Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

A melhor coisa de assistir todas as noites do concerto de Mariah Carey, ‘All I Want For Christmas Is You’, é que agora indo pela terceira vez eu já estou completamente inspirado natalino, e realmente já posso saborear todos os detalhes.

Uma noite você está completamente focado em apurar os vocais de Mariah, posteriormente na segunda noite você pode apreciar  esta apresentação espetacular, desde a coreografia dos números, especialmente de   “Christmas Time Is Here”  e ver que de fato a Mariah ama os personagens do Snoopy. Na terceira noite,  podemos analisar o cenário, os personagens no palco, as crianças dançando, o coral gospel, os dançarinos e uma banda excepcional – que realmente fez um excelente serviço ao executar todas as  músicas de Natal dela. Não importa se você tem Juilliard em seu currículo: se você não pode fazer o robô  do quebra-nozes do ballet de Mariah Carey dançar, você não tem habilidade alguma para estar presente no grandioso concerto dela. E se você é o cara que está encarregado de se vestir com a fantasia de boneco de neve, pode ser ser um pesadelo ter que carregar aquele chapéu pesado, então é melhor que você trabalhe direito, vadia!

Mas vamos começar pelo começo, minha bunda mal tinha acabado de tocar no assento no Beacon quando uma varinha de plástico brilhante encostou no meu ombro: “Pega uma pra você ou passa uma para frente”, eu não dei a mínima, porque não ficaria segurando aquilo no show, mas fiz a minha parte como ser humano e passei para frente. A cortina subiu, e a Mariah apareceu ali com seu vestido branco bem brilhante, e mais uma vez ela abriu o concerto com “Hark! The Herald Angels Sing”. À medida que progredimos nesta viagem de 10 dias, é claro que a noite de abertura também passa a ser um ensaio formal dos concertos seguintes: Mariah só melhora a cada show que passa, ficando cada vez mais confortável ao cantar, andando naquelas plataformas altíssimas, mesmo quando ela ajudada por alguém de sua equipe, que tem um único trabalho de fazer uma dancinha com ela segurando o braço, ou passando o mão em volta de sua cintura para guiá-la de um lado para o outro, ou até o seu pedestal do microfone. Mimi poderia lançar uma linha de Greatest Hits com os seus melhores saltos já usados neste concerto, ela anda guiada pelo palco como se fosse a Cinderela. É muito bom ser a MC!

Mariah fez uma pausa para agradecer seus Lambs, especialmente aqueles que voaram de muito longe para vê-la, e é nesta parte que percebo que Mariah adora as palavras “reconhecer” e “agradecer”. Você pode imaginar  Mariah mexendo naquele seu guarda-roupa com um zilhão e roupas e ‘reconhecendo’ todos os vestidos, ou  arrumando as almofadas de seu famoso quarto marroquino (te amo, e sinto falta de seu MTV Cribs) para ela que possa ‘agradecer’ pelo o seu conforto. Bom, ela agradeceu os membros de sua banda, o coral gospel, e também ‘reconheceu’ e ‘agradeceu’ aos seus fãs da primeira fila. Aquele tal grupo que falei anteriormente, que eram responsáveis pela tal varinha de plástico brilhante, até que um maluco atrás de mim falou: “São os fãs chineses de Mariah que sempre vão a todos os shows dela. Ela sempre sabe que eles estarão presentes”. Provavelmente, mesmo que ela não tivesse visto eles, a equipe dela estava nos bastidores com uma plaquinha de LED escrito: “China”, para ela lembra que eles estavam lá. Uma coisa é sair do Sul de Brooklyn para ver a Mariah na região central da cidade, como eu tinha feito. Outra coisa é pegar o seu passaporte e viajar com uma varinha brilhosa e sua bagagem de mão ao redor do mundo para provar a sua devoção por ela, por isto que eu tiro meu chapéu par vocês, membros da lambily chinesa! Isto é que chamamos de uma dedicação séria.

Aqueles que estavam lá longe da primeira fileira aproveitaram que Mariah estava brincando com a platéia começaram a gritar chamando a Mimi de : “RAINHA DO NATTTTALL”, e ela sorriu respondendo: “Eu não posso receber este título! Eu não sou a Mariah!”, e então eles passaram a gritar: “Rainha Laaamb!”, e ela respondeu: “Rainha lamb? Este sim eu vou aceitar!”. E então todos continuaram a gritar, e ela realmente se esforçou para agradar todo mundo e ninguém ficar sem receber atenção devida, e então começou tocar os primeiros acordes de “Oh Santa!”. O que me leva para outro aspecto que foi involuntariamente subestimado para mim nos últimos dois shows de Mariah: A sua banda estava curtindo demais naquela noite, eles estavam mandando muito bem, e o seu baixista ganhou pontos extras comigo nesta noite por fornecer batidas de formas espetacular. Então vendo isto acontecer, percebi que “All I Want For Christmas Is You” já não era a faixa que mais ouvia no Spotify, e sim “Oh Santa!”. Eu comecei a ouvir esta música no início desta semana no Spotify, e fico cantarolando ela feito uma louca no metrô. E tudo isto graças ao baixo desta canção, quero agradecer ao Sr. baixista de Mariah Carey por esta minha recém descoberta.

E então veio  “Carol of the Bells” e o restante do show, enquanto Mariah se arruma para seu número final, seu bailarinos fizeram um número de dança muito bem executado, todos usando roupas brancas, algo que não tinha reparado muito bem nas duas primeiras noites. E  antes de Mariah retornar ao palco, eu pensei em algo que a minha Natalie havia falado na noite anterior: Mariah Carey usa vários vestidos iguais de cor diferente durante o show? E estes vestidos que parecem bem comportados na parte da frente, com muito brilho e glamour, já na parte de trás eles deixam suas costas nuas e valorizam toa sua curva. Como ela faz para deixá-los intactos durante o show todo? Isto é uma coisa que mostra completamente o status de grande diva que Mariah tem: Ela é como se ela tivesse algum secreto mítico fabuloso, e às vezes estimula a nossa imaginação. Eu não tenho idéia se esses são os mesmos vestidos que ela está vestindo a cada noite, mas acredito que ela deve ter mandado secretamente fazer vários vestidos iguais e deixado todos no camarim do Beacon para poder usá-los no show durante estes dias. É a minha intuição imaginária, eu só sei que não consigo parar de pensar nisto desde que os shows começaram!

E ‘estas notas que só Mariah consegue atingir’, parecem se multiplicar e melhorar a cada noite, ‘Emotions’ tem sido uma experiência religiosa para todos nós. E “All I Want For Christmas Is You” esta cada vez melhor e mais divertida como o grand finale, não sai da minha cabeça. Lembram quando “Hotline Bling” foi lançada e ela tocava toda hora?  A releitura de Drake veio a minha mente quando eu lembro dele triturando aquele cara de roupa laranja. Então da vez que vejo o ‘boneco de gelo’ e Mariah Carey em ‘All I Want For Christmas Is You’, lembro de quando ela falou para ele na primeira noite que ele ‘estava um pouco dramático’, ou daquela risadinha debochada que ela deu na segunda noite. Toda vez que vejo o boneco de neve dançando e batendo nos resto do ballet e ninguém ficando congelado, eu tenho vontade de rir (Risos = endorfinas. Endorfinas = vibrações positivas), mesmo quando ela está sendo engraçada involuntariamente, Mariah sabe exatamente o que está fazendo.

A minha única reclamação até agora: Toda vez que ela toca um trecho de ‘Fantasy’ para multidão e ela cantarola, logo depois fala: “Não, não, é este tipo de show!”, antes de começar a cantar  “Oh Santa!”, uma parte de mim morre. Porque ela canta três música fora do contexto natalino, e acho aquela poderia repaginar isto toda noite. Ela é proprietária de um enorme catalogo de sucessos, acho que ela poderia mostrar um pouquinho mais de amor para gente! E passar a cantar nas próximas noites um pouco de “Fantasy”, “Heartbreaker” ou “Always Be My Baby”, ou eu vou ficar desapontado. E assim é assim é difícil aceitar quando começa a tocar “All I Want For Christmas Is You” e entra este bizarro boneco de neve e o show acaba, pois sempre ficamos com um gosto de quero mais, porém a noite quatro trouxe mais momentos divertidos involuntários.

Ouça ao show completo abaixo:

[youtube id=”yNdLdqBpeFE” align=”center” maxwidth=”500″]

Fonte: The Village

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.