Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Mariah Carey avisou aos 20 milhões de seguidores no Twitter que teve uma grave infecção respiratória no começo do mês passado. Então, ela precisou cancelar alguns de seus shows natalino. Porém, ela já está recuperada e voltou com tudo, esta é a segunda turnê em menos de 2 anos que Mariah realiza em território britânico.

O conceito do show nasceu de uma residência anual bem sucedida que Carey realiza todos os anos no Beacon Theatre em Nova York. Embora ela não seja mais aquela grande  vendedora de álbuns do passado, o fato é que ela costurou muito bem o Natal somente para ela. O seu single de 1994, ‘All I Want For Christmas Is You’ é o passaporte festivo favorito da massa, o single atinge ao topo das paradas todos os anos, atualmente ele está em 5°lugar entre os mais vendidos no Reino Unido e em primeiro lugar na tabela de tendências do Google, supostamente ela teria ganho até hoje cerca de $60 milhões de direitos autorais pela icônica faixa.

“All I Want For Christmas Is You, A Night of Joy & Festivity” oferece toda as qualidades fundamentais  que a cantora que mais vendeu discos de todos os tempos, focada nesta época do ano. Muito glamour, sentimentalismo, brilham juntos com todos os aparamentos – Carey está aqui como um elemento. A produção
inclui muitos aderesos, desde elfos, fadas, soldadinhos de chumbo, árvores de Natal e dançarinas vestidas de renas.

E a diva relevou que tem renas de verdade em sua c asa, “Eu não sei por que isso seria uma surpresa”, diz ela, minando a percepção de que uma mulher conhecida por uma “diva” não poderia ter senso de humor.

Humor? O show está mergulhado dele, desde os seus dançarinos machucados, que a levantaram no alto, até seus filhos, os Dembabies, que participariam de um número. Eles iam com a mamãe a faixa ‘The Star’, que foi indicada  esta semana ao Globo de Ouro, mas estavam muito cansados e resolveram dormir mais cedo, “Eu tento ser uma pessoa  responsável, então deixei eles dormirem, certo?”. É seguro dizer que Mariah acha graça disso tudo, com quadro mudanças de roupa e uma equipe de 35 pessoas no palco, ninguém pode testemunhar estes 75 minutos de show sem concluir que Mariah é realmente uma boa alma.

Em sua turnê, ela explica por que escolheu fazer o show em Manchester antes de Londres, “Estou feliz que podemos trazer nosso amor para vocês aqui, especialmente este ano, especialmente neste edifício”. O trabalho de reconstrução ainda está em curso, sete meses após o ataque terrorista no show de Ariana Grande e Carey pede um  minuto de silêncio  “para honrar todos os afetados pela tragédia “.

Depois de lançar dois álbuns de Natal, Carey não é aquém de músicas apropriadas, e muitas vezes sugere escolhas menos óbvias. Embora ela comece com o concerto com‘Hark! The Herald Angels Sing’, acompanhado de músicos vestidos de branco e queda de neve, a próxima música é o tema jazzístico de ‘A Charlie Brown Christmas’, com com excertos do especial de televisão de 1965 no telão ao fundo. Ela visita vigorosamente o Natal de Darlene Love ( com “Baby, Please Come Home“), curvando-se para pegar um cordeiro de brinquedo jogado da multidão. “Tão doce”, diz ela. “Eu tenho todos os meus Lambies comigo”.

Ela cantou várias de suas composições natalinas, como “Oh Santa!” e “When Christmas Comes”. Durante as pausas, ela sai do palco para trocar de roupa e um vocalista de apoio continua cantando, não querendo deixar a noite terminar.

Antes de chegar ao bis, ainda há uma quantidade razoável de Natal para enfrentar. Com cada música, uma peça composta que emprega paisagens, trajes e, em um ponto, um banho de confetes de cinco minutos, o show deve custar uma fortuna para o palco. Depois de uma pequena pausa, Carey, surge totalmente confortável se equilibrando em seus sapatos de salto alto. Sua voz, no entanto, continua notável. Sua nota alta C-5, que possui uma compilação do YouTube própria, está intacta; Ela nos deixa de olhos arregalados durante a apresentação de “Silent Night”. Sua nota de apito é saudada com saudações sempre que ela fica parada no microfone e executa a nota com facilidade, ela fez isto com um propósito, para intimidar os seus haters. Diferente do que foi dito em crítica anterior, que seus cantores de apoio que fazem o trabalho pesado do show, ela demonstra que ainda tem muita voz para exibir ao mundo, e eu nunca diria que ela perdeu a voz, pois ela ainda tem ‘o poder’ em suas mãos.

Fonte: The Guardian

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.