Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Xmas

Mal acabamos de entrar na metade do ano e Mariah Carey já anunciou as primeiras datas de sua bem sucedida  – que já virou evento anual obrigatório – turnê de Natal.

A cantora anunciou nas primeiras horas desta segunda-feira que levará a “All I Want For Christmas Is You” novamente para a Europa no início de dezembro. Isso se deve ao grande sucesso que ela obteve no ano passado, com apenas três apresentações lotadas, sendo duas na Inglaterra e uma na França (além, claro, dos shows nos Estados Unidos).

“Preparem-se para festejar, Lambs! Minha turnê “All I Want For Christmas Is You” chegará na Europa em dezembro!!”, disse Mariah em seu perfil oficial no Twitter.

Os ingressos serão postos à venda no dia 08 de Junho, próxima sexta-feira, através do site LiveNation.com. Membros do fã clube oficial de Mariah poderão efetuar a compra amanhã, 05 de junho, no site MariahCarey.com/tour.

Vale lembrar que por conta de um problema de saúde, Mariah precisou cancelar oito apresentações no ano passado, todas elas na América do Norte. Provavelmente nos próximos dias, a Diva deve divulgar novos shows, inclusive nos EUA.

Confira abaixo as primeiras datas:

Stavangerm, Noruega – 01/12

Gothenburg, Suécia – 03/12

Copenhague, Dinamarca – 04/12

Berlim, Alemanha – 05/12

Paris, França – 07/12

Nottingham, Reino Unido – 09/12

Leeds, Reino Unido – 10/12

Londres, Reino Unido – 11/12

Amsterdã, Países Baixos – 13/12

Bruxelas, Bélgica – 14/12

 

Nesta semana as tabelas mudaram, mas, especialmente, por conta da temporada mais esperada do ano, a de natal. Não é novidade para quem é lamb que ao final do ano Mariah Carey ganha todos os holofotes por ser a artista mais natalina e comercialmente bem com álbuns e singles temáticos para este período. Ela ganha os charts pelo menos duas vezes ao ano com a mesma música e, é claro, estamos falando de All I Want For Christmas Is You que nesta semana entrou para o Top 100 do Mediabase e tem sua previsão de re-entrada na Billboard Hot 100 dos EUA para a próxima semana. Será que conseguimos um top 5 até janeiro? Se sim, se não, ainda temos um bom tempo para que a música seja promovida e o álbum Merry Christmas de 1994 ganhe uma semana de promoção nas lojas virtuais. Enquanto isto, vamos aos números da semana!

> PARADAS

As tabelas mundiais de singles mensuram a popularidade de acordo com as vendas, audiência em rádios, execuções em plataformas digitais (streamings) e menções em mídias sociais.

Começamos pelos EUA que já contemplam todo o clima natal, pois o Dia de Ação de Graças termina, logo a temporada de natal começa no país. Falando nisto, o álbum natalino mais vendido do mundo fez sua re-entrada nesta semana:

EUA (US Billboard Holiday Digital Songs Sales)
#2: All I Want For Christmas Is You – Mariah Carey (=) peak #1

EUA (US Billboard Holiday Digital Songs Sales)
#23: Christmas (Baby Please Come Home) – Mariah Carey (+5)

EUA (US Billboard Holiday Albums)
#38: Merry Christmas – Mariah Carey (+10) peak #1

EUA (US Billboard 200)
#144: Merry Christmas – Mariah Carey (re-entrada) peak #3

O clássico sucesso natalino de Mariah Carey, All I Want For Christmas Is You, fez seu impacto sazonal em três paradas no Reino Unido nesta semana:

REINO UNIDO (UK Official Singles Sales Chart)
#72: All I Want For Christmas Is You – Mariah Carey (re-entrada)

REINO UNIDO (UK Official Singles Downloads Chart)
#72: All I Want For Christmas Is You – Mariah Carey (re-entrada)

ESCÓCIA (Official Scottish Singles Chart)
#61: All I Want For Christmas Is You – Mariah Carey (+33)

Outras paradas:

AUSTRÁLIA (ARIA Catalogue Album Chart)
#19: Merry Christmas – Mariah Carey

> DOWNLOADS E STREAMINGS

Atualmente as plataformas digitais ajudam e muito a mensurar a popularidade e aceitação de um álbum ou música (mesmo que não seja lançada como single). Mariah Carey consegue se dar bem em algumas como o Spotify e iTunes (incluindo Apple Music – futuramente substituirá a loja). Nesta semana ela se deu muito bem, no geral:

ITUNES UPDATE (Músicas-Downloads)
ALL I WANT FOR CHRISTMAS IS YOU
#19: Noruega (-7) peak #19
#28: Estados Unidos (+10) peak #28
#35: Canadá (+4) peak #35
#38: Dinamarca (+11) peak #38
#40: Irlanda (+15) peak #40
#46: República Tcheca (+87) peak #46
#47: Áustria (-4) peak #43
#50: Reino Unido (=) peak #42
#51: Portugal (-30) peak #21
#59: Espanha (+21) peak #59
#66: Suécia (+51) peak #66
#70: Singapura (+59) peak #70
#80: Austrália (+5) peak #80
#82: Holanda (-29) peak #53
#83: Nova Zelândia (+21) peak #83
#92: Alemanha (+4) peak #92
#122: Japão (=) peak #122
#123: Itália (+11) peak #123
#125: Reino Unido* (=) peak #102
#148: Alemanha* (+34) peak #148
#155: Irlanda* (-8) peak #89
#159: Suíça (-25) peak #134
#192: França (-51) peak #141

* Versão Extra Festive

O HOLY NIGHT
#199: Indonésia (Nova)

ITUNES UPDATE (Álbuns-Downloads):

MERRY CHRISTMAS
#39: Gana (+64) peak #39
#41: Estados Unidos (+114) peak #41
#48: Canadá (+12) peak #44
#49: Ilhas Virgens Britânicas (+4) peak #48
#65: Austrália (+99) peak #65
#119: Suíça (-42) peak #77
#196: África do Sul (-141) peak #55

SPOTIFY CHARTS (Streamings):

ALL I WANT FOR CHRISTMAS IS YOU
#22: Islândia (+2) peak #22
#44: Dinamarca (+2) peak #44
#52: Noruega (=) peak #52
#54: Suécia (+3) peak #54
#56: Irlanda (+6) peak #56
#62: Reino Unido (+5) peak #62
#67: Estados Unidos (+37) peak #67
#82: Áustria (+20) peak #82
#95: Finlândia (+51) peak #95
#97: Canadá (+7) peak #97
#98: Mundo (+11) peak #98
#102: Alemanha (+24) peak #102
#121: Holanda (+1) peak #121
#128: Polônia (+27) peak #128
#170: Singapura (-1) peak #169
#194: Filipinas (-45) peak #149

SPOTIFY UPDATE (Mariah Carey Streamings):
#1 All I Want For Christmas Is You (=)

SPOTIFY UPDATE (Streamings):
ALL I WANT FOR CHRISTMAS IS YOU
126.023.574 (+3.720.036)

YOUTUBE UPDATE (Views):
ALL I WANT FOR CHRISTMAS IS YOU
196.171.209 (+6.289.101)

VEVO UPDATE (Views):
ALL I WANT FOR CHRISTMAS IS YOU
196.430.442 (+6.189.222)

> MEDIABASE

O Mediabase demonstra a audiência das músicas nas rádios dos EUA, basicamente. Ele leva em consideração as rádios de alguns formatos bem populares como: Pop, Country, HAC, AC, Rhythmic, Urban, Urban AC, AAA, Alternative, Active Rock. Esses formatos formam um “resumão” que gera a audiência total das músicas no país, portanto as paradas que mensuram esta audiência para registrar os artistas e conseguir definir o que é hit e o que não é hit levam o “Airplay” em consideração, ou seja, a audiência total. Parece difícil entender, mas com o tempo fica tranquilo.

Provavelmente você irá deparar-se com alguns termos que parecem até complicados, mas não são. Spins, Airplay, Rolling, Power Rotation, lembra deles?

Spins = quantidade de execuções da música;
Airplay/Audiência = quantidade de público/pessoas alcançadas;
Rolling = subtração da audiência/execuções da semana atual pela semana anterior;
Power Rotation = acordo entre gravadora e uma empresa de comunicação para tocar uma música em tempo determinado.

Você vai ver na nossa fan-page e no nosso instagram algumas postagens assim:

MEDIABASE UPDATE: All I Want For Christmas Is You – Mariah Carey
Data: 25/11/2016
Acumulado: 18.971
Spins: 3.757
Rolling: 1.342
Audiência: 21.386 (+2.415)
Ranking: #92 (Nova)

De cima para baixo: A música All I Want For Christmas Is You nas rádios no dia 25/11/2016 (hoje) apresentou uma audiência com base nas execuções registradas no dia anterior (sempre será referente ao dia anterior). Então, ontem a música começou o dia com uma audiência acumulada de 21.386 (Acumulado), mas foi executada 3.757 (Spins) vezes, porém subtraiu-se 1.342 (Rolling – referente aos spins do dia 18/11/2016 – se isto não fosse feito, nenhuma música cairia), gerando uma audiência total de 21.386 (Audiência) com um aumento de 2.415 (este valor pode cair se o valor de spins da semana passada for maior que a quantidade de execuções desta semana), entrando no Top 100 do Mediabase na 92ª posição (#92 = Ranking).

Portanto, nesta semana o hino natalino está assim:

21/nov
Acumulado = 9.460
Spins = 3.112
Rolling = 1.145
Audiência 11.427 (+1.967)

22/nov
Acumulado = 11.427
Spins = 3.343
Rolling = 0.840
Audiência = 13.930 (+2.503)

23/nov
Acumulado = 13.930
Spins = 3.209
Rolling = 0.811
Audiência = 16.328 (+2.398)

24/nov
Acumulado = 16.328
Spins = 0.378
Rolling = 3.457
Audiência = 18.971 (+2.643)

25/nov
Acumulado: 18.971
Spins: 3.757
Rolling: 1.342
Audiência: 21.386 (+2.415)
Ranking: #92 (Nova)

Então, ela é a Dona do Natal, sim ou claro?

Atualização às 20h30min via US Billboard Charts; Official Charts; iTunes WW; Spotify Streamings; YouTube Views; VEVO Views; US Airplay.

Foi um esforço muito grande não prestar atenção ao redor do Beacon  Theatre na série de shows que Mariah está fazendo por lá – All I Want for Christmas Is You, e em todo o burburinho dos fãs presentes no local.

Fiquei procurando por rostos familiares na multidão, que estavam presentes nos outros shows dessa temporada. Imaginei que os fãs mais fervorosos de Mariah seriam mais fáceis de serem identificados, que seriam mais escandalosos, usando camisetas retrô de turnês passadas, ou que as mesmas pessoas na primeira fila estivessem focadas em tirar selfies na esperança de conseguir um registro de Mariah no palco. Imaginei que os Lambs seriam como qualquer outra fanbase: mostrar a habilidade de cantar junto cada música, sua coleção de merchandise, seu vasto conhecimento sobre Mariah e sobre as eras pré e pós o “The Emancipation Of Mimi”.

Aí percebi que isso tudo é bobagem. Não só todo mundo estava usando camisetas da Charmbracelet Tour, mas assim como o filme “Simplesmente Amor” – responsável por popularizar e manter viva a chama de “All I Want For Christmas Is You”, os Lambs estão por toda a parte. O fato é que as pessoas não estão indo ver qualquer show de Mariah Carey, elas estão indo ver um espetáculo muito específico, com músicas que, na maioria das vezes nem são de autoria dela. E ao fazer isso, você automaticamente pode ser considerado um Lamb de carteirinha, porque está participando da festa de Natal de Mariah. Fãs da China estão vindo para poder participar desse momento tão especial e importante. Se isso não é ser um fã devotado, então não sei o que é.

Podemos ver isso por uma perspectiva econômica. Digamos que você queira ver Mariah em sua magnitude e resolva desembolsar uma pequena fortuna para ir até Vegas e dedicar algumas horas do seu tempo para prestigiar Mariah no Colosseum que, aliás, é para onde Mariah vai voltar em Fevereiro com sua residência, “#1 To Infinity”, cantando seus 18 singles #1 na Billboard Hot 100.

Esses ingressos – que variam de 70 à 270 Dólares + impostos (em lugares mais privilegiados do teatro), e que são válidos para qualquer noite de apresentações em fevereiro, são bastante similares aos ingressos para ver Mariah no Beacon Theatre. Isso até pode soar como mal negócio, visto que você não irá ouvir grandes clássicos no Beacon – a parte em que ela canta “We Belong Together”, “Emotions” e “Hero”, não é nada perto do que se ouve em Vegas. Mas você irá presenciar algo tão amável com essa lista de clássicos de Natal, que são músicas favoritas de Mariah, além da grandiosidade de “All I want For Christmas Is You”. Mariah deixa bem claro o quanto ela gosta do Natal; ela realmente AMA essa época do ano. E isso torna o show suave e pessoal, mais do que uma super produção de Vegas. Você não irá ouvir “Fantasy” ou “Heartbreaker” ou ainda uma retrospectiva de sua carreira no Beacon, nem vai ver uma introdução com os maiores feitos de Mariah. Você entra no Beacon com aquela necessidade de ouvir os hits, e é encorajado a não se levar a sério – nem Mariah –  por 1 hora e 15 minutos, porque você vai ver caras adultos vestidos com fantasia do urso Teddy dançando pelo palco no final do espetáculo.

Mariah não está fazendo show para qualquer público: ela está fazendo isso para uma plateia que a conhece muito bem, e na época favorita do ano para ela – e é isso que deixa o especial de Natal de Mariah diferente do resto. Isso não é para celebrar sua carreira ou o sucesso grandioso de seu álbum de Natal. Isso é sobre os aspectos de Mariah que não conseguimos demonstrar, sobre o quão descontroladamente cativante é o relacionamento dela com sua fanbase, que no show está toda trabalhada nos adornos Natalinos.

Talvez seja por isso que eu não estava conseguindo captar todos esses sintomas característicos dos Lambs –  eu estava tão mergulhado nisso que nem percebi que estava cantando músicas que nem conhecia antes do dia 8 de dezembro. Se eu fosse para Las Vegas para experimentar uma overdose dos hits #1, não sei se eu abraçaria essa causa no mesmo nível como abracei aqui no Beacon, porque já sei o que esperar já que é um show específico. Enquanto as músicas de Natal de Mariah são previsíveis e obsoletas – com exceção de “Oh Santa!” e “O Holy Night” (que é o ponto alto do show), ela não é. A Diva inventa de cantar uma versão R&B da maldita e clássica música “Dreidel”. Uma coisa  é fazer um show de grandes sucessos ser interessante durante várias noites, mas pegar uma das mais antigas canções na face da terra e não deixar ela parecer chata é um desafio que só Mariah pode superar.

Fonte: The Village Voice

Agora que só faltam quatro shows para encerrar a temporada de Natal de Mariah no Beacon Theatre, percebemos que foi tudo muito intenso, com as mesmas músicas, a mesma Mariah, no mesmo lugar e poderiamos definir essa jornada louca de duas formas: isso poderia levar a uma revelação sobre as pressões e as expectativas que até mesmo os mais experientes titãs do Pop podem encarar, ou que isso se tornaria uma reflexão sobre o quão próximos do Natal estamos, com todas aquelas batalhas nos shoppings para comprar coisas caras.

Felizmente, esta experiência musical está se moldando para estar mais perto da primeira opção. A certeza que fica é que a primeira noite no Beacon parece que já foi há muito tempo e que Mariah está entregando um desempenho cada vez mais forte a cada show que passa. Vamos acompanhando como essa temporada vai terminar, mas enquanto isso aqui estão quatro verdades sobre as primeiras quatro noites de Mariah.

1) Mariah pode ser a última verdadeira diva de uma geração. Mariah não tem que fazer muito além de mostrar-se, ser fabulosa e cantar. Ela mal pode andar pelo palco sem a assistência de seus dançarinos, e ainda assim ela pode fazer com que isso pareça glamouroso e intencional. Tudo isso coloca Mariah Carey em uma classe de diva que só ela pertence.

2) Nem ouse dizer que Mariah faz playback em seus shows que você irá passar vergonha se duvidar do alcance vocal dela. Ela está cantando um material de alta qualidade. Curve-se diante de seu poder sobrehumano, porque essa série de shows é tão rigorosa quanto sua residência em Las Vegas – embora em menor escala, e essa intensidade deve ser respeitada.

3) Sua melhor canção de Natal não é “All I Want For Christmas Is You”. Ela  funciona bem para um final totalmente satisfatório, mas “O Holy Night” leva o público à loucura toda santa noite. Ela parece se divertir mais com “Oh Santa!”, e o público tende a concordar com isso.

4) Mariah sempre pensa grande e vocês também deveriam pensar assim. Esse não é apenas um show simples, com músicos que estão acostumados com residência de shows. Essa residência no Beacon Theatre“All I Want For Christmas Is You”, possui momentos dignos de suspiros, mas isso tem muito a ver com o brilho familiar, os interludes super roteirizados e números coreografados. Pode ser que as pessoas estejam um pouco cansadas de “Santa Claus Is Coming To Town”, mas aí o Natal vem e muda tudo. Faz com que você queria comprar e enviar cartões de Natal à tempo, ficar emotivo com especiais de fim de ano e montar a sua árvore de Natal. Mas se há alguém que posso te colocar ainda mais no epírito Natalino, esse alguém é a Mariah. Ela não é a razão para essa época do ano, mas ela vai te dar uma porção de motivos para comemorar, uma nota alta sustentada no clímax de “All I Want For Christmas Is You” de cada vez.

Fonte: The Village Voice

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.