Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

A música “Without You” foi escrita sobre as relações de Pete HamTom Evans com suas namoradas: Ham escreveu o verso, Evans o refrão. A canção era cheia de observações épicas sobre a fragilidade do amor.

“No I can’t forget tomorrow, when I think of all my sorrow, when I had you there, but then I let you go”, escreveu Ham de seu envolvimento romântico; “I can’t live, if living is without you”, escreveu Evans.

Harry Nilsson popularizou a canção em 1971 e desde então, ela se tornou um enorme sucesso em todo o mundo. Virou um clássico, gravado por cerca de 180 artistas e, claro, um favorito dos karaokes da vida. E então, em 1994, ela surgiu novamente, desta vez a partir das cordas vocais formidáveis de Mariah Carey.

Sua versão é suave, polida, ofegante, cheia de floreios melismáticos. É tudo o que continua a ser errado com baladas populares de hoje em dia. A fragilidade desapareu, o experimental está longe de ser encontrado.

“I can’t live”, canta Carey, mas ela só está se preparando para a maior glória. No final da canção, um coro gospel se junta à ela. “No, I can’t live, no I can’t live”. A canção, lançada na semana após a morte de Nilsson, que teve um ataque cardíaco aos 52 anos, foi um enorme sucesso. Tanto que muita gente acredita que “Without You” foi composta e gravada originalmente por Mariah.

A versão de Mariah Carey, produzida pela própria cantora e por Walter Afanasieff, foi lançada como terceiro single do álbum “Music Box”, em Janeiro de 1994.

[youtube id=”Hat1Hc9SNwE” align=”center” mode=”normal” autoplay=”no”]

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.