Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Barbra Streisand.

Há um velho ditado, ‘a maçã não vai muito longe da árvore’, e isto tão verdadeiro ,especialmente quando falamos de grandes cantores. Na maioria das vezes em uma biografia, você vai ver que estes cantores começaram cantando em igrejas. Mas também, boa parte deles começou a carreira profissional atrás de outros grandes artistas. Vamos lembrar de alguns deles:

Duas lendárias vozes começaram suas respectivas carreiras desta forma, Luther Vandross e Whitney Houston. Ambos foram cantores de apoio. Luther Vandross foi cantor de apoio de Roberta Flack e Donnie Hathaway em 1972, além de ter também feito parte do coral de cantores de artistas como Chaka Kahn, Bette Midler, Diana Ross, Patti LaBelle, Barbra Streisand, e David Bowie antes dele ter seu trabalho solo no início dos anos 80.

Whitney Houston também começou assim, sendo cantora de apoio de sua mão, a cantora gospel Cissy Houston, além de ter sido também backing vocal de Chaka Khan na versão original de ‘I’m Every Woman’ em 1978, canção que Whitney Houston transformou em um de seus grandes sucesso em 1992. Por sinal, Chaka poderia até mesmo escrever um livro sobre cantores que trabalharam em sua banda e se tornaram grandes estrelas.

Falando em regravações feita por cantores de apoio que ficaram mais famosas que a versões originais, temos Mariah Carey, que começou sendo backing vocal para Brenda K. Starr, que fez sucesso com a canção ‘I Still Believe’ em 1988. Então, em 1998, Mariah prestou uma homenagem para Brenda, onde ela regravou esta música para seu disco ‘#1’s’. “I Still Believe” , que em 1988 foi a primeira música que Mariah Carey apareceu nos créditos de uma gravação como cantora profissional, ela fazia as notas agudas de fundo. Assim como aconteceu com a backing vocal de Mariah Carey, Kelly Price, que também trabalhou com George Michael, antes de lançar seu álbum solo em 1998.

Como você pode ser, não há nada errado em ‘viver sobre o holofote de outra pessoa’, porque tudo que é feito no escuro, um dia é levado para luz, basta acreditar.

Fonte: Global Grind

James Packer disse que sua namorada, Mariah Carey é um “gênio” e que só pode ser igualada à Barbra Streisand e a falecida Whitney Houston, que Madonna não chega nem perto delas.

“Sim, sim, sim, eu adorei e foi uma noite mágica” disse o empresário australiano quando questionado sobre o concerto que Carey realizou na última terça-feira, dia 18, em Israel.

mariah1

“Ela é um gênio e tem mais canções em 1° lugar do que qualquer outro artista. Ela não se envolve com política, ela é uma artista, então todos amaram ela lá. Talvez eles não saibam o quão difícil foi a vida dela, mas mesmo assim ela teve talento para compor seus hits em 1° lugar, são 18, mais do que qualquer outro artista, isto é tão incrível.”

“Quero dizer, quem mais está neste patamar? Há Barbra Streisand, Whitney Houston e Mariah Carey. somente elas. A Madonna não conseguiu isto. Bom, eu não estou dizendo que há algo de errado com a música da Madonna ou com a Madonna, mas as 3 podem cantar cinco oitavas. Madonna não pode. Mariah é simplesmente incrível, ela realmente é incrível.”

Ele também disse conhecer quase todas as canções de Mariah, mas não todas.

O casal Packer-Carey, junto com os gêmeos Monroe e Moroccan, deixaram Israel na sexta-feira. Ainda neste semestre, Mariah aparecerá no seriado da Fox, ‘Empire’.

Fonte: Herald Sun

O cantor canadense, Michael Bublé fez o seu quarto especial de Natal para NBC em Nova York. O especial foi gravado na famosa casa de concertos, Radio City Music Hall. Entre os convidados especiais estavam Meghan Trainor, Ariana Grande e Barbra Streisand.

No ano passado, Bublé teve Mariah Carey em seu especial. Ele falou para o TV Line sobre sua experiência com Mariah, “Mariah foi ótima, mas você sabe. Mariah é Mariah. Ela é linda, uma diva maravilhosa. Mas o que posso dizer? Ariana Grande chegou aqui três minutos mais cedo,  e ela ainda sabia a música completa perfeitamente.” Bublé é assumidamente fã de Grande, quem ele disse ser “muito gentil e profissional”.

Fonte: 2paragraphs.com

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.