Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

ET

Mariah Carey e Nick Cannon ainda têm muito amor um pelo outro.

Kevin Frazier, do ET, falou com Mariah Carey na segunda-feira,dia 12, enquanto ela ensaiava para sua turnê ao lado de Lionel Richie, a ‘All The Hits Tour’. Os dois fizeram brincadeira sobre seu status de relacionamento, embora ela diga que está ‘solteira’, Mariah tem sido vista frequentemente ao lado de Bryan Tanaka, e ela também fala como é o seu relacionamento com seu ex-marido, Nick Cannon.

Como o dia dos pais está chegando, Mimi está planejando algo bem especial para o pai de seus filhos, os gêmeos de 6 anos de idade, Moroccan e Monroe.

“Ele é o pai das crianças e realmente fez coisas agradáveis para mim do Dia da Mães, e então sim, estamos preparando algo para ele.”

Nick e Mariah se casaram em 2008, mas se divorciaram em 2014. O divórcio foi finalizado somente em 2016, mas os 2 mantém uma boa relação e são vistos frequentemente juntos.

“Ele é um cara do bem”, Carey falou sobre Nick. “Não é difícil para fazermos as coisas funcionar. Agora podemos rir, brincar e fazer boas brincadeiras da época que estávamos juntos em um relacionamento.”

Não é tão difícil fazê-lo funcionar. Agora podemos rir, brincar e fazer as boas partes de quando tivemos um relacionamento”.

A cantora falou que sempre colocou sua família acima de tudo, mas não conseguiu parar de elogiar os famosos Dembabies.

“Eu os amo demais… Eles me deixam tão feliz, não tenho palavras para descrever o meu amor”

A cantora retornará para sua residência em Las Vegas no próximo mês, os shows começarão no dia 8 de julho. Em seguida, Mariah pega a estrada ao lado de Lionel Richie.

Fonte: ET!

Nick Cannon gostaria de ser excluído de qualquer comentário do namoro de Mariah Carey e Bryan Tanaka.

O apresentador da MTV falou sobre o assunto com o ET, de acordo com uma fonte próxima a Mariah, Tanaka estaria com ‘”muito ciumes’ da relação fraternal de Nick e Mariah”.

“Eu não sei nada sobre isto.” disse Cannon. “Eu tenho os meus próprios problemas do que ficar me preocupando com um antigo relacionamento.”

Sobre Tanaka ter ciumes dele, Cannon diz: “A maior dos homens teria ciumes de mim, estou brincando, mas eu não sei nada sobre isto. Para mim, no final do dia, ela é uma mãe incrível e estamos focando nas crianças. Não importa quem vai entrar na minha vida ou na vida dela, nós temos filhos juntos, e então sempre seremos uma família.”

 

Após a problemática apresentação de Mariah Carey no Ano Novo,  finalmente há uma boa notícia para cantora. A apresentação dela atraiu muitas notícias sensacionalistas para imprensa em geral, mas isto também gerou muita execução para faixa ‘We Belong Together nas plataformas de streamings, a música teve um crescimento de 251% e finalizou a primeira semana de janeiro com 4,5 milhões execuções nos Estados Unidos de acordo com a Nielsen Music.

O quão grande é este número? A música de 2005 tornou-se a 78° canção mais executada nos Estados Unidos, superando hits mais recentes como “My House” de Flo Rida (4,3 milhões), “Controlla” de Drake (3,9 milhões) e “Love Yourself” de Justin Bieber (3,6 milhões). A música estreou em 13° no chart R&B Streaming Songs da Billboard.

Carey apresentou “We Belong Together”, que é uma de suas 18 faixas em 1° lugar no Hot 100 (ela possui mais hits no topo da parada do que qualquer outro artista solo) no evento Dick Clark’s New Year’s Rockin’ Eve With Ryan Seacrest da ABC, durante um set que sofreu de problemas técnicos sérios. No meio do caminho, quando ela começou a cantar o seu hit de 1991, “Emotions”, ela disse que o seu retorno de ouvido estava defeituoso e que ela não conseguia se ouvir corretamente.

Desde o incidente, a cantora e a Dick Clark Productions, produtora responsável pelo evento, trocaram acusações, com Carey afirmou que produtora “a deixou frustrada” e usou este acidente técnico como “uma oportunidade para me humilhar”, em um áudio compartilhado em sua conta no Twitter no dia 8 de janeiro de 2017. Já a Dick Clark Productions respondeu “que a empresa nunca ia comprometer intencionalmente o sucesso de qualquer artista, que isto é difamatório, ultrajante e completamente absurdo”.

“We Belong Together” não foi a única faixa que foi beneficiada com a transmissão. A sua versão de “Auld Lang Syne (The New Year’s Anthem)” , que também foi apresentada na noite, teve um acréscimo de 927% e finalizou a semana com 1,2 milhões de execuções nos serviços de streamings dos Estados Unidos. A música foi originalmente regravada para o segundo álbum natalino de Carey, “Merry Christmas II You” de 2010. Já “Emotions”, teve um crescimento de 111% com 335 mil execuções nos serviços de streamings esta semana.

A apresentação também fez com Mariah Carey ficasse em 27° na parada Billboard’s Social 50, sua posição mais alta desde fevereiro de 2014, quando a diva  ficou em 19° após lançar o seu single ‘You’re Mine (Eternal)’. A cantora teve um crescimento de 361% nas redes sociais, com 114 mil citações nos Estados Unidos de acordo com Next Big Sound. As reações no Twitter e as visitas no Wikipedia também tiveram um acrescimento de 3 dígitos, o primeira rede social aumentou 279% com 72 mil respostas somente em solo americano, e a segunda rede aumentou 224% com 309 mil visitas localizadas na América do Norte.

Fonte: Billboard

A cantora divulgou um áudio via Twitter e disse estar magoada sobre a situação de seu último show: “Foi uma oportunidade para me humilhar”, garantiu

Desde que começou sua carreira em 1990, Mariah Carey veio conquistando seu espaço no mundo da música, que sempre foi muito restrito. Em meio há artistas com a carreira consolidada, como Michael Jackson, Madonna, Whitney Houston, Elvis Presley e os The Beatles, a diva emplacou uma carreira consolidada e recheada de recordes.

Mariah Carey, teve altos e baixos na carreira, mas isso não a impediu de ser a mulher mais bem sucedida da história da música norte-americana e mundial. A cantora é a artista solo com mais singles #1 em toda a história da Billboard, num total de dezoito singles. É a única artista a ter três singles estreando em #1 no Hot 100: “Fantasy”, “One Sweet Day” e “Honey”. Além de ser a única artista feminina a ter dois singles simultaneamente em #1 e #2 na Billboard Hot 100:We Belong Together” e “Shake It Off”.

Sem contar a voz, na qual já rendeu um título no ‘Livro dos Recordes’, Mariah sempre foi conhecida por sua extensão vocal e por suas habilidades técnicas.

Com mais de 25 anos de carreira, parece que a mídia e os fãs se esqueceram quem foi a única mulher a quebrar os recordes, que até então eram de homens. Será por esse motivo que hoje ela é tão odiada? Odiada por ser sexy aos 46 anos, odiada por ser uma mulher rica e poderosa como empresária? Odiada por ainda ser relevante na indústria musical?

O problema é que agora Mariah Carey, após os problemas técnicos de seu show de Ano Novo em Nova York, a diva cedeu à pressão e decidiu dar um tempo dos holofotes. Neste domingo (8), a cantora divulgou um áudio via Twitter e disse estar magoada com a situação e deixou claro que a questão com a produção foi sabotagem. “Foi uma oportunidade para me humilhar”, garantiu.

De acordo com a diva, o incidente também a fez reconsiderar algumas coisas em sua carreira e perceber que é preciso de um tempo off. “Vou dar um tempo da mídia e das redes sociais e tirar um tempo para mim”, explicou ao relembrar que tem uma turnê mundial, que começa em março deste ano.

Vou cumprir minha agenda profissional e me preparar para a turnê, que começa em março”, completou.

Talvez a decisão seja boa para Mariah, para reavaliar os rumos de sua carreira, e quem sabe, trazer um novo ‘The Emancipation of Mimi‘, um de seus trabalhos de maiores sucessos.

Fonte: Notícias ao Minuto Brasil

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.