, é um recado para o seu ex-noivo, James Packer, e se a resposta for qualquer coisa, ela conseguiu o seu desejo. O vídeo, que apresenta versos do rapper YG, mostra a cantora deitada em um conversível branco antes de aparentemente botar fogo no seu vestido de noiva. Do cenário (é filmado em uma mansão) ao figurino, é um delicioso retrocesso para prazeres muito específicos de Mariah Carey.

É um ponto perdido para os haters de plantão, que claramente nunca cresceram assistindo as coreografias super femininas de Heartbreaker (onde ela duela com seu clone, Bianca) e Honey (onde ela luta com bandidos e emerge da piscina com um biquini sexy no melhor estilo Bond Girl de ser). “Deixe de lado outras atividades, garotada e comecem a bancar o detetive no Google, porque achamos que Mariah Carey está tentando nos dizer alguma coisa”, disse Cole Delbyck no The Huffington Post.

Não importa que Carey detenha o recorde de segundo maior número de singles número um, logo após os Beatles, a capacidade de fazer um registo de apito (uma frequência apenas disponível para golfinhos) e popularizou a forma como as colaborações com artistas Hip-Hop iria mudar de vez a música Pop. O fato de que ela pode, realmente, ainda ter a audácia de tentar nos dizer algo e direito de agir como uma diva faz dela o alvo instantâneo de nossas piadas.

Claro, ninguém está fingindo que os últimos lançamentos de Carey são tão épicos ou marcantes como as faixas que ela fez nos anos noventa (embora “I Don’t” tenha o seu valor). O problema é que tanto desdém é dirigido à cantora, ostensivamente sobre sua música, é realmente sobre a forma como ela quebra as regras não escritas sobre como divas que estão envelhecendo devem se comportar.

Óbvio, seus decotes generosos e as roupas maravilhosamente bregas podem atrair atenção nas redes sociais (“Sutil”, escreveu um usuário do Instagram numa publicação de Carey posando sugestivamente com um par de abacaxis). Mas eles também ignoram o fato de que as divas envelhecem graciosamente – um movimento que é especialmente previsível em uma cultura que objetiva as mulheres quando elas são jovens e as considera sexualmente invisíveis quando atingem os 40.

A atmosfera que auxilia Carey para escrever uma canção de vingança é a prova de um mundo em que as mulheres mais velhas não são permitidas de serem a estrela de suas próprias narrativas românticas, embora é aprovado se você for novo e sexy como Taylor Swift ou Rihanna.

Mais irritante são os pedidos constantes para que ela se aposente e a preocupação falsa sobre sua voz. Ninguém pede a Bruce Springsteen ou Bob Dylan para parar de lançar discos, embora todos concordamos que suas melhores músicas ficaram pra trás. Para mim, é a prova de um mundo no qual as conquistas das mulheres são percebidas como presentes da cultura, nunca verdadeiramente consideradas suas.

Felizmente, nada disso faz Carey, que passou o Dia dos Namorados na banheira de hidromassagem com seu novo namorado e tirou uma selfie para provar isso. – Você não viveu direito se não queimou um vestido de noiva! Ela brincou em uma entrevista com a Refinery 29. “Eu acho que antes que você possa realmente seguir em frente você só tem que realmente ser capaz de deixar a raiva passar, e então você se concentrar em si mesmo e segue em frente […]”.

Então, sim, usar salto alto durante um treino e exigir 20 gatinhos brancos pode ser algo exagerado. Mas essa confiança inabalável em si mesma é o verdadeiro negócio – e é algo que poderíamos começar a aprender, sendo fã de Mariah Carey ou não.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.