Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Quando a M.A.C anunciou que Mariah Carey seria sua nova parceira em uma coleção de maquiagem, isto encheu o nosso coração Lamb de alegria. Enquanto teremos que esperar até ano vem para ver a coleção completa, a primeira peça – um batom cor de champanhe batizado de All I Want, que se encaixa perfeitamente com o estilo ‘festivo’ Mariah de ser – ele será lançado em dezembro. A cantora indescritível sentou-se conosco para saborear um chá (sem parecer que ela estava fazendo isto por obrigação) e falou sobre sua nova coleção, a beleza dos anos 90, karaokê, Cribs, a eleição de 2016 – nada fora dos limites.

NYMAG: Você disse que  não é muito fã do vermelho clássico, que prefere a cor champanhe. Como você pode fazer um look festivo sem usar o clássico batom vermelho brilhante?

MC: Eu acho o este champanhe é bom para o Natal. E você ainda pode passar um pouco de brilho na maçã do rosto ou nos olhos e também dá uma iluminada no rosto.

NYMAG: Você batizou esta cor como ‘nostálgica’. Existem outras tendências de beleza e moda dos anos 90 que você gostaria de resgatar?

MC: Eu não acho que houve grandes tendências de beleza durante os anos 90 – eu estava fazendo apenas o que queria. No começo, eu não sabia o que estava acontecendo com a maquiagem e depois eu tive sorte de trabalhar com grandes pessoas. Eu costumava trabalhar com a Laura Mercier, o que foi fundamental para mim.

NYMAG: Você já saiu da escola de beleza?
MC: [Orgulhosamente] Sim, eu sai!

NYMAG: Qual foi o melhor truque você aprendeu por lá?
MC: Acho que foi mais sobre as coisas de cabelo, como eles iriam fazer tratamento capilar no couro cabeludo dos outros. E tratamentos feitos com colesterol e coisas assim. É só colocar algo cobrindo o seu cabelo, tipo um boné. E aí eles ficam estimulando o seu couro cabeludo.

NYMAG: Então você não estava brincando?
MC: Não! Foi real. Tivemos que usar um avental e tudo mais. Além de um sapato medonho, mas foi divertido.

NYMAG: Você lançará uma coleção completa em parceria com a MAC. O que podemos esperar disto?
MC: Eu diria que tem sido maravilhoso trabalhar com as pessoas na MAC, porque eles têm sido bem companheiros e isto é ótimo. Eu cai de cabeça nisto e tenho amado tudo, desde a embalagem, que é fenomenal, até as cores, fizemos tudo juntos. Eu não posso dar muitos detalhes, mas estou obcecado com tudo isto.

NYMAG: E com tudo o que você aprendeu na escola de beleza, você provavelmente foi capaz de levar isto para sua coleção?
MC: Minha experiência na escola de beleza deixou todo mundo boquiaberto! [Risos]

NYMAG: Eu sei você gosta de conversar – então que tipo de conversa você gostaria de ter agora?
MC: Tipo assim, agora? Eu estou naquele momento ‘aqui estou eu’ ou espero que seja assim. Mas eu estou muito animada falando sobre o meu batom e tudo mais.

NYMAG: Você está aqui presente?
MC: Sim, eu estou aqui! [Risos]

NYMAG: E também usando a sua linguagem, o que você que é acha que é ‘fabuloso’ e o que é ‘tosco’ atualmente?

MC: O que eu acho tosco atualmente? Então, vou te dizer algo fabuloso sobre a palavra ‘tosco’. Minha filha de quatro anos, a Monroe, ela fica me perguntando: ‘Mamãe, o que é tosco?’. Ela fica me perguntando as coisas e se elas são toscas ou não. Então, você sabe né? Eu preciso ter muito cuidado com as coisas que eu falo. Mas eu acho isto tudo muito engraçado, acho que isto é muito fabuloso. 

NYMAG: Então, ela está seguindo a sua tradição?
MC: Sim!

NYMAG: Seus fãs gostam de te dar presentes insanos. O que você ganhou recentemente de um Lamb?
MC: Recentemente? Eu não sei. [bocejos]. Desculpa, eu estou tendo aquele momento de ‘sono’… Bom, tinha uma camisa muito interessante que um fã fez com uma frase que eu disse há alguns anos, quando eu disse isto, eu realmente não estava tentando ser engraçada, estava apenas sendo honesta e todo mundo aumentou a proporção, mas este fã tinha uma camisa e com a imagem de mim e a citação estava debaixo dela – e eu vou te deixar na dúvida de qual frase estou falando.

NYMAG: Eu consigo achar isto no Google?
MC: Provavelmente sim. [Nota do Editor: Após consultarmos uma membro nossa equipe que faz parte da Lambily, tivemos a certeza de que ela estava se referindo a frase?  “I Don’t Know Her”, famoso comentário que Mariah fez sobre a J-Lo, um fã fez uma camisa ano passado com esta imagem e frase.]

NYMAG: Todo mundo era obcedado com seu episódio do MTV Cribs. O que mudou na decoração do seu apartamento? Tipo, você tinha um quarto marroquino?
MC: Ele ainda existe.

NYMAG: Muita coisa mudou?
MC: Não muito, acredito eu. Eu adicionei algumas coisas, mas eles não mostraram
todos os cômodos no programa.

NYMAG: Eu lembro de ter assistido e pensado, este é o apartamento da solteira mais cobiçada de Nova York.
MC: Era! É claro que agora nós temos uma enfermaria por lá nos quartos das crianças. Por isto que agora é ele está diferente do que costumava ser. Então, é meio difícil, pois eu fiz este apartamento para que fosse de uma mulher solteira, não estava pensando em ter estes cômodos.

NYMAG: Você vai ao karaokê? Se sim, você tem alguma canção que você mais goste de cantar?
MC: Eu realmente não vou ao karakê, porque isto se torna uma performance vocal para mim em vez de ser uma diversão. Não é como ‘Vamos cantar esta música para descontrair’. Isto não divertido para mim.

NYMAG: Por que você encar isto do ponto de vista profissional?
MC: Bom, é isto que eu quero dizer. Acho que isto pode ser divertido para as outras pessoas fazerem.

NYMAG: Se você fosse um olheiro de uma gravadora, existe algum artista novato que você gostaria de assinar contrato por agora? Alguém que você realmente tenha gostado?
MC: Acho que o negócio é o seguinte, se existe este alguém e ele já está sendo
ouvido, logo ele já assinou contrato com outra pessoa.

NYMAG: Verdade. Então, acho que você estaria roubando o artista de alguém…
MC: Exatamente. Eu não quero roubar artistas de outras pessoas.

NYMAG: Tem algum artista que você tem gostado de ouvir hoje em dia?
MC: Eu gosto do The Weeknd.

NYMAG: Você é uma feminista?
MC: Eu acho que sim, mas de uma jeito inesperado. Eu não sou uma Gloria Steinem da vida, mas eu sou muito a favor de mulheres poderosas.

NYMAG: Mas eu acredito que você apoie a Hillary Clinton. Será que você poderia escrever um hino para campanha dela? Se sim, como ele seria?
MC: Bom, esta é uma pergunta muito difícil.

NYMAG: Sim, mas você não se compromete em escrever um?
MC: Eu não sei como te responder isto. Escrever um hino para alguém é algo muito importante. Eu escrevi o meu próprio hino, ele é chamado de ‘Mariah’s Theme’, e está no meu álbum Rainbow de 199, isto já faz um tempinho.

NYMAG: Então, você seria capaz de fazer um “Hillary’s theme”?
MC: Não sei, eu teria que ver sobre o que ela gostaria de falar na música.

NYMAG: Você é fã dela?
MC: Bom, eu gosto de falar algo: “Nós amamos todo mundo.”. Esta é a minha típica
declaração – a minha forma apolítica de dizer ‘me deixe de fora desta roubada’.
[Risos]

Fonte: NY MAG

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.