Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Após 13 anos de demora, os holandeses finalmente conseguiram assistir a um concerto de Mariah Carey no país, em vez cantar músicas mais recentes, Mariah preferiu dar ênfase ao seu passado glorioso

Apesar de ter tido uns hits mais recentes, a estrela norte-americana Mariah Carey preferiu cantar seus grandes sucessos mais antigos. Mariah fez uma viagem musical em sua baladas dos anos 90 e seus hits de R&B e Hip-Hop da década passada.

Durante os anos 90, a diva rompeu o nome e tornou-se a maior estrela global daquela década. E trouxe tudo aquilo de volta no palco de seu concerto de último sábado, ela cantou “Heartbreaker”, “One Sweet Day”, “Hero” e “Without You”, fazendo um concerto para ninguém reclamar.

Carey também cantou de forma espetacular o seu clássico de 1991, “Emotions”, mostrando que ainda consegue fazer todos aqueles lendários whistles.

O figurino teve altos e baixos, ela iniciou o concerto usando um collants muito vulgar, muito cavado e curto, porém o look foi melhorando ao decorrer do show. Ela se manteve fiel aos vídeos que eram exibidos no telão. Ela também teve apoio de 6 bailarinos, que preferiam exibir seus corpos sarados do que realmente acrescentar algo ao show.

O resultado disto tudo foi que eles queriam chamar mais atenção que a própria anfitriã. Depois de uma uma longa ausência no palco, e escolhas erradas de repertório, conclui Mariah poderia ter cantado mais músicas atuais. O show parecida um concerto de despedida. Mas apesar disto, ela  mostrou que, diferente algumas outras cantoras de sua geração, ela ainda pode cantar seus hits mais antigos de forma decente e convincente, sem passar vergonha. Mas ainda assim, Mariah poderia ter optado por canções mais recentes do que insistir em cantar clássicos muito antigos.

Fonte: Telegraaf

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.