Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Funny Or Die

“All I Want For Christmas Is You” é algo inevitável durante o período festivo!

É a época mais maravilhosa do ano, desde que você não se importe ouvir “All I Want For Christmas Is You” em todos os lugares que você vá. Se você está em um posto de gasolina ou em um supermercado, ou até mesmo em um local escondido do posto de gasolina onde alguém que esteja vendendo maconha medicinal, você não pode escapar do hino natalino atemporal de Mariah Carey. Mas como chegamos a este ponto? “All I Want For Christmas Is You” entrou em erupção em 1994, quando os únicos meios para distribuição de música em massa era o rádio e a TV, ambos controlados pelo governo. Temos acreditado que o governo nos fez acredita que não conseguimos sobreviver ao Natal sem Mariah. Agora nós somos peões cúmplices em sua distribuição anual, ouvindo isto as alturas de nossos alto-falantes da Hyundai sem pensar duas vezes.

O governo tem uma história de usar uma música por várias vezes para deixa os seres humanos loucos.

Isto é algo um pouco menos chocante, mas o governo tem o histórico de deixar uma música como arma contra o povo. O som tortura não é uma coisa nova ou exclusiva para o governo dos EUA. Isto era o instrumento de guerra dos Astecas. Mas o Tio Sam descobriu que algumas canções que possuem um conteúdo lírico repetido (como “I Love You” do Barney) e intervalos decibéis intensos (como “Enter Sandman” do Metallica), são maneiras eficazes de transforma o cérebro humano em uma gemada impressionantes. Pense nisto na próxima vez que você caminhar pela rua ouvindo Mariah Carey e tentando atingir aquelas notas altas e agudas que só ela sabe fazer, e repetindo as mesmas letras por várias vezes.

“All I Want For Christmas Is You” é uma armadilha para você comprar vários presentes e apoiar o sistema capitalista que sustenta a América

Toda a premissa desta canção, como é repetido cerca de 600 vezes, é que Mariah não quer presentes no Natal, tudo o que ela quer é passar um tempo com o seu parceiro romântico. Quem já esteve em qualquer tipo de relacionamento sabe que isto é uma armadilha. Se o outro significado diz que eles não querem nada no Natal, é porque eles definitivamente QUEREM GANHAR ALGO NO NATAL. O título completo da música deveria ser: “Tudo o que eu quero para o Natal é que você ainda possa comprar alguma merda ou estou te dando um pé na sua bunda, me desculpe”. Ouvir esta música durante toda temporada de Natal aciona um primal: “Uma luta constante contra o limite de cartão de crédito. O seu instinto subconsciente assusta você comprando vários presentes, muitos somente para você não levar um fora de seu parceiro ou parceira. Tudo isto alimenta o negócio sazonal na América, é um aumento de 19,2% no varejo e cerca de 768 mil empregos relacionados ao Natal no país. E você tem que Mariah para agradecer este boom econômico anual que você mal pode esperar para acontecer.

Mas se o amor da sua vida REALMENTE não querer um presente para o Natal?

Isso ainda é uma armadilha. No mínimo, é melhor você aparecer na manhã do Natal com um livro feito à mão com mensagens de amor, cupons de presentes, e uma massagem nas costas ou terminar uma luta sem trazer à tona aquela coisa que está te incomodando por meses. Estes cupons nem sempre tem muito valor em dinheiro, mas ainda vai fazer com que você gaste o dinheiro em artes e artesanatos, justamente com valioso tempo que você poder ter gastado conspirando para derrubar o governo. Meu amigo tem uma esposa que regulamente não exite nada para o Natel e ele encontrou uma solução brilhante para respeitar os seus desejos, evitando tensões agressivas que surgem se ela se sentir negligenciada. Todos os anos no Natal, ele conta a ela sobre uma noite agradável que ele planejou para eles, gastando dinheiro em um presente intangível que ela não pode desembrulhar e, posteriormente, acusá-la de desobedecer as suas ordens de tempo e tentando contornar isto somente em um cartão de presentes de Natal. Parabéns, você comprou uns dos 1,9 bilhões de cartões de Natal que são vendidos na América, de acordo com o senso de 2005. Todos estes cartões são tributados e esses impostos são somados. Não há nada que possa fazer você escapar da sirene sutil de Mariah Carey para gastar dinheiro, nós perdemos esta guerra feio há duas décadas.

Mariah promove relacionamentos monogâmicos estáveis que são integrais para manter o governo e a economia dos EUA

Mariah é muito clara em sua música, ela diz que quer que seu namorado seja só dela, presumivelmente para sempre. Ela não está interessada em nada causal e tão pouco em usar aplicativos de relacionamentos. Ela quer um compromisso monogâmico, do tipo que beneficia diretamente o governo dos EUA. Do ponto de vista prático, os casamentos reduzem o risco de sedição em massa. Alguma vez você tentou escolher um lugar para comer om o seu cônjuge? Imagine tentar concordar com uma causa revolucionária. Esse projeto nunca está saindo do chão. De uma perceptiva fiscal, o negócio de casamento foi estimado em um lucro de mais de 53 bilhões de dólares por ano em 2013. Mas porque o seu rabo achou que você encontrou a sua alma gêmea quando você ficou vidrado em uma camisola na Macy quando estava tocando a música de Mariah Carey estava tocando no fundo. Você provavelmente vai acabar se divorciando porque vocês dois não têm merda nenhuma em comum, além de comprar roupas na Macy’s e ouvir a música de Mariah Carey no Natal. O negócio anual do divórcio movimenta cerca de 175 bilhões por ano. E sim, nós todos iremos viver nesta tendência global, graças a Mariah Carey, é claro.

“All I Want For Christmas Is You” usa uma combinação de táticas suaves e sublimes para defender a procriação

Mas não é suficiente para se contentar com a pessoa que você está namorando quando você tem 30 anos e vai se casar. A fim de ficar legal com a sociedade, você precisa ter um filho. Isso mesmo, a música de Mariah quer que você faça outra boca para alimentar, o que significa que você precisa trabalhar duro para gastar mais dinheiro até morrer e, o mais importante, fornecer para os Estados Unidos como outro soldado em evento muito provável que tenhamos robôs participando em um futuro não muito distante. Mariah usa a palavra “Baby” uma vez a cada 21 segundos na música. Se você não quer ter relações sexuais desprotegidas com a intenção de conceber uma criança, ou pele menos considerar uma adoção, há algo de errado com você. Ela também fala muito sobre segurar as mãos e beijar, duas coisas que me disseram que pode levar ao sexo. E se talvez eu nunca tiver transado, eu li muito sobre sexo para saber como se faz um bebê e adivinha? Você terá que comprar aqueles presentes de crianças para dar no Natal, reforçando ainda mais que você está ajudando a economia nacional.

Ao mesmo que o ano novo está chegando, tudo o que queremos é comprar coisas, foder tudo, nos casar e ter filhos em 10 meses até que o ciclo começa outra vez.

Feliz Ano Novo! A mensagem de Mariah Carey foi suficiente rufada em nossos crânios mais uma vez e nós somos robôs despreocupados prontos para perpetuar o governo patriarcal e economia de varejo sazonal por mais 10 meses até que tudo isto começa de novo. Antes de conhecer você, novembro levanta a sua cabeça outonal e tudo o que você vai ouvir nos próximos dias é Mariah Carey, você gostando ou não. E, seguida, ela vai aparecer na TV cantando “All I Want For Christmas Is You” em programas ou grandes cerimônias, você pode até dizer: “Isto é um pouco demais.” E então, durante este Natal, se quiser comprar algo para legal para pessoa que você ama ou  para a quem você vai se casar, você tem que ser muito burro, porque você tem que fazer algo que você queira fazer e não por causa da lavagem cerebral ambiental de Mariah Carey na linha de compra do Best Buy. E se eu desaparecer amanhã, nunca mais vou querer ouvir de novo, isto porque o governo mandou me silenciar. Mas eu prefiro morrer em meus pés do que no colo do Papai Noel. Mas de fato, tudo o que quero para o Natal é a verdade.

Fonte: Funny or Die

A série ‘Mariah’s Holiday Sketchtacular’ estreia no dia 15 de dezembro no aplicativo Go90 da Verizon

Vinte e um anos depois de lançar o clássico natalino, “All I Want For Christmas Is You,” Mariah Carey está começando uma nova tradição natalina!

A cantora vai lançar uma série natalina no aplicativo go90 da Verizon para o ‘Funny or Die’, Mariah’s Holiday Sketchtacular vai estrear no dia 15 de dezembro com uma série de oito episódios diários.

A série filmada em Nova York, apresenta Carey preparando para o Natal com a equipe do ‘Funny or Die’, incluindo o Bryan Safi, que é do elenco fixo, que se junta a ela para programa de culinária para o Natal, ajudando ela na audição para escolha de um Papai Noel para seu concerto de Natal. O programa terá como convidados Jordan Klepper (The Daily Show) e Nick Swardson (The Ridiculous 6).

“Eu amei colaborar com o Funny or Die nesta série com temática natalina”, disse Mariah. “Estes vídeos são são divertidos, festivos e literalmente celebram o Natal, e eu amei fazer parte disto”.

Verizon lançou o aplicativo go90 em outubro de forma gratuita, e tem retorno financeira através de pequenos anúncios publicitários ao longo dos vídeos.Funny or Die tem um canal no aplicativo e irá criar várias séries por lá.

“Aqui no Funny or Die nós não sentimos que celebramos o Natal dignamente até ouvirmos (preferencialmente em uma sessão) o Merry Christmas, álbum de 1994 de Mariah Carey”, disse o presidente do ‘Funny or Die’, Mike Farah. “Então, quando surgiu a oportunidade de trabalharmos com Mariah Carey, que é indiscutivelmente a Rainha do Natal, em uma série de comédia inspirada no Natal, nós pensamos que isto era perfeito para o nosso canal no go90.”

Desde que lançou seu novo single e lyric video, “Infinity”, a palavra “Fritos” já faz parte do vocabulário de Lambs do mundo todo, inclusive nós, brasileiros. Confira abaixo:

No novo vídeo do Funny or Die, “Cozinhando com Mariah Carey (e também com Bryan)”, a diva prepara uma torta de Frito com seu ajudante atrapalhado Bryan. “É realmente a única receita de Frito que conhecemos”, diz Carey, colocando os Fritos no fundo de uma panela de pizza, com as mãos protegidas por luvas cirúrgicas.

Com menos de um minuto de vídeo, Bryan entra em algumas questões mais profundas – ou seja, a seguinte frase na canção “Infinity”, de Carey: “Cara, você está agindo tão brega quanto Fritos”. Carey explica (e nós a elogiamos por sua capacidade de manter uma cara séria). “Eu tive um namorado italiano chamado Frito há uns anos atrás”, diz ela. “Frito roubou meu carro…ele era meio idiota”. A cantora faz uma pausa para sacudir as madeixas douradas, antes de nos esquecermos o quão fabulosa ela é. “Eu costumava namorar com alguém chamado Tostito”, disse Bryan.

Ex-namorados de lado, a torta de Frito parece deliciosa, e o vídeo oferece algumas dicas úteis. Especialmente a de “usar um grande anel de diamante” sobre as luvas cirúrgicas. Ah, e, definitivamente, polvilhe M&Ms e sangria no topo da torta também. O diretor Brett Ratner é convidado a subir no palco para saborear a torta, e entre uma excentricidade e outra, o vídeo consegue ficar ainda mais estranho.

Confira o vídeo abaixo:

Cooking with Mariah Carey from Funny Or Die

 

 

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.