Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Israel

Segundo a revista The Atlantic, Mariah Carey esteve em Israel para apoiar israelenses e palestinos no debate sobre a abertura da fábrica da empresa SodaStream no deserto de Negev. Confira abaixo:

Na quinta-feira, Mariah Carey fez uma viagem para a nova fábrica da SodaStream no sul de Israel. Carey não foi lá para lançar uma linha de bebidas chamada DreamBubbler, mas sim para defender a coexistência entre israelenses e palestinos. Em teoria, a abertura da fábrica SodaStream no deserto de Negev deveria ter feito por uma boa causa: a SodaStream emprega tanto trabalhadores israelenses e palestinos e faz um produto que, apesar de lutas recentes, tem sido muito popular em todo o mundo.

MC2

Mas a abertura da nova empresa vem depois de uma campanha de muito anos pelo movimento Boicote, Desinvestimento, Sanções (BDS), que procurou difamar a SodaStream por operar no assentamento da Cisjordânia de Mishor Adumim. A controvérsia veio depois de Scarlett Johansson ter sido forçada a deixar seu posto como embaixadora global para Oxfam por endossar a SodaStream em um anúncio do Super Bowl.

Em outubro, a empresa anunciou que iria se separar da Cisjordânia e abrir uma nova fábrica no sul de Israel. Como dissemos na época, a SodaStream falou que sua decisão de transferir a fábrica era “puramente comercial”. No entanto, a deslocalização não era desprovida de um contexto político.

O Financial Times observou: “O movimento SodaStream vem logo à frente de uma decisão da União Europeia prevista para o final das orientações de ajuste no fim do ano para os Estados membros, sobre rotulagem de produtos feitos nos territórios ocupados da Cisjordânia e em Jerusalém Oriental, que a comunidade internacional não reconhece como parte de Israel. Com ativistas da BDS declararando vitória, o que está sendo esquecido em grande parte desta conversa são os trabalhadores palestinos que a empresa emprega, alguns dos quais apoiaram Johansson quando ela enfrentou críticas por endossar a empresa no ano passado”.

Todas as pessoas que queriam fechar a fábrica da SodaStream na Cisjordânia estão enganadas. Elas não levam em consideração as famílias”, Ali Jafar, um gerente de turno palestino de uma aldeia da Cisjordânia, disse à Associated Press na semana passada. O relatório acrescentou que “por questões de segurança”, apenas 130 dos 600 trabalhadores palestinos na fábrica da Cisjordânia tiveram licenças emitidas para trabalhar dentro de Israel, o que significa que um número de postos de trabalho palestinos serão perdidos.

Mariah Carey está vivendo uma vida boa, darhhlings!

Ela não está grávida de James Packer, mas está curtindo uns dias de férias viajando ao redor do mundo com seu namorado bilionário! O E! Online conseguiu fotos exclusivas do casal em Sardenha, Ibiza e Israel, e se isto não tiver claro nas fotos, uma fonte revelou para nós que “eles estão completamente apaixonados”.

“Eles são feitos um para o outro. É incrível como eles são perfeitos juntos, e eles sabem disto, pois estão muito felizes.”

Talvez você tenha notado que Mariah está usando um anel rosa em seu dedo, mas isto não é um anel de noivado, lambs – é apenas uma joia de sua coleção pessoal. Uma fonte contou com exclusividade ao E! News que “um noivado é algo que deve se concretizar” para este casal poderoso.

“Este namoro tem sido incrivelmente romântico, eles adoram fazer coisas fofas um para o outro”, disse a fonte. “Mariah realizou um concerto em Israel, em homenagem a James, porque ela sabe o quando Israel é importante para ele. Em troca disto, ele está levando ela para os mais belos restaurantes do mundo, tem sido tudo como um conto de fadas.”

Mariah e James só retornarão para Los Angeles  em setembro, pois eles precisam trabalhar! Mas o próximo mês será muito corrido para eles. Dia 8 de setembro é aniversário de James, e Mariah está planejando algo muito especial para ele, “Ele é o homem que ela ama de verdade” – finalizou a fonte.

  • Confira as fotos AQUI!

Fonte: E! Online

A vencedora de cinco prêmios Grammy, a cantora Mariah Carey subiu ao palco do Live Park Amphitheater na última terça-feira, 19, em Rishion LeZion, Israel, dando ao público um desempenho que ficará na memória deles por muitos anos. Carey fez um show bem feito, estilo como faz em Las Vegas, com aquelas incríveis cinco oitavas, além de usar um microfone de ouro, além de uma variedade de roupas deslumbrantes.

Mesmo antes de atingir a primeira nota aguda, Carey já estava conectada com as 12 mil pessoas que gritavam seu nome em coro, ela começou o show dizendo: “Olá Israel” e disse “Eu te amo” e “Obrigado” em hebraico várias vezes, mostrando estar muito feliz de estar em Israel.

Junto com seu fiel backing vocal, Trey Lorenz, ela realizou vários duetos, incluindo o sucesso “I’ll Be There”, que ela dedicou para Michael Jackson, e “#Beautiful”. O show de Mariah contou com músicas de vários gêneros, pop, soul, r&B e os fãs israelenses iam a loucura e cantaram em coro com ela canções como “Emotions”, “Shake It Off” e “My All”. Sua apresentação em Israel não faz parte de sua turnê em Las Vegas.

Fonte: JNS

O concerto de Mariah Carey em Israel não foi esta ‘Fantasia’ toda
Por: NOA AMOUYAL

Concertos são bem curiosos. Aparentemente, todo propósito é aproveitar uma apresentação ao vivo. Mas se você pega um trânsito horrível e discute com seus amigos, tudo isto pode inviabilizar a experiência.

Neste caso, este repórter passou por toda esta experiência e teve uma noite pertubadora.

Então, quando Mariah Carey começou a cantar seu mais recente single em 1°, Touch My Body, percebi que eram os seus cantores de apoio faziam o trabalho pesado e me pergunte: “Eu vim até aqui para isto?”

Mas no final do dia, ela ainda é a Mariah Carey. Aquela estrela mundial que dominou a playlist de uma geração de cantoras. Uma mulher que cantou toda sua mágoa em hits como Hero, Always Be My Baby e Vision Of Love. Uma mulher, que mesmo com os altos e baixos da indústria fonográfica, tem permanecido muito relevante nos últimos 25 anos.

Mas quando ela executou as notas agudas de Emotionsprovavelmente as notas mais difíceis de toda a música pop para conseguir executar – foi ali que a vi em finalmente no comando de suas verdadeiras habilidades vocais, que vacilou no último ano.

A presença dela no palco também é limitada. Em uma hora e meia de show, ela só teve quatro mudanças de figurino. Um vestido muito justo, depois um bem pesado e em seguida ela usou um que não era nada apropriado para umidade sufocante que impregnada o ar do Live Park. Por fim, um era tão justo que ela percebeu que não dava para sentar, então optou por somente encostar no piano.

Ela parecia também não estar muito animada. Ela agradeceu aos 20 mil fãs que estavam lá para vê-la na noite de terça-feira.

“Este é o meu agradecimento para todos meus verdadeiros fãs que queriam ver um concerto meu todo este tempo. Obrigado por terem me feito voltar em um prazo tão curto!” – Ela repetiu isto o tempo todo durante o show.

No entanto ,a ela interrompeu o concerto umas duas vezes para repreender algumas pessoas que estavam fumando. “Por favor, parem de fumar cigarro ou qualquer outra coisa do gênero, pois o tabaco acaba com a minha voz!” – ela implorou.

A multidão que estava fumando pareceu não ter gostado muito e optou por mudar de lugar. Seu backing vocal principal, Trey Lorenz, trabalhou muito na noite, e cantou o clássico Rock With You’ de Michael Jackson, para que Carey pudesse trocar de roupa e eles dois cantarem I’ll Be There juntos.

Mas nós viemos para ver a Mariah Carey, e não o Lorenz no final das contas. Durante a apresentação da música, Carey atingiu notas incríveis e levou todos a loucura.

Então, bem no momento que ela começou a cantar os primeiros versos de Hero, a multidão ficou encantada com sua voz e como ela interpretou a música. A sua interpretação de Vision Of Love também não decepcionou, ela conseguiu cantar aquelas notas altas incrivelmente difíceis do final da canção.

Mas ao longo do concerto, Carey parecia que estava consciente de suas limitações, e parecia estar poupando a sua voz e energia para fazer aquelas notas agudas que fizeram dela uma estrela, em vez de se concentrar na qualidade de sua música como um todo. Era como se ela tivesse um termômetro o tempo todo em sua cabeça, que talvez ela ficasse toda hora medindo a sua capacidade vocal e tivesse medo de arriscar e errar.

No fim do dia, ainda esta medíocre performance de Carey está muito melhor do que vemos no show business nos dias de hoje.

Parafraseando seu clássico de 1997, My All, será que assim os israelenses dariam tudo para ter uma noite com a estrela? Provavelmente não. Mas podemos acalentar os poucos momentos que tivemos ali da antiga Mariah do inicio dos anos 90, que isto sim foi um espetáculo para ser visto.

Fonte: Jpost.com

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.