Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Por Jen Juneau

O primeiro cassete que comprei na minha vida com o meu próprio dinheiro foi o do álbum ‘Daydream’ de Mariah Carey, no final de 1995. Eu tinha visto o vídeo de ‘Fantasy’ no VH1 e queria fazer duas coisas: 1. andar de patins em um parque o mais rápido possível, e 2. Eu precisa saber mais sobre esta mulher encantadora, que tem uma voz de anjo. Eu ouvi o Daydream mais do que qualquer outro álbum na minha vida, nunca pulei uma música. E ainda está entre os meus cinco álbuns favoritos de todos os tempos, mesmo 20 anos depois de seu lançamento.

Mas se você sabe algo sobre o legado que Mariah Carey deixou na música e no mundo em geral, o seu talento é realmente surpreendente. Sua carreira que se estende por quase 30 anos, durante os quais ela já lançou 14 álbuns e estrelou alguns filmes. Ela detém o título de artista que mais vendeu discos durante os anos 90, e está no top 10 dos artistas que mais venderam disco em toda história. Atualmente, até fevereiro do ano que vem, ela está fazendo uma residência em Las Vegas, onde canta todos os seus clássicos que atingiram ao primeiro lugar das paradas.

E além de sua impressionante carreira, Carey tem sido a porta-voz de muitas mulheres, aquelas que lutaram a vida inteira para conseguirem de fato serem elas mesmas, provando de uma vez por todas que sua atitude estava certa, ou seja, sem precisar ser obrigada a entrar em um padrão para ser aceita e nunca aceitando um não como resposta. Sem mais delongas, e para comemorar os 20 anos do Daydream, embora seja um pouco tarde, aqui está a minha lista porque Mariah ainda é muito amada até hoje, e será praticamente para sempre.

O óbvio: a sua voz

Carey está em primeiro lugar quando falamos sobre o famoso incrível alcance vocal de cinco oitavas. Ela é uma cantora maravilhosa, enquanto ela poderia ter virado mais uma cantora de baladas mela cueca como Celine Dion (uma estrela que tem seu próprio mérito, que está apenas atrás de Mariah quando falamos de vendas e popularidade). Carey já incorporou vários gêneros em sua música durante toda sua carreira. Foi do Pop ao R&B, do clássico Rap até as músicas de Natal, eu tenho certeza que todas as suas músicas são destruidoras.

E ela inspira aqueles que sempre buscaram por liberdade

Os meus dois álbuns favoritos de MC são o Daydream (dã!) e o seu álbum lançado após ele, o Butterfly de 1997. A razão de eu amar este álbuns é que posso ouví-los do começo ao fim, sem pular uma única faixa, pois eu acho que eles são os mais honestos de toda sua carreira, eles narram exatamente o fim de sua relação com o seu ex-empresário e ex-marido, o magnata Tommy Mottola, onde ela finalmente pode se tornar a artista que ela sempre quis ser. Desde a metade da década de 90, Carey continuou a ser um grande exemplo para as pessoas que sempre desejaram ser livres, lutam por sua liberdade, e confiam em si mesmo para conseguir tomar as decisões corretas em suas próprias vidas.

Mas isto não significa que ela está 100% definindo o seu próprio caminho e que nunca está aberta a à mudanças em seu destino. Em uma entrevista para revista OUT de 2014, Mariah afirmou que ela nunca desejou ser mãe (ela é mãe de um adorável casal de gêmeos de 4 anos de idade, Moroccan e Monroe), mas agora ela disse jamais conseguiria imaginar a sua vida sem eles.

Butterfly também nos trouxe aquele hit massivo chamado ‘Honey’, cujo o videoclipe realmente me convenceu que um dia eu também poderia me tornar uma Bond Girl.

Ela é muito grata aos seus ídolos

Mariah Carey sempre declarou que Marilyn Monroe foi e ainda é uma grande influência para ela, “Foi ela que abriu o caminho para as mulheres em Hollywood, e acho que todas as mulheres sempre deverão agradece-la por isto, gostando ou não de sua imagem” – falou Mariah em 2014. E eu concordo 100%, Monroe é responsável por todas as mulheres assumidamente se acharem e sentirem sexy – e talvez seja isto seja o seu legado mais importante.

Além dela, Mariah também revelou ao longo de sua carreira que ela possui outros grandes ídolos, como Patti LaBelle, Billie Holiday, Aretha Franklin, Gladys Knight, além de inúmeras cantoras gospel, além da falecida Whitney Houston, com quem ela colaborou na icônica e linda balada chamada “When You Believe” para a trilha sonora do filme ‘Principe do Egito’ de 1998.

Ela entende a importância de você ter orgulho e sempre lembrar de onde veio

Carey teve uma infância muito difícil, devido a sua formação mestiça, ela nunca sentiu completamente branca ou negra, e isto causou muitos conflitos dentro de sua família e na sua comunidade. Ela acabou se afastando de seu pai, por causa disto também. Talvez isto tenha sido a parte mais difícil de sua educação. Carey é extremamente grata pelo sucesso que conquistou, como falou para Slate em 2008, “Jamais posso me colocar na categoria de pessoas que não somente revolucionou a música,  mas também revolucionou o mundo de modo geral.”, Eu discordo completamente de MC, mas eu aprecio a sua humildade, no entanto.

Ela também falou para OUT de um incidente que aconteceu quando ela tinha oito anos de idade, quando a sua mãe estava namorando com um homem, e que o relacionamento foi um pouco mais intenso, e então ela fez um pacto com ela mesmo. “Eu disse ‘eu nunca me esquecerei como uma criança se sente quando ela não pode ser ouvida ou vista’. É como se a sua opinião simplesmente não significasse nada, ou que seus sentimentos não fossem reais.” Esta recordação de Mariah Carey, sobre como uma criança se sente, realmente me fez reavaliar o propósito da minha vida.

E ela não tem medo de dizer o que ela pensa, de ser 100% ela mesma

Enquanto Mariah Carey pode ser chamada de maior de todas divas, ela realmente tem orgulho de falar o que pensa, sem pensar na opinião dos outros. Ela, que ganhou fama e popularidade ainda muito jovem, declarou recentemente que não conta os números, que não gosta de falar sobre idade: “Eu não contos os anos, realmente para não lembrar que eles existem. Eu faço aniversário, e não idade, porque eu quero celebrar a minha vida e não os números, darling.”. Além dela sempre dizer: “darling, dahhhhling” com muita frequência, e eu realmente amo muito tudo isto.

Ela é o verdadeiro anjo do Natal

Eu sempre digo realmente amo esta época do ano, pois nós ouvimos “All I Want For Christmas Is You” mil vezes por dia tocando nas rádios durante o período natalino. Apesar de existirem várias regravações deste clássico de Mariah, nunca nenhuma versão será tão boa e famosa quanto a original, mas o que ainda mais me surpreender é como ela fez uma bela homenagem para o Natal, pois ela é a verdadeiramente a rainha do Natal, me desculpe Lucy (personagem do Snoopy).

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.