Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

MC

O portal australiano AdelaideNow.com.au fez um review sobre a apresentação de Mariah com a “The Elusive Chanteuse Show” na cidade de Adelaide, no dia 05 de novembro. Confira abaixo:

Por Matt Gilbertson

Enquanto o público esperava por Mariah Carey, que já estava cerca de 25 minutos atrasada para subir ao palco do Adelaide Entertainment Centre, havia um sentimento de nervosismo no ar.

Fãs tinham lido críticas mistas de seu show em Perth, duas noites antes, além de ouvir e ver as imagens chocantes da cantora se esforçando para cantar em toda a Ásia há apenas algumas semanas atrás.

A verdade é que, no primeiro show de Mariah em Adelaide, ninguém sabia realmente o que esperar.

Mas a partir do momento em que a Diva subiu ao palco cantando “Fantasy”, todas as dúvidas foram varridas para debaixo do tapete.

Vestida com uma roupa brilhante e acompanhada por sete bailarinos e uma banda de oito pessoas, Mariah estava, na maior parte do tempo, em chamas!

A voz que todos nós começamos a adorar durante os anos 90 estava de volta. Ela acertou todas as notas agudas e os famosos e impagáveis whistles durante a canção “Emotions”.

Mas o que mais chamou atenção foi o senso de humor hilário de Mariah Carey.

MC1Ela é claramente um artista que não se leva muito a sério e brinca com sua reputação de Diva em cada oportunidade.

Ao longo da noite ela carinhosamente chamou o seu público de “Lambs” e “Dahhhhlings” e quem mais, além de Mariah seria capaz de receber uma visita no palco dos figurinistas, que a enfeitavam com jóias e retocava seu cabelo e maquiagem – enquanto ela se sentou em cima de um piano de cauda usando um vestido preto.

Todos as canções favoritas estavam lá – “Touch My Body”“Honey” foram destaques no show de quase duas horas de duração. Teve também uma pequena amostra de “All I Want For Christmas Is You”, acompanhado de sua atração de abertuta, Nathaniel Willemse, que se revelou um artista que vale a pena assistir.

Com não mais do que 3000 pessoas na platéia, o palco estava enfeitado de maneira bem simples, parecia até que alguém tinha dado um pulo na papelaria mais próxima para comprar  10m de papel lamê dourado antes do show.

Os níveis de energia de Mariah oscilavam durante o show. Às vezes, ela estava dando tudo de si, em outros momentos ela andava como uma Drag Queen envelhecida.

Ela ainda dublou como tal durante um medley de seus antigos sucessos de R&B, como “Heartbreaker”, que teria sido perdoável se ela estivesse dando piruetas como um de seus dançarinos, mas infelizmente ela não estava.

Não que isso realmente importasse – no final, o público a adorava.

Talvez eles estivessem apenas aliviados, talvez a personalidade atrevida de Mariah tivesse encantado a multidão durante do show. O que quer que tenha sido, funcionou, e nós a amamos por isso.

Viva La Diva!

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.