Mariah Now é a sua maior fonte brasileira sobre a Mariah Carey. O site é totalmente dedicado para os fãs da Mariah. Acompanhe notícias, vídeos, entrevistas, participe de promoções e eventos. Todo conteúdo divulgado no site é criado ou editado por membros da equipe, qualquer conteúdo retirado daqui, mantenha seus devidos créditos. Somos apoiados pela Universal Music Brasil e pela Sony Music Brasil.

Mariah CareyStella Bulochnikov não trabalham mais juntas, conforme foi confirmado no último fim de semana. Confira abaixo o que foi publicado pelo site Showbiz 411.

Mariah Carey finalmente escapou das mãos de sua empresária controladora, Stella Bulochnikov. Mas o que vai acontecer com Mariah, que nunca pode ser controlada por ninguém? Fontes dizem que o dançarino Bryan Tanaka, seu namorado, agora está no comando. Mas o problema é que ninguém é responsável por Mariah. Antes de Stella, Carey foi administrada por seu amigo Randy Jackson, e depois por Jermaine Dupri. Nenhum deles conseguiu colocá-la no caminho certo.

A carreira de Mariah é uma montanha-russa diferente de qualquer outra. Ficou completamente fora dos trilhos quando seu casamento com Tommy Mottola começou a desmoronar. Mottola então começou a prejudicar Carey no quando ela lançou o filme “Glitter”. Ela não teve uma boa fase, mas se recuperou com o sucesso monstruoso de “The Emancipation Of Mimi” em 2005, guiado por LA Reid.

Mas então Nick Cannon apareceu, depois os gêmeos, e assim por diante. Mariah não teve um álbum de sucesso em uma década. Um álbum inteiro – um muito bom. “Me. I Am Mariah…The Elusive Chanteuse” teve um título terrível. O resto, como se diz, foi só piorando, incluindo o divórcio com Cannon, o “romance” com o bilionário James Packer, o reality show cancelado, etc.

O que a salvou completamente foi seu hit de 1994, “All I Want For Christmas Is You”, co-escrito com Walter Afanasieff. É o seu maior sucesso, re-gravado e relançado ao longo dos anos, o maior hit do Natal de todos os tempos. Agora já tem até um filme para se juntar a ele.

Mas Mariah está definitivamente em apuros. Ela desperdiçou esses anos com Bulochnikov, que afagou o ego da estrela ao invés de melhorar sua carreira. Nesse momento, o salvador do selo da Mariah, LA Reid, saiu do negócio depois de um escândalo na Epic Records. Não está claro agora quem a gravaria e o que eles gravariam. Ela insiste em gravar músicas de hip-hop às vésperas de completar 50 anos. Sua famosa voz de “oito oitavas” foi desperdiçada.

Então, o que vem a seguir? Quem vai gerenciar Mariah? E como Mariah irá se gerenciar? Esta história não acabou ainda.

Deixe sua opinião

Este artigo não possui comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.