Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

A Vegas Player Magazine fez uma matéria sobre a residência de shows de Mariah Carey em Las Vegas e revisitou o começo da carreira da Diva. Confira abaixo:

Mariah Carey está pronta para o glamour e o brilho de Las Vegas.

Por Ryan Slattery


18 canções em primeiro lugar

A estrela internacional Mariah Carey está embarcando para um novo capítulo de sua impressionante carreira. Depois de passar vários anos viajando pelo mundo para entreter seus fãs, Mariah agora está se preparando para as famosas luzes brilhantes de Las Vegas em seu melhor palco até hoje – no The Colosseum dentro Caesars Palace – onde a cantora premiada com cinco prêmios Grammy cantará seus famosos 18 sucessos em 1° lugar no Hot 100 da Billboard.

“Dediquei a minha vida a viajar pelo mundo, conhecendo fãs e me apresentando ao redor do planeta”, disse Mariah, poucos dias depois de anunciar sua residência de shows no Caesars Palace. “Las Vegas vai me permitir mostrar minha música de uma forma que nunca apresentei antes”.

MC

Com mais de 200 milhões de discos vendidos ao redor do mundo, Mariah é uma das artistas que mais vendeu discos na história. Com 18 músicas no topo, incluindo os sucessos “Dreamlover”, “Hero”, “Honey” e “We Belong Together”, que lhe colocaram no time de elite. Em 2008, quando “Touch My Body” atingiu o topo do Hot 100, Mariah superou Elvis Presleytornou-se a artista solo com o maior número de singles em número 1 nos Estados Unidos. Agora, ela está apenas atrás dos Beatles, que possuem 20, na parada geral.

Então, naturalmente, em um palco tão grande, em uma cidade que se intitula como a capital do entretenimento do mundo, a cantora está se concentrando exclusivamente em seus maiores sucessos em um show que ela está chamando de “Mariah Carey #1’s”.

“Revisitar essas músicas para o show tem realmente me reconectado com elas”, diz Mariah. “O poder da música me guiou ao longo da minha vida, durante o tempo que me lembro, e eu espero que os fãs sejam capazes de compartilhar a alegria da música comigo e ter esse sentimento em casa com eles”.

Os primeiros anos

Nascida em Long Island, Nova Iorque (sua mãe Patricia era uma cantora de ópera e treinadora vocal, seu pai Alfred, um engenheiro aeronáutico), Mariah se lembra de uma infância centrada na música. Quando tinha apenas três anos de idade, seus pais se divorciaram e Mariah foi criada por sua mãe. Ela diz que seu amor pela música começou ainda quando jovem.

“Eu comecei a cantar quando comecei a falar”, Mariah lembra. “Minha primeira lembrança da minha primeira ‘performance’ foi em um concerto. Eu acho que eu tinha uns quatro anos de idade. Minha mãe estava se apresentando e ela me ensinou uma música em quatro línguas diferentes que eu cantava no palco. Como uma criança, parece que havia centenas de pessoas lá. É uma doce lembrança que eu tenho mantido perto do meu coração”.

Mariah sempre encontrou conforto na canção. Quando criança, ela se lembra de levar escondido um rádio para a cama; até hoje, diz ela, quando está em um momento difícil, seja pessoalmente ou profissionalmente, ela se agarra na música para passar por essas dificuldades.

“Eu me consolo na música”, Mariah revela. “A música foi e sempre será a minha salvação. Nunca houve um momento em que eu não acreditasse que todas as coisas são possíveis. Minha mãe sempre me incentivou a acreditar em mim mesma. Ela dizia: ‘Não diga “se eu conseguir”, diga “quando eu conseguir”. Eu sempre tentei infundir essa mensagem na minha música”.

Estrelato Internacional

mariah-carey-40874-67998

Os anos 90 foram muito bons para Mariah. Ela era a única cantora a ter um single número um nos Estados Unidos em todos os anos dessa década. Ela vendeu centenas de milhões de álbuns e alcançou a fama rapidamente – aparentemente do dia para a noite.

Sua história de sucesso começa para valer em uma fria noite de dezembro em Nova York, em 1988. Foi quando Mariah, que estava lutando para pagar o aluguel e sem sucesso com sua fita demo, reuniu-se com a cantora Pop Brenda K. Starr e a acompanhou em uma festa. Lá, a fita demo de Mariah caiu nas mãos do chefão da Columbia RecordsTommy Mottola. Ele gostou do que ouviu, foi procurá-la e ela assinou um contrato.

Seu primeiro álbum, auto-intitulado “Mariah Carey”, foi lançado em junho de 1990 e foi um sucesso nos charts, produzindo quatro singles número um: “Vision of Love”, “Love Takes Time”, “Someday” e “I Don’t Wanna Cry”. O álbum a tornou em uma superstar, e ela levou para casa seu primeiro Grammy Award de “Artista Reveleção”. O mundo estava tomando conhecimento da cantora com a voz de cinco oitavas.

Seus álbuns de estúdio seguintes, “Emotions” e “Music Box”, mantiveram Mariah no centro das atenções. Ela estava no topo do mundo. Olhando para trás agora, Mariah diz que ela não teria alcançado tanto sucesso se não tivesse sido uma mulher forte e determinada.

“Eu posso ser perfeccionista”, ela ri. “Mas ninguém é perfeito. Estou muito focada em cada aspecto da minha carreira e acho que fui sempre assim. É por isso que estou tão animada com Las Vegas. Eu vou ser capaz de apresentar dezoito singles número um, que eu nunca tinha feito antes. Mal posso esperar”.

Ela continua: “Todo dia é uma nova aventura e sou muito grata pela habilidade e força para continuar. A vida é um processo de aprendizagem e eu ainda estou aprendendo”.

Deixe sua opinião

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.