Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

O ator Rob Huebel detonou Mariah Carey por seu trabalho no novo filme de Will Ferrell e Amy Poehler: “Foi insano”.

Huebel, que apareceu em numerosas comédias de cinema e televisão na última década (incluindo a versão cinematográfica de Baywatch que vai estrear nesse fim de semana), criticou Carey  por seu comportamento no set de filmagens da nova comédia de Will Ferrell e Amy Poehler, The House.

“Refizemos algumas cenas com uma estrela pop chamada Mariah Carey. Não deu muito certo”, disse Huebel antes de perguntar se ele podia falar palavrão durante a entrevista que foi concedida ao vivo. Depois de lhe ter dito que sim, Huebel continuou: “Que porra ta acontecendo com ela? Foi insano”.

De acordo com Huebel, Carey chegou “quatro horas atrasada” no estúdio e fez  o que chamou de “pedidos surpreendentes”, incluindo que a lendária cantora pop necessitou de “rosas todas brancas” em seu trailer junto com bichinhos de pelúcia (cordeiros, por conta dos fãs de Carey serem chamados de “Lambs”).

No filme, Ferrell e Poehler interpretam pais que se transformam em magnatas de cassinos de baixo nível em um esforço para pagar a taxa de matrícula da faculdade de sua filha. Carey, segundo Huebel, foi convidada para fazer uma participação como ela mesma.

“Ela foi contratada para cantar uma canção e ela disse: ‘Gente, eu não quero cantar essa música’. Eles disseram: ‘Nós contratamos você para cantar essa música'”, disse Huebel sobre o filme, que é produzido por Ferrell e Adam McKay, entre outros. “Então, eles iriam fazer uma cena em que atiram nela, eu acho, e eles a matam – no filme. Não na vida real. Mas ela não queria isso. Ela falava coisas do tipo, ‘Eu não acho que minha personagem seria morta por balas. E se eu desviasse dos tiros como a Mulher Maravilha?’ Eles disseram: ‘Mariah, não temos tempo para isso. Você está recebendo muito dinheiro. Nós contratamos você por um dia. Não temos tempo para discutir com você. Basta fazer isso’. Ela simplesmente não queria fazer o que eles queriam que ela fizesse. De qualquer forma, por que estou falando sobre ela?”.

Pressionado se Carey permaneceu no filme, Huebel disse que não tinha certeza. “Apenas saiba, se você a vir no filme, eles tiveram muito trabalho”, disse ele.

Os representantes de Carey não fizeram comentários.

A Warner Bros., que está lançando The House, também não comentou sobre o fato.

Confira abaixo a entrevista de Rob Huebel:

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.