Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

O clássico e aclamado álbum “Daydream” completou 20 anos esse fim de semana e o site The BoomBox fez um artigo para comemorar. Confira abaixo:

Mariah Carey já tinha seus Lambs comendo na palma de sua mão quando ela lançou seu quarto, criticamente aclamado álbum, “Daydream”, em 3 de outubro de 1995. Ainda colhendo os louros de “Music Box”, de 1993, e de seu primeiro álbum Natalino de 1994, “Merry Christmas”, a cantora foi indicada para seis prêmios Grammy com “Daydream”.

Mas mesmo com o single, “Fantasy”, no primeiro lugar das paradas, Carey voltou para casa da premiação com as mãos vazias. No entanto, ela não precisava de prêmios para provar que “Daydream” teve um impacto sólido em sua carreira e com os seus fãs. O álbum não só mostrou seus vocais poderosos, mas em canções como “Always Be My Baby” e “One Sweet Day”, com Boyz II Men, deu lugar a capacidade de Carey para equilibrar a tênue linha entre o R&B e o Pop. “Daydream” a solidificou como um artista que poderia dançar delicadamente entre ambos os gêneros, o que lhe valeu o respeito (e elogios) para os próximos anos.

Daydream

O álbum alcançou a posição número 1 na parada da Billboard 200. Enquanto isso, muitas canções – “Fantasy”, “One Sweet Day” e “Always Be My Baby” – chegaram nas primeiras posições em vários charts em 1996. Talvez o álbum foi tão bem sucedido, porque foi a primeira vez que Carey tomou mais controle sobre a parte criativa quando se tratava de composição e conteúdo lírico.

Ela bateu o pé e encarou sua gravadora e seu até então marido, Tommy Mottola, em um esforço para ter a direção de tudo. Valeu a pena. “Daydream” iria lançar a primeira de muitas colaborações com o produtor Jermaine Dupri e sua primeira colaboração com Babyface, com quem Carey co-escreveu e produziu “Melt Away”.

“Daydream” é reconhecido como um dos melhores álbuns da cantora tendo sido certificado diamante – apropriado para uma mulher que gosta do brilho e glamour que a vida tem para oferecer. Graças a suas letras sinceras sobre amor e perda, sua música ressoou com os fãs mais do que nunca. Ela recebeu os ouvintes em seu coração e lhes deu uma viagem musical que certamente parecia com um mundo de fantasias.

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.