Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Iggy Azalea e Rita Ora podem ter podem ter usado a roupa mais bacana para fazerem samurais sensuais no set do vídeo de “Black Widow”. Mas parece que Quentin Tarantino não foi à única inspiração delas.

Muitas pessoas estão apontando que a música tenha uma estranha semelhança com “Thirsty”, uma das canções do novo e brilhante álbum de Mariah Carey, Me. I Am Mariah.  Apesar de Iggy já ter a seu brilho na indústria musica, desta vez a culpa não é realmente dela. Katy Perry escreveu “Black Widow” para o seu último disco, com a intenção que Iggy participasse da música, antes de concordar em passar a música para cantora australiana e Ora.

Não é a primeira vez que Perry tenta cutucar Mariah Carey. Em um programa na TV Australiana em março deste ano, ela chamou a Mariah de “Fabulosa…para relembrar o passado”. Embora não sabemos se Perry está sendo maliciosa ou apenas falando as coisas sem pensar nas consequências. Ela já também criticou Gaga por se apropriar de religiões alheais e Britney, a chamando de produto.

Neste caso, duvidamos que Katy esteja tentando “sabotar” a carreira de Mariah Carey. Não podemos negar o legado de Mariah – “All I Want for Christmas Is You” é sem duvida alguma a melhor música lançada nos dois últimos dois séculos – seria algo como a Beyoncé tentando sabotar o retorno de Hilary Duff.

No entanto, as semelhanças nas canções são gritantes. Ouça a abaixo:

[youtube id=”9_8Wy6HFUjE” align=”center” mode=”normal” maxwidth=”400″]

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.