Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Para aqueles que deduziram sobre o que era a letra de “Infinity” – Mariah Carey respondeu que a música não  é necessariamente sobre sua atual situação romântica.

“Eu não sinto que seja sobre a minha vida pessoal. Foi escrita para todas as mulheres, homens, ou para qualquer pessoa que já tenha passado por algum tipo de relacionamento”, disse Mariah para o Liz Hernandez do Access Hollywood. “Estou vendo isto como um mantra de amar a si mesmo … Se amar infinitivamente acima de qualquer coisa. Sendo assim, você poderá amar alguém ou qualquer outra coisa – a sua carreira, seus filhos e sua vida.”

A vencedora de cinco prêmios Grammy, que está em processo de divórcio com Nick Cannon, espera que a música ajude a todos que passaram por problemas em relacionamentos.

“É como se auto-emancipar. É como minha re-emancipação da Mimi. Eu espero que todos sejam capazes de cantar junto comigo, como um grande coral.”

E mesmo que a música seja sobre Nick, ela admitiu que prefere manter esta informação para ela mesma.

“Eu tento ser o mais reservada possível sobre a minha vida pessoal, é por isto que mesmo que se esta música fosse para alguém em particular, eu nunca iria dizer, porque seriam os meus pensamentos particulares”, ela contou para Liz. “Nós tivemos alguns colaboradores (na composição) desta música também.”

Para seus novos concertos em Vegas, “Mariah #1 To Infinity” (que começa no dia 6 de maio no Caesars Palace), Mimi disse que estar animada para focar suas energias em algo positivo.

“É uma grande distração”, já acrescentando que provavelmente ela não estará curtindo a noitada em boates na cidade. “Eu não quero me deixar levar por aqui e me tornar uma pessoa festeira. O cheiro do fumo é demais. O tabagismo por aqui é algo como… todo mundo fuma.” – disse ela.

“Eu não aguento a fumaça do cigarro, por causa do ‘efeito dela’, então acho que a minha ideia de diversão é ir para casa e assistir um filme com as criança – ou qualquer coisa que eles assistirem.” – finalizou.

Assista a entrevista abaixo:

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.