Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Clipes

O site KQED Pop fez um ranking com os 64 vídeos de Mariah Carey, listando-os do pior para o melhor, na opinião deles. Confira abaixo:

Por Emmanuel Hapsis

Na semana passada, Mariah Carey recebeu a tão aguardada estrela na Calçada da Fama de Hollywood. Muita gente se perguntou: “por que ela mereceu isso?”. Bom, talvez pelo motivo de ela ter escrito todas as suas canções (menos os covers), vendeu mais de 200 milhões de cópias ao redor do mundo, tem o recorde de uma canção com mais semanas em primeiro lugar – mais do que qualquer outra (16 semanas consecutivas) e possui 18 singles no topo da Billboard Hot 100 (18 no total), ficando atrás apenas dos Beatles (com 20). E eu poderia continuar a lista, mas isso prolongaria ainda mais esse post.

E qual a melhor maneira de celebrar 25 anos de músicas que valem muito a pena ouvir, do que assistir todos os vídeos que Mariah produziu (com exceção dos remixes e participações que ela fez em outras canções)? Foram necessárias duas semanas, mas consegui. Alguns tópicos: Mariah adora pequenos animais, o Natal, cantar na chuva, escrever em seu diário, segurar crianças, se vingar, interpretar morenas malvadas, gesticular com os dedos, acenar para a câmera, vestidos de noiva, performances ao vivo, jet ski, praias, maiô, paques de diversão, champagne e chorar lágrimas solitárias para efeitos dramáticos.

Muitos vídeos servem como anti-depressivos, outros como sonífero e a maioria como injeção de ânimo na alma. Temos produções gigantescas (We Belong Together), outras com pouca verba (Auld Lang Syne), mas todas fazem parte da história musical de uma das maiores cantoras da indústria da música.

A seguir, veremos um ranking do pior para o melhor, baseados na estética ou se os vídeos me inspiraram a erguer as mãos para o céu em louvor ou não. E, obviamente, não é um julgamento sobre as canções. Então, vamos lá:

64. “Endless Love” feat. Luther Vandross (1994)

63. “Angels Cry” (2010)

62. “Forever” (1995)

61. “H.A.T.E.U.” (2009)

60. “I Want to Know What Love Is” (2009)

59. “Hero” (1993)

58. “Without You” (1994)

57. “Can’t Let Go” (1991)

56. “Almost Home” (2013)

55. “Thank God I Found You” (1999)

54. “Love Takes Time” (1990)

53. “Triumphant (Get ‘Em)” (2012)

52. “O Holy Night” (2001)

51. “I Don’t Wanna Cry” (1991)

50. “Bye Bye” (2008)

49. “Can’t Take That Away” (2001)

48. “Love Story” (2009)

47. “Anytime You Need A Friend” (1994)

46. “Right to Dream” (2008)

45. “Oh, Santa!” (2010)

44. “One Sweet Day” (1995)

43. “Bringin’ on the Heartbreak” (2003)

42. “When Christmas Comes” (2011)

41. “Auld Lang Syne (The New Year’s Anthem, Fireworks Version)” (2010)

40. “Vision of Love” (1990)

39. “My All” (1998)

38. “Get Your Number” (2005)

37. “I’ll Be Lovin’ U Long Time” (2008)

36. “Don’t Stop (Funkin’ 4 Jamaica)” (2001)

35. “You’re Mine (Eternal)” (2014)

34. “Crybaby” (2001)

33. “Sweetheart” (1998)

32. “#Beautiful” (2013)

31. “Don’t Forget About Us” (2005)

30. “I Stay In Love” (2008)

29. “Miss You Most (at Christmas Time)” (1994)

28. “Infinity” (2015)

27. “The Roof” (1998)

26. “Through the Rain” (2002)

25. “Say Somethin'” (2006)

24. “Butterfly” (1997)

23. “When You Believe” (1998)

22. “Someday” (1990)

21. “I’ll Be There” (1992)

20. “If It’s Over” (1992)

19. “Make It Happen” (1992)

18. “Breakdown” (1998)

17. “Shake It Off” (2005)

16. “Loverboy” (2001)

15. “We Belong Together” (2005)

14. “There’s Got To Be A Way” (1991)

13. “Emotions” (1991)

12. “It’s Like That” (2005)

11. “Touch My Body” (2008)

10. “Obsessed” (2009)

9. “Always Be My Baby” (1996)

8. “I Still Believe” (1999)

7. “Up Out My Face” (2010)

6. “Boy (I Need You)” (2003)

5. “All I Want for Christmas Is You” (1994)

4. “Dreamlover” (1993)

3. “Honey” (1997)

2. “Heartbreaker” (1999)

1. “Fantasy” (1995)

E você, o que achou dessa lista?

MC

O site Businessinsider.com fez uma lista com os 15 clipes mais caros da história. Como era esperado, o clipe de “Heartbreaker”, de Mariah Carey, figurou em 12° lugar na lista atualizada com a inflação.

Confira abaixo o Top 15 completo:

1) Scream – Michael Jackson and Janet Jackson (1995)
custo: US$ 10.7 milhões (na época US$ 7 milhões)

2) Express Yourself – Madonna  (1989)
custo: US$ 9.4 milhões (na época US$ 5 milhões)

3) Die Another Day – Madonna (2002)
custo: US$ 7.9 milhões (na época US$ 6.1 milhões)

4) Bedtime Story – Madonna (1995)
custo: US$ 7.7 milhões (na época US$ 5 milhões)

5) Black or White – Michael Jackson (1991)
custo: US$ 6.9 milhões (na época US$ 4 milhões)

6. Britney Spears – Work Bitch (2013): US$ 6.5 milhões

7. Gun N’ Roses – Estranged (1993):
Custo: US$ 6.5 milhões (na época US$ 4 milhões)

8. Michael Jackson – Bad (1987):
Custo: US$ 4.5 milhões (na época US$ 2.2 milhões)

9. MC Hammer – Too Legit to Quit (1991):
Custo: US$ 4.2 milhões (na época US$ 2.5 milhões)

10. Busta Rhymes – What’s It Gonna Be?! (1999):
Custo: US$ 4 milhões (na época US$ 2.4 milhões)

11. Diddy – Victory (1998):
Custo: US$ 3.9 milhões (na época US$ 2.7 milhões)

12. Mariah Carey – Heartbreaker (1999):
Custo: US$ 3.5 milhões (na época US$ 2.5 milhões)

13. Celine Dion – It’s All Coming Back To Me Now (1996):
Custo: US$ 3.4 milhões (na época US$ 2.3 milhões)

14. Michael Jackson – Remember the Time (1992):
Custo: US$ 3.3 milhões (na época US$ 2 milhões)

15. Backstreet Boys – Larger than Life (1999):
Custo: US$ 2.9 milhões (na época US$ 2.1 milhões)

Curiosidades do vídeo:

  • O aluguel do cinema para que fosse gravado o clipe de “Heartbreaker”, primeiro single do álbum “Rainbow”, custou a bagatela de US$ 100.000;
  • O diretor Brett Ratner teve que inserir várias cenas de animação no clipe, porque o rapper Jay-Z, que participa da música, não poderia aparecer em um clipe seguido do outro. Jay-Z havia gravado recentemente um vídeo para a canção “Girl’s Best Friend”, que o proibia de aparecer em outro clipe por pelo menos 2 semanas;
  • O ator Jerry O’Connell disse que quando chegou ao set de filmagem, Mariah estava em um trailer enorme, cercado de seguranças e havia champagne por toda parte. Jerry disse que não sabia nada da indústria fonográfica, mas que Mariah foi muito legal, divertida e atenciosa com ele;
  • Algumas cenas do clipe foram inspiradas em filmes como “Grease” e “Operação Dragão”.

Esse ano, o clipe de “Heartbreaker” completou 15 anos! Vamos relembrar abaixo:

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.