Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

A Billboard fez uma lista com os 88 álbuns que receberam disco de diamante (do pior para o melhor) nos EUA e fez um breve comentário sobre cada álbum.

Confira:

MC_Daydream

66. Mariah Carey, Daydream (1995, 10x Platina)

A regravação de “Open Arms” é uma boa chamada, “Always Be My Baby” é eterna (de uma maneira ainda maior que “Forever”), e a colaboração com os Boy II Men em “One Sweet Day” equivale para o Pop dos anos 90 como o solos de guitarras do Jimmy Page com Eddie Van Halen. Mas Daydream comete o pecado original de “Fantasy” ter seguidas 11 músicas que não são uma fantasia (pela ausência de Fantasy Remix) e que não podemos perdoar – nem mesmo Kanye iria deixar essa droga passar.

Mariah_Music_Box
56. Mariah Carey, Music Box (1993, 10x Platina)

Como a maior parte dos álbuns de Mariah Carey nos anos 90, há uma música pop grudenta para cada balada poderosa – embora no caso do Music Box, “Hero” foi lançada no último momento, quando ela realmente precisava ter lançado “Anytime You Need A Friend” antes. As músicas são mais profundas e melhores que as do Daydream, com algumas produções no estilo do C+C Music Factory, como “Now That I Know”, que é uma música incrível e merecia ser lançada, e também ainda tem a “I’ve Been Thinking About You,” que é uma canção de pop-dance divertida, que lembra o som Londrino da década de 90.

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.