Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Eventualmente, até mesmo Mariah Carey teve que crescer. A mãe de dois filhos, mesmo que ainda esteja se comportando com uma gatinha do sexo com um brilho em seus olhos, tem o melhor álbum em uma década com “Caution”.

Desde 2005 com o “The Emancipation Of Mimi”, Mariah tinha se direcionado cada vez mais para o hip hop genérico. A sua voz tornou-se cada vez mais tensa enquanto ela tentava replicar a magia daquele álbum de retorno. Três álbuns novos após que venderam cada vez menos, à medida que ela envelhecia, perdia o seu público-alvo e tinha muitos problemas com publicidade.

Mas vamos pular as falhas. Com uma gerência e relações públicas. Mariah Carey também cedeu e conseguiu alguns músicos para “Caution”. Timbaland é proeminente nas dez faixas. Assim como os principais compositores e produtores de hip hop  como Skrillex e Poo Bear (eu sei que são todos apelidos, o que você pode fazer?). Esses caras sabem como fazer discos pop cativantes – eles trabalham com os Justins (Timberlake e Bieber). Eles não estão brincando ou experimentando. Eles são como verdadeiros produtores de discos que conhecem ganchos e onde colocar uma voz.

Este grupo criou um espaço acolhedor para a voz de Mariah brilhar. Ela não está cintilando, como em “Vision of Love”. Mas ela não está mais enrolando, também. Os produtores criaram um disco do tipo de Janet Jackson para Mariah, onde uma mulher de 50 anos ignorando sua idade pode encontrar a paz. Funciona.

Infelizmente, quatro das 10 faixas já foram lançadas como singles e falharam. Isso foi um erro. O melhor deles, “The Distance”, merece outra chance. Mesmo “GTFO” sai melhor no álbum do que sozinha. O única negativa é o uso indevido da palavra não “Irregardless“, na música “A No No”.Oops!

As seis músicas mais novas são realmente fortes, cativantes, sensuais, comerciais e tocadas por Mariah. “Giving Me Life” e “Portrait” são baladas. “Stay Long Love You” com a participação de Gunna é a principal faixa otimista, e pode ser remixada para rádios ou clubes facilmente. Há muito piano em “Caution”. Eu gostaria de saber quem estava tocando. (Sem créditos ainda.)

Mas pela primeira vez, temos a voz de Mariah na frente e no centro, sem truques aparentes. A sensação é que ela está com o timbre semelhante a de Anita Baker. Eu realmente gostei de uma faixa chamada “One More Gan” (gan novamente). Como as outras faixas, “One More Gan” evoca o brilho de um rico álbum de R&B que adultos e crianças podem abraçar.

Estou impressionado. Eu não sabia se Mariah tinha isso nela. Agora, ela deve reservar alguns locais pequenos e mostrar seu trabalho.

PS Isso “irregardless” – não é assim nas letras oficiais. Independentemente disso, o que é adequado. Talvez Mariah precisasse alongar a palavra; ela mesma fez isso. Ainda não é uma palavra.

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários

344BDA56-1C2B-4C54-92BF-B671ED08906F.jpeg
E0000A7C-B0BD-4347-9EA1-AB2D21146DF5.jpeg
IMG_3372~0.jpeg
IMG_2973.jpeg
9DE518D4-8F92-4FE3-B914-DBA9BF2FCC81.jpeg
IMG_3119.jpeg
E0BA3E6B-0938-4560-9EE9-5628E11786EB.jpeg
mc-mainban.jpg
MAPA_MARIAH_1080x1080.png
612F932F-C378-44E6-AE2A-9F048D214AC7.jpeg
047561D9-1827-41C1-A378-A12A30362154.jpeg
9D8F74C8-EC9A-431F-B58F-FBE25F042F72.jpeg
IMG_2926.jpeg
IMG_2940.jpeg
12ffe3ce-9e97-44e3-a0c5-e02c498ab734.jpeg
f29d29d3-4d05-4a43-acd2-67c4b6d01551.jpeg