Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Notícias

O site Official Charts fez uma lista com as cantoras com mais Top 10 na parada britânica, Mariah Carey ficou em 4° lugar.

Confira a lista abaixo:

1° Madonna (63)
2° KylieMinogue (34)
3° Rihanna (30)
4° MariahCarey (25)
5° Britney Spears (23)
5° Girls Aloud (23)
6° Diana Ross (21)
7° Pink (20)
8° Sugababes (20)

 

Mariah Carey está retornando à Creative Artists Agency para representação em todas as áreas, apenas quatro anos depois de mudar da CAA para a United Talent Agency, onde foi representada por David Zedeck, diretor global de música da empresa.

A vencedora do prêmio de 5 prêmios Grammy, que mais recentemente  se apresentou no Festival d”Eté de Québec e concluiua parte européia de sua “Caution World Tour” em 13 de junho na Ziggo Dome Arena em Amsterdã. Ela está fazendo uma pausa antes de embarcar em outra residência em Las Vegas no The Colosseum no  Caesars Palace, a partir de 22 de novembro.

Nos últimos três anos, Carey teve uma média de 6.761 ingressos vendidos por show, com uma média bruta de US $ 745.201, conforme reportado pelo  Pollstar Boxoffice.

Carey gravou alguns dos álbuns mais vendidos de todos os tempos, incluindo o Music Box, que vendeu mais de 30 milhões de unidades e o Daydream, que movimentou mais de 25 milhões. No geral, Carey vendeu mais de 200 milhões de discos ao longo de sua carreira.

Além disso, Carey é a diva por trás do single de sucesso “All I Want For Christmas Is You”.

Ela também ganhou seu diversos renomados prêmios: cinco Grammy Awards, 19 World Music Awards e 10 American Music Awards, entre muitos outros.

Ela é atualmente gerenciada pela Melissa Ruderman na Roc Nation.

A Billboard fez uma matéria sobre os remixes que agitaram e afetaram de alguma forma o Hot 100 e, Mariah Carey, obviamente, figurou na lista. Confira abaixo:

Sinceramente, Mariah Carey realmente não precisou da ajuda de ninguém nem de nada para superar o Hot 100 na década de 1990: ela já havia feito isso oito vezes sozinha naquela década quando lançou o delirante Pop ‘n’ B  “Fantasy” em 95. Mas a faixa, que ficou 8 semanas no topo do ranking foi, sem dúvida, ajudada por um remix popular com o rapper Ol ‘Dirty Bastard, do Wu-Tang Clan. A colaboração imprevisível estabeleceu um outro padrão para esse remix, ganhando airplay nas estações de R&B e hip-hop que haviam considerado o trabalho anterior de Carey muito pop para suas playlists. (Carey também repetiria com sucesso a fórmula para outros futuros #1’s, com remixes populares de hip-hop de “Honey”, “Heartbreaker” e “Thank God I Found You”.)

Para ver a lista completa, clique AQUI.

 

Em meio a uma série de batalhas legais desagradáveis, a ex-empresária de Mariah Carey , Stella Bulochnikov, afirma ter sido vítima de ameaças de morte e uma campanha cruel e sombria para intimidá-la.

Depois de administrar  a carreira da diva por dois anos, a situação explodiu de forma acrimoniosa, com Bulochnikov arquivando um processo – mais tarde resolvido – contra Carey, enquanto a ex-assistente de Carey, Lianna Shakhnazaryan, e Bulochnikov processaram uma a outra. Esse litígio está em andamento.

Agora, Bulochnikov contou para a coluna Page Six que não apenas recebeu uma enxurrada de mensagens de remetentes anônimos ou obscuros – incluindo ameaças de morte e uma imagem grotesca de uma fralda suja – mas ela afirma que seus inimigos fingiram ser jornalistas para tentar escavar a sujeira nela.

Supostamente alguém mandou uma mensagem para Bulochnikov sondando informações e afirmando ser repórter do New York Times. Mas quando seu agente pessoal entrou em contato com o jornalista, ele respondeu: “Olá, esse não sou eu – e o número do meu celular é diferente do número usado, então vou relatar isso aos nossos agentes de segurança no jornal para ver que está me representando.”

Bulochnikov alega que ela também recebeu inúmeros textos hostis, alguns dos quais ela mostrou para a Page six.

Um leu: “Ei vadia. . . Eu só quero te dizer isso se você. . . se você fizer algo com ela [Carey] ,você será morta imediatamente. ”

Um e-mail dizia: “Cuide da sua família. Pois pode acontecer um acidente por aí sem querer [sic] ”. Não há evidências de que Carey ou Shakhnazaryan estejam por trás dos ataques. Quando ligamos para o número que havia enviado a foto da fralda, a pessoa que respondeu disse estar familiarizada com Bulochnikov e que eles eram fãs de Carey, mas negavam o conhecimento dos textos.

Outra admitiu enviar mensagens de texto para ela: “Você vai para a cadeia!” E disse que eles também eram fãs de Carey, que ficaram irritados com relatos de que Bulochnikov estava vazando informações sobre a estrela, mas negaram ser parte de uma campanha de ódio. Bulochnikov nos disse: “Esta tem sido uma provação angustiante tanto para mim quanto para minha família, e isso causou tremendo impacto emocional em todos nós”.

Fonte: PageSix

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.